Tudo sobre o concurso ABIN 2017

O concurso Abin 2017 foi autorizado com 300 vagas! Edital precisa sair até janeiro/2018. Cuidado para não estudar errado! Leia nossa análise completa dos últimos concursos! Dicas imperdíveis para sua preparação! Leia o depoimento de um Agente de Inteligência da ABIN! 

 21/07/2017

A ABIN (Agência Brasileira de Inteligência) recebeu autorização do Ministério do Planejamento para abrir concurso público com 300 vagas. A decisão foi oficializada pela Portaria n° 227, publicada no Diário Oficial da União (DOU) de 17 de julho de 2017.

As vagas para o concurso Abin 2017 são destinadas a três cargos: 220 para oficial de Inteligência, 60 para oficial técnico de Inteligência e 20 para agente de Inteligência. A ABIN já está organizando o grupo de trabalho interno que conduzirá o processo de seleção. A perspectiva é de preenchimento das vagas até 2018.

Essas são as informações oficiais do site da própria ABIN.

Os próximos passos para o concurso Abin deverá ser a escolha da banca e, na sequência, a publicação do edital. Por lei, o prazo para publicação de edital de abertura de inscrições para realização do concurso público é de até 6 meses, contado a partir da data de publicação da Portaria de autorização do certame.

O edital regulador do concurso público estabelecerá as datas de aplicação das provas, mas o prazo mínimo é de 60 dias entre a publicação do edital no Diário Oficial da União e a realização da primeira prova. Excepcionalmente esse prazo ainda poderá ser reduzido.

Portanto, os candidatos possuem de maneira geral, 240 dias para realizar sua preparação para o concurso. É hora de se organizar, preparar o material e começar a estudar!

SALÁRIO ABIN

Oficial de Inteligência (nível superior) – 220 VAGAS

Inicial de R$ 16.620,46 podendo chegar a R$ 23.595,39

Oficial Técnico de Inteligência (nível superior) – 60 VAGAS

Inicial de R$ 15.312,74 podendo chegar a R$ 21.233,48

Agente de Inteligência (nível médio) – 20 VAGAS

Inicial de R$ 6.302,23 podendo chegar a R$ 10.830,39 

ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS – ABIN

O plano de Cargos da Agência Brasileira de Inteligência é estruturado por Carreiras de nível superior e de nível intermediário.

As Carreiras de nível superior são compostas pelos cargos de Oficial de Inteligência e de Oficial Técnico de Inteligência, enquanto as Carreiras de nível intermediário, pelos cargos de Agente de Inteligência e Agente Técnico de Inteligência.

Conforme a Lei nº 11.776, de 17 de setembro de 2008, as atribuições das Carreiras de nível superior englobam o planejamento, a execução, a coordenação, a supervisão e o controle: da “produção de conhecimentos de inteligência”, de “ações de salvaguarda de assuntos sensíveis”, de “operações de inteligência” e de “atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico direcionadas à obtenção e à análise de dados e à segurança da informação”.

Ressalta-se que cabe ao Oficial de Inteligência o “desenvolvimento de recursos humanos para a atividade de inteligência”, e ao Oficial Técnico de Inteligência, as “atividades de construção e manutenção de prédios e outras instalações”. 

33a3d3c3b7234bb404974c68823be579

Atribuições dos cargos presente no concurso Abin e requisitos

Oficial de Inteligência

Atribuições: planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar a produção de conhecimentos de inteligência; as ações de salvaguarda de assuntos sensíveis; as operações de inteligência; as atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico direcionadas à obtenção e análise de dados e à segurança da informação; o desenvolvimento de recursos humanos para a atividade de inteligência; além de desenvolver e operar máquinas, veículos, aparelhos, dispositivos, instrumentos, equipamentos e sistemas necessários à atividade de inteligência. 

Requisitos: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de ensino superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC), além de carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo.

Oficial Técnico de Inteligência

Atribuições: I – planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar as atividades de gestão técnico-administrativas, suporte e apoio logístico: a) produção de conhecimentos de inteligência; b) ações de salvaguarda de assuntos sensíveis; c) operações de inteligência; d) atividades de pesquisa e desenvolvimento científico ou tecnológico, direcionadas à obtenção e análise de dados e à segurança da informação; e) atividades de construção e manutenção de prédios e outras instalações; II – desenvolver recursos humanos para a gestão técnico-administrativa e apoio logístico da atividade de inteligência; e III – desenvolver e operar máquinas, veículos, aparelhos, dispositivos, instrumentos, equipamentos e sistemas necessários às atividades técnico-administrativas e de apoio logístico da atividade de inteligência.

Requisito e áreas: o cargo de nível superior exige formação em administração; administração ou economia; arquitetura; arquivologia; ciências contábeis; comunicação social – jornalismo; comunicação social – publicidade e propaganda; estatística; tecnologia da informação; direito; educação física; engenharia civil; engenharia elétrica; pedagogia; psicologia e serviço social.

Agente de Inteligência

Atribuições: oferecer suporte especializado às atividades decorrentes das atribuições do Oficial de Inteligência.

Requisito: certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau) ou de curso técnico equivalente, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e possuir carteira nacional de habilitação, categoria “B”, no mínimo. 

7nov2013---sala-de-monitoramento-do-centro-de-inteligencia-nacional-da-abin-agencia-brasileira-de-investigacao-1383827600758_956x500

sala-de-monitoramento-do-centro-de-inteligencia-nacional-da-abin

Por dentro da Abin

– A Abin foi criada em 1999, por meio da Lei nº 9.883, e é o órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin). Tem entre suas atribuições a execução da Política Nacional de Inteligência e a integração dos trabalhos dos órgãos setoriais de Inteligência do país.

– A agência presta assessoramento à Presidência da República assegurando-lhe o conhecimento de fatos e situações relacionados ao bem-estar da sociedade e ao desenvolvimento e segurança do país.

– Confira 10 motivos para ajudar na sua escolha de focar seus estudos neste concurso:

  • São 300 vagas para os níveis médio e superior, podendo ser ampliadas para até 450 na validade do certame;
  • 40 vagas só para o nível médio completo (considerando chamadas extras);
  • Edital certo para sair! Há tempo para ver o conteúdo e sair na frente. Prepare-se já!
  • Vencimentos de até R$ 16.620,46 (oficial de inteligência);
  • Além do salário inicial apresentado, há diversos benefícios, como 13º salário, auxílio-transporte, assistência pré-escolar, gratificação natalina e adicional de férias, quando previsto pela agência. O auxílio-alimentação é de R$ 458;
  • Cargo com função atrativa. A Abin é o órgão central do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin), tem a seu cargo: planejar, executar, coordenar, supervisionar e controlar a atividade de Inteligência;
  • Estabilidade no emprego (regime estatutário);
  • Por padrão, a carga horária de trabalho é de 40 horas semanais. Dependendo da unidade, pode ser necessário que trabalhe pela manhã ou em horário diferente. Algo muito importante: servidor estudante tem direito à jornada especial, de forma que sua jornada seja compatível com o horário de estudos. Via de regra, a jornada é aferida por meio eletrônico, e não costuma ser difícil faltar, sob compensação das horas não trabalhadas, para resolver problemas particulares, de qualquer natureza.
  • Possibilidade de solicitar transferência para outra cidade: Os candidatos poderão serão lotados, inicialmente, em cidades específicas, havendo possibilidade de, posteriormente, optar por trabalhar em outros Estados.
  • Ascensão, crescimento profissional e desenvolvimento na carreira e retribuição pelo exercício de função comissionada ou cargo em comissão. No topo da carreira, os servidores da carreira de oficial de inteligência farão parte da classe especial – padrão III, que paga R$ 23.595,39. 

Últimos concursos Abin (Concurso Abin 2008 e 2010)

A última seleção, feita em 2010, foi para as funções de oficial técnico de inteligência e agente técnico de inteligência, e constou de provas objetiva e discursiva, investigação social e funcional, avaliação médica e curso de formação em Inteligência.

Já em 2008, o concurso foi para oficial de inteligência e agente de inteligência, sendo os candidatos submetidos a 150 questões: 40 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa e Atualidades) e 110 de Específicos, além de uma redação.

RELAÇÃO CANDIDATO X VAGA – concursos ABIN 

ANO   – VAGAS       – RELAÇÃO CANDIDATO/VAGA            – BANCA

2004   – 166               – 72                                                                – Cespe/UnB

2008   – 160               – 415                                                              – Cespe/UnB

2010   – 30                 – 726 (NIVEL MÉDIO)                              – Cespe/UnB

             – 50                – 500                                                              – Cespe/UnB

Concurso Abin 2008

O concurso da Agência Brasileira de Intelgência (Abin) de 2008, cujas provas ocorreram dia 12 de outubro, foram realizadas pelo Centro de Seleção e Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) e no total tiveram 88.293 pessoas inscritas, para uma disputa total de 190 postos oferecidos.

Para a carreira de agente de inteligência, nível médio, se inscreveram 21.802 pessoas, o que representou concorrência de 726,7 para cada vaga. Já para oficial, de nível superior, foram 66.491 participantes querendo 160 vagas – concorrência de 415,5 para uma.

A seleção foi composta por provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, prova discursiva, investigação social e funcional, prova de capacidade física, avaliação médica, avaliação psicológica e curso de formação em inteligência na Escola de Inteligência da Abin, realizado em Brasília (DF).  

Concurso Abin 2010 

O último edital ABIN definiu que o concurso fosse realizado em três etapas.

primeira etapa, de caráter eliminatório e classificatório, foi constituída de provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos e de prova discursiva. Aplicada também pelo CESPE/UnB.

O detalhe importante aqui é que a prova discursiva foi realizada junto com as provas objetivas (mesmo dia e horário). Para essas provas o candidato teve o tempo de 5 horas.

As outras etapas foram: investigação social e funcional; avaliação médica, com exigência de exames laboratoriais e complementares (todas de caráter eliminatório) e por último o Curso de Formação em Inteligência na Escola de Inteligência (ESINT) da ABIN (etapa de caráter eliminatório e classificatório).

O edital ABIN 2010 foi datado de 2/9/2010 e as provas aconteceram em 14/11/2010. Foram apenas 73 dias entre o edital e a data da prova. Portanto, não é bom deixar para estudar somente após o edital, pois sempre há um tempo curto entre o edital e a prova.

Conteúdo cobrado por cargos 

Primeiramente orientamos os candidatos para tomar cuidado quanto a atualização do conteúdo a ser estudado. No item relacionado ao “LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA” (*), copiamos os editais anteriores apenas como referência. É necessários acessar o conteúdo atualizado! Neste caso, acesse aqui a LEGISLAÇÃO DE INTELIGÊNCIA atualizada!

Fizemos uma análise dos editais anteriores considerando os atuais cargos autorizados para o Concurso Abin 2017, oficial de Inteligência, oficial técnico de Inteligência e agente de Inteligência.

É importante lembrar também que o candidato poderá escolher qual língua estrangeira irá realizar na prova, nos casos dos cargos de oficial de Inteligência e agente de Inteligência.

Fazendo a junção dos editais de 2008 e 2010, considerando o atual panorama de cobrança dos concursos atuais, orientamos os candidatos a realizarem sua preparação conforme o seguinte conteúdo relacionado com os editais anteriores!

Cargo: Oficial Técnico de Inteligência 

LÍNGUA PORTUGUESA:

1 Compreensão e interpretação de textos.

2 Tipologia textual.

3 Ortografia oficial.

4 Acentuação gráfica.

5 Emprego das classes de palavras.

6 Emprego do sinal indicativo de crase.

7 Sintaxe da oração e do período.

8 Pontuação.

9 Concordância nominal e verbal.

10 Regência nominal e verbal.

11 Significação das palavras.

RACIOCÍNIO LÓGICO

1 Lógica sentencial e de primeira ordem.

2 Contagem: princípio aditivo e multiplicativo.

3 Arranjo.

4 Permutação.

5 Combinação simples e com repetição.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA

1 Ambientes Windows XP e Windows Vista.

2 Internet e Intranet.

3 Utilização de tecnologias, ferramentas, aplicativos e procedimentos associados a Internet/Intranet.

4 Ferramentas e aplicativos de navegação, de correio eletrônico, de grupos de discussão, de busca e pesquisa.

5 Principais aplicativos comerciais para: edição de textos e planilhas, geração de material escrito e multimídia (Br.Office e Microsoft Office).

6 Conceitos básicos de segurança da informação.

(*) LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA

1 Lei n.º 9.883/99 e alterações – institui o Sistema Brasileiro de Inteligência, cria a Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, e dá outras providências.

2 Decreto nº 4.376/2002 e alterações – dispõe sobre a organização e o funcionamento do Sistema Brasileiro de Inteligência, instituído pela Lei nº 9.883/99, e dá outras providências.

3 Decreto nº 6.408/2008 – aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão, das Gratificações de Exercício em Cargo de Confiança e das Gratificações de Representação da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

4 Lei nº 11.776/2008 – dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, cria as Carreiras de Oficial de Inteligência, Oficial Técnico de Inteligência, Agente de Inteligência e Agente Técnico de Inteligência e dá outras providências.

5 Parte Especial do Código Penal (Decreto-Lei nº 2.848/40) e alterações, no referente aos seguintes tópicos: Título I, Capítulo VI, Seção IV – dos crimes contra a inviolabilidade dos segredos; Título VIII, Capítulos I e II – dos crimes de perigo comum e dos crimes contra a segurança dos meios de comunicação e transporte e outros serviços públicos; Título X, Capítulos III e IV – da falsidade documental e de outras falsidades; Título XI, Capítulo I – dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral.

6 Lei nº 8.159/91 – dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências.

7 Decreto nº 3.505/2000 – institui a Política de Segurança da Informação nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal.

8 Decreto nº 4.553/2002 e alterações – dispõe sobre a salvaguarda de dados, informações, documentos e materiais sigilosos de interesse da segurança da sociedade e do Estado, no âmbito da Administração Pública Federal, e dá outras providências.

9 Lei nº 11.111/2005 – regulamenta a parte final do disposto no inciso XXXIII do caput do art. 5º da Constituição Federal e dá outras providências.

NOÇÕES DE DIREITO CONSTITUCIONAL

1 Princípios fundamentais da Constituição Federal 88.

2 Direitos e garantias fundamentais, nacionalidade, cidadania e direitos políticos.

3 Organização do Estado: União e Administração Pública.

4 Poder Executivo.

5 O controle externo e os sistemas de controle interno.

6 Defesa do Estado e das instituições democráticas: estado de defesa, estado de sítio, Forças Armadas e segurança pública.

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

1 Princípios básicos da Administração Pública.

2 Poderes administrativos: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia.

3 Atos administrativos: conceitos e elementos. Competências, finalidade, forma, motivo e objeto.

4 Atos administrativos vinculados e discricionários.

5 Invalidação dos atos administrativos: revogação, anulação e efeito.

6 Noções de Regime Jurídico dos servidores públicos – Lei nº 8.112/90 e alterações.

7 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal – Decreto nº 1.171/94 e alterações.

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS (OFICIAL TÉCNICO DE INTELIGÊNCIA) – CLIQUE NO LINK ABAIXO para acessar.

Análise edital oficial tecnico inteligencia _ saga policial

Cargo: oficial de Inteligência e agente de Inteligência.

CONHECIMENTOS GERAIS (PARA AMBOS)

LÍNGUA PORTUGUESA: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase. 7 Sintaxe da oração e do período. 8 Pontuação. 9 Concordância nominal e verbal. 10 Regência nominal e verbal. 11 Significação das palavras.

ATUALIDADES: Domínio de tópicos atuais e relevantes de diversas áreas, tais como segurança e defesa do Estado, espionagem econômica e industrial, terrorismo, política, energia, tecnologia, meio ambiente e relações internacionais, e suas vinculações históricas.

GEOGRAFIA CONTEMPORÂNEA. 1 Geografia do Brasil. 1.1 A integração do Brasil no processo de internacionalização da economia. 1.2 A divisão inter-regional do trabalho e da produção. 1.3 O processo de industrialização e suas repercussões na organização do espaço. 1.4 A rede brasileira de transportes e sua evolução. 1.5 A estrutura urbana brasileira e as grandes metrópoles. 1.6 A dinâmica das fronteiras agrícolas e sua expansão para o Centro-Oeste e para a Amazônia. 1.7 A Evolução da estrutura fundiária e os problemas demográficos no campo. 1.8 Os movimentos migratórios internos. 1.9 A distribuição dos efetivos demográficos no território nacional. 1.10 A estrutura etária da população brasileira e a evolução de seu crescimento. 1.11 Integração entre indústria, estrutura urbana, rede de transportes e setor agrícola no Brasil. 1.12 Recursos naturais: aproveitamento, desperdício e políticas de conservação de recursos naturais. 1.13 O Brasil e a questão cultural. 2 Geografia mundial. 2.1 Globalização e fragmentação em relação à nova ordem mundial. 2.2 O estágio atual do capitalismo e a divisão internacional do trabalho. 2.3 Processo de desenvolvimento/subdesenvolvimento. 2.4 Caracterização geral dos sistemas político-econômicos contemporâneos e suas áreas de influência e disputa. 2.5 O papel das grandes organizações político-econômicas internacionais. 2.6 A formação dos grandes blocos econômicos. 2.7 A ação do Estado na economia e políticas contemporâneas. 2.8 As conseqüências da transformação do espaço socialista. 2.9 Os conflitos geopolíticos recentes. 2.10 Movimentos migratórios internacionais e crescimento demográfico. 2.11 A questão ecológica em nível mundial. 2.12 Cultura e espaço: conflitos étnicos/religiosos/lingüísticos atuais. A questão das nacionalidades.

OFICIAL DE INTELIGÊNCIA: 

(*) LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA. 1 Lei n.° 9.883/99 e alterações – institui o Sistema Brasileiro de Inteligência, cria a Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, e dá outras providências. 2 Decreto n.° 4.376/2002 e alterações – dispõe sobre a organização e o funcionamento do Sistema Brasileiro de Inteligência, instituído pela Lei n.° 9.883/99, e dá outras providências. 3 Decreto n.° 6.408/2008 – aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão, das Gratificações de Exercício em Cargo de Confiança e das Gratificações de Representação da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. 4 Medida Provisória n.° 434, de 4 de junho de 2008 ou lei que a converter – dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, cria as Carreiras de Oficial de Inteligência, Oficial Técnico de Inteligência, Agente de Inteligência e Agente Técnico de Inteligência, e dá outras providências. 5 Lei n.° 6.634/79 – dispõe sobre a Faixa de Fronteira, altera o Decreto-lei n.° 1.135, de 3 de dezembro de 1970, e dá outras providências. 6 Decreto n.° 85.064/80 – regulamenta a Lei n.° 6.634, de 2 de maio de 1979, que dispõe sobre a Faixa de Fronteira. 7 Lei n.° 7.1 70/83 – define os crimes contra a segurança nacional, a ordem política e social, estabelece seu processo e julgamento e dá outras providências. 8 Decreto n.° 5.484/2005 – aprova a Política de Defesa Nacional e dá outras providências. 9 Parte Especial do Código Penal (Decreto-Lei n.° 2.848/40) e alterações, no referente aos seguintes tópicos: Título I, Capítulo VI, Seção IV – dos crimes contra a inviolabilidade dos segredos; Título VIII, Capítulos I e II – dos crimes de perigo comum e dos crimes contra a segurança dos meios de comunicação e transporte e outros serviços públicos; Título X, Capítulos III e IV – da falsidade documental e de outras falsidades; Título XI, Capítulo I – dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral. 10 Lei n.° 6.815/80 e alterações – define a situação jurídica do estrangeiro no Brasil, cria o Conselho Nacional de Imigração. 11 Medida Provisória n.° 2.186-16, de 23 de agosto de 2001 – regulamenta o inciso § 1o e o § 4o do art. 225 da Constituição, os arts. 1o, 8o, alínea “j”, 10, alínea “c”, 15 e 16, alíneas 3 e 4 da Convenção sobre Diversidade Biológica, dispõe sobre o acesso ao patrimônio genético, a proteção e o acesso ao conhecimento tradicional associado, a repartição de benefícios e o acesso à tecnologia e transferência de tecnologia para sua conservação e utilização, e dá outras providências. 12 Lei n.° 8.159/91 – dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências. 13 Decreto n.° 3.505/2000 – institui a Política de Segurança da Informação nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal. 14 Decreto n.° 4.553/2002 e alterações – dispõe sobre a salvaguarda de dados, informações, documentos e materiais sigilosos de interesse da segurança da sociedade e do Estado, no âmbito da Administração Pública Federal, e dá outras providências. 15 Decreto n.° 5.301/2004 – regulamenta o disposto na Medida Provisória n.o 228, de 9 de dezembro de 2004, que dispõe sobre a ressalva prevista na parte final do disposto no inciso XXXIII do art. 5.° da Constituição, e dá outras providências. 16 Lei n.° 11.111/2005 – regulamenta a parte final do disposto no inciso XXXIII do caput do art. 5.° da Constituição Federal e dá outras providências.

DIREITO CONSTITUCIONAL. 1 Princípios fundamentais da CF 88. 2 Direitos e garantias fundamentais, nacionalidade, cidadania e direitos políticos. 3 Organização do Estado: União e Administração Pública. 4 Poder Executivo. 5 O controle externo e os sistemas de controle interno. 6 Defesa do Estado e das instituições democráticas: estado de defesa, estado de sítio, Forças Armadas e segurança pública. 7 Ordem social: ciência e tecnologia; meio ambiente; e índios.

DIREITO ADMINISTRATIVO. 1 Princípios básicos da Administração Pública. 2 Poderes administrativos: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. 3 Atos administrativos: conceitos e elementos. Competências, finalidade, forma, motivo e objeto. 4 Atos administrativos vinculados e discricionários. 5 Invalidação dos atos administrativos: revogação, anulação e efeito. 6 Regime Jurídico dos servidores públicos – Lei n.° 8.112/90 e alterações. 7 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal – Decreto n.° 1.171/94 e alterações. 8 Processo Administrativo Disciplinar e Sindicância: procedimento, rito e prazos.

LÍNGUA INGLESA. 1 Compreensão de textos em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.

LÍNGUA ESPANHOLA. 1 Compreensão de texto escrito em língua espanhola. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.

AGENTE DE INTELIGÊNCIA: 

(*) LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA. 1 Lei n.° 9.883/99 e alterações – institui o Sistema Brasileiro de Inteligência, cria a Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, e dá outras providências. 2 Decreto n.° 4.376/2002 e alterações – dispõe sobre a organização e o funcionamento do Sistema Brasileiro de Inteligência, instituído pela Lei n.° 9.883/99, e dá outras providências. 3 Decreto n.° 6.408/2008 – aprova a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão, das Gratificações de Exercício em Cargo de Confiança e das Gratificações de Representação da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República. 4 Medida Provisória n.° 434, de 4 de junho de 2008 ou lei que a converter – dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos da Agência Brasileira de Inteligência – ABIN, cria as Carreiras de Oficial de Inteligência, Oficial Técnico de Inteligência, Agente de Inteligência e Agente Técnico de Inteligência, e dá outras providências. 5 Decreto n.° 5.484/2005 – aprova a Política de Defesa Nacional e dá outras providências. 6 Parte Especial do Código Penal (Decreto-Lei n.° 2.848/40) e alterações, no referente aos seguintes tópicos: Título I, Capítulo VI, Seção IV – dos crimes contra a inviolabilidade dos segredos; Título VIII, Capítulos I e II – dos crimes de perigo comum e dos crimes contra a segurança dos meios de comunicação e transporte e outros serviços públicos; Título X, Capítulos III e IV – da falsidade documental e de outras falsidades; Título XI, Capítulo I – dos crimes praticados por funcionário público contra a administração em geral. 7 Lei n.° 6.815/80 e alterações – define a situação jurídica do estrangeiro no Brasil, cria o Conselho Nacional de Imigração. 8 Lei n.° 8.159/91 – dispõe sobre a política nacional de arquivos públicos e privados e dá outras providências. 9 Decreto n.° 3.505/2000 – institui a Política de Segurança da Informação nos órgãos e entidades da Administração Pública Federal. 10 Decreto n.° 4.553/2002 e alterações – dispõe sobre a salvaguarda de dados, informações, documentos e materiais sigilosos de interesse da segurança da sociedade e do Estado, no âmbito da Administração Pública Federal, e dá outras providências. 11 Decreto n.° 5.301/2004 – regulamenta o disposto na Medida Provisória n.o 228, de 9 de dezembro de 2004, que dispõe sobre a ressalva prevista na parte final do disposto no inciso XXXIII do art. 5.° da Constituição, e dá outras providências. 12 Lei n.° 11.111/2005 – regulamenta a parte final do disposto no inciso XXXIII do caput do art. 5.° da Constituição Federal e dá outras providências.

DIREITO CONSTITUCIONAL. 1 Princípios fundamentais da CF 88. 2 Direitos e garantias fundamentais, nacionalidade, cidadania e direitos políticos. 3 Organização do Estado: União e Administração Pública. 4 Poder Executivo.

DIREITO ADMINISTRATIVO. 1 Princípios básicos da Administração Pública. 2 Poderes administrativos: vinculado, discricionário, hierárquico, disciplinar, regulamentar e de polícia. 3 Atos administrativos: conceitos e elementos. Competências, finalidade, forma, motivo e objeto. 4 Atos administrativos vinculados e discricionários. 5 Regime Jurídico dos servidores públicos – Lei n° 8.112/90 e alterações. 6 Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal – Decreto n.° 1.171/94 e alterações.

NOÇÕES DE LÍNGUA INGLESA. 1 Compreensão de textos em língua inglesa. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos.

NOÇÕES DE LÍNGUA ESPANHOLA. 1 Compreensão de texto escrito em língua espanhola. 2 Itens gramaticais relevantes para a compreensão dos conteúdos semânticos. 

Incentivo de um Agente de Inteligência! 

Segue relato de um agente de inteligência com o codinomeBetty”. 

“Oi pessoal, vou tentar ajudar um pouquinho vocês, no que for possível. Já que também passei por isso. Sou analista de informações, ou, mais “modernamente” denominada oficial de inteligência.

Passei no concurso de 2004 e nesta fase de pré-edital quebrei a cabeça, pois ninguém falava ao certo como era o Curso de Formação de Inteligência (CFI), como era o trabalho, etc.

Além disso, o edital da Abin de 2004 saiu em meio a vários outros e, como a remuneração era a mais baixa, teve um alto índice de desistência. Eu que não era concurseira, não estava por dentro e quando vi aqueles índices fiquei desesperada, achando que o curso era o fim do mundo.

Aos que estiverem preocupados com isso, tranquilizem-se, acredito que deva ocorrer mudanças no CFI de vocês, mas nada muito significativo, a essência é a mesma. Então, o curso é bem tranquilo, há que se fazer provas e trabalhos, mas a escola fornece tempo suficiente para a preparação dos trabalhos e as provas não são difíceis, baseadas em matéria dada em sala de aula.

Aos candidatos a “Jack Bauer”, não se animem muito. Existe sim chances de que os aprovados trabalhem na área operacional, mas a maioria realiza trabalho de análise (recebe informações, analisa se são ou não importantes, encaminham as pertinentes), ou seja, trabalho intelectual.

Há superintendências da Abin em todos os estados, ou seja, em tese, os candidatos podem ser enviados a qualquer lugar do Brasil. Assim, o candidato deve se dedicar mais durante o CFI, pois a escolha de lotação deverá ser por ordem de classificação.
Espero ter ajudado! No mais, boa sorte a todos!”

Dica final para sua preparação!

No último concurso para os cargos de oficial de Inteligência e agente de Inteligência, em 2008, por incrível que pareça, aconteceram muitas reprovações no conteúdo de “língua estrangeira”.

Portanto, caso você não tenha domínio deste teor, indicamos uma preparação mais cuidadosa e antecipada.

Outra dica é em relação ao conteúdo “LEGISLAÇÃO DE INTERESSE DA ATIVIDADE DE INTELIGÊNCIA”. É necessária uma preparação cuidadosa também neste item do edital, pois no concurso de 2008 foram altos os índices de acertos nesta matéria, nivelando os candidatos na pontuação final do concurso.

Como se preparar? 

Indicamos nosso parceiro Estratégia Concursos como o curso preparatório direcionado para o concurso público Abin 2017 mais confiável e atualizado para seus estudos!

CLIQUE AQUI e analise! Sucesso aos candidatos!

11 respostas para “Tudo sobre o concurso ABIN 2017”

  1. iNerdBR disse:

    Irei fazê-lo com certeza!

    Já estou na labuta faz 3 anos!
    Vamos que vamos!

    Valeu Betty pelos conselhos!

  2. Douglas COt disse:

    Amém!!! Um site com informações corretas!! A internet tá cheia de coisa errada sobre este concurso. Cuidado galera! Valeu Saga!!

  3. Francisco Lopes disse:

    Ótimas informações!!!

    Obrigado “Betty”!!

    Lembro de ter feito esse concurso em 2004!! Nem sabia o que era ABIN. Ainda estava cursando o último período da faculdade.
    Novo em concursos, acabei reprovado, claro!!!

    Estudo para concursos da PF e PRF!!
    Mas farei esse sim, sem dúvida!!!

    Já adquiri o material do ESTRATÉGIA Pré-Edital!!!

    Abraços a todos e bons estudos!!!

  4. george disse:

    Eu gostaria de saber se devemos optar entre inglês ou espanhol ou se serão cobradas as duas disciplinas para o cargo de oficial de inteligencia?

  5. Marselli Mendes disse:

    Bons conselhos

  6. Eduardo Melo disse:

    Olá, pessoal.

    Estou procurando, mas não acho os cargos que podem vir nesse próximo concurso – para oficial técnico de inteligência.
    Existe algum lugar que conste a lista de profissões existentes para esse cargo?

    Obrigado.

  7. Margaret disse:

    Não sou boa em inglês, só tenho noções básicas e espanhol nunca estudei. O que você me recomenda ou aconselha para que eu possa começar de imediato meus estudos?

    • Saga Policial disse:

      Olá Margaret! Pega o inglês, pois você já tem uma noção, e estude desde já!! Não deixe de refazer as provas dos concursos públicos que tiveram esta matéria! Sucesso!

  8. Monalyza disse:

    Olá, possuo apenas nivel médio e me interessei pelo concurso.
    Gostaria de entender como fica a escolha das lotações. Se eu tiver uma boa classificação no CFI, posso optar em qual estado quero trabalhar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48
missão papa foz lateral nova 2017
69
nova missão prf concurso prf saga policial lateral agosto
70
PERITO-FEDERAL-300x250
71
300x250_estrategia
72
mpu-300x250 (1)
317
prf-300x250 (1)
Gostaria de anunciar ou apoiar o site

2016 - Todos os direitos Reservados