E-mail de contato

contato@sagapolicial.com

Redes sociais

Análise completa concursos PF

Confira análises e estatísticas dos editais anteriores dos concursos da Polícia Federal e trace sua estratégia de estudos conforme comportamento da banca Cebraspe (CESPE).

18/06/2018 – Saga Policial

O Saga Policial percebeu um aumento dos acessos em uma matéria de 2014 sobre o tema. Com isso resolvemos atualizar o conteúdo para quem deseja obter os números dos editais anteriores dos concursos de 2009, 2012 e 2014 da Polícia Federal.

Para otimizar o tempo de estudos é interessante traçar sua estratégia de preparação com esses números. Bons estudos!

Estatísticas e análises: Concurso Agente PF 2009

A relação candidato/vaga foi de 316,47 candidatos por vaga (63.294 inscritos para 200 vagas) e a nota final de corte foi 74,00 pontos, tendo como nota máxima tirada por um candidato o valor de 100 pontos.

É necessário lembrar que neste concurso ocorreram diversos problemas, entre anulações de questões da prova, mudanças de gabaritos e até eliminação de candidatos por fraudes.

Neste contexto, nas provas objetivas/discursivas, tivemos 602 aprovados, e após os testes físicos, psicológicos e exames médicos, tivemos esse número reduzido para 293 aprovados. Ao final, restaram 274 aprovados para as 200 vagas.

O concurso de APF 2009 teve a prova com a seguinte divisão por matéria:

LÍNGUA PORTUGUESA:  26 questões (21,7%)

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 14 questões (11,7%)

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: (Adm.Financeira e Orçam:10 questões – total 8,2%)

NOÇÕES DE DIREITO PENAL: 9 questões (7,5%)

ATUALIDADES: 9 questões (7,5%)

RACIOCÍNIO LÓGICO: 9 questões (7,5%)

NOÇÕES DE MICROECONOMIA: 9 questões (7,5%)

NOÇÕES DE CONTABILIDADE: 9 questões (7,5%)

NOÇÕES DE PROCESSUAL PENAL: 9 questões (7,5%)

LEGISLAÇÃO ESPECIAL: 6 questões (5,0%)

NOÇÕES DE CONSTITUCIONAL: 5 questões (4,2%)

NOÇÕES DE ADMINISTRATIVO: 5 questões (4,2%)

Estatísticas e análises: Concurso Agente PF 2012

Continuando, como forma de orientação aos estudos, relacionaremos agora as estatísticas e análise do concurso de Agente de Polícia Federal realizado em 2012.

Este concurso teve 107.799 candidatos inscritos e ofereceu 500 vagas, traduzindo uma relação de disputa de 215,60 candidatos por vaga.

Neste concurso, as etapas realizadas após a prova objetiva/discursiva, ou seja, os teste físicos, a avaliação psicológica, o exame médico e a Ficha de Informações Confidenciais (FIC – investigação social) foram feitas por todos os 1.365 candidatos convocados (aprovados). A nota de corte foi de 62,00 pontos (51,67% de acertos na prova).

Dentro deste contexto, foram 490 reprovados no teste físico, 965 reprovados no exame médico, 543 reprovados na avaliação psicológica e 420 reprovados na FIC.

Ao final foram 736 aprovados que concluíram a primeira etapa do concurso e foram aptos para realização do Curso de Formação, última etapa do concurso.

Detalhe que este concurso possuiu 236 aprovados excedentes que lutaram para entrar no Curso de Formação e não foram aproveitados pelo DPF. Essa política deve mudar no Concurso PF 2018.

O concurso de Agente PF 2012 teve a prova com a seguinte divisão por matéria:

LÍNGUA PORTUGUESA: 26 questões (21%) *detalhes: 10 questões de Redação Oficial e cobrança de um poema da Cecília Meirelles.

NOÇÕES DE INFORMÁTICA: 14 questões (11%) *detalhes: não foi cobrado nada de BROffice e Linux.

NOÇÕES DE ADMINISTRAÇÃO: 5 questões (4,1%)

ADM. FINANCEIRA E ORÇAM.: 4 questões (3,3%)

NOÇÕES DE DIREITO PENAL: 9 questões (7,5%)

ATUALIDADES: 9 questões (7,5%)

RACIOCÍNIO LÓGICO: 9 questões 9 (7,5%)

NOÇÕES DE ECONOMIA: 8 questões (6,6%)

NOÇÕES DE CONTABILIDADE: 11 questões (9,1%)

NOÇÕES DE PROCESSUAL PENAL: 9 questões (7,5%)

LEGISLAÇÃO ESPECIAL: 6 questões (5,0%) *detalhes: não foi cobrado nada sobre jurisprudência e sobre a Lei de Drogas. Caíram 2 questões sobre o Estatuto do Desarmamento.

NOÇÕES DE CONSTITUCIONAL: 5 questões (4,1%) *detalhes: não foi cobrado nenhum item sobre “Ordem Social”.

NOÇÕES DE ADMINISTRATIVO: 5 questões (4,1%) *detalhes: não foram cobrados nenhum item sobre responsabilidade civil, controle da administração pública e servidores públicos. Caíram 2 questões sobre Licitações.

TOTAL: 120 questões – 100%

Estatísticas e análises: Concurso Agente PF 2014

Banca: Cespe/UnB (igual todos os anos anteriores).

Vagas: 600 totais

Data da prova: 21/12/2014 (objetiva e discursiva)

Inscritos: 98.101 totais

Relação candidato/vaga: 163,00

Nota de corte: 64 pontos

Já a prova discursiva valia 13 pontos. Foi corrigida a prova discursiva dos candidatos aprovados na prova objetiva e classificados até a 1350ª colocação para os candidatos de ampla concorrência, respeitados os empates na última posição.

A concorrência em 2014 foi de 163 candidatos para 1 vaga (98.101 inscritos para 600 vagas).

Se dividirmos os 98.101 inscritos pela quantidade de candidatos que têm a discursiva corrigida (1.800), essa disputa fica de aproximadamente 54/vaga.

A nota de corte para ter a redação corrigida foi de 64 pontos (dos 120), ou seja, 53,3%.

Os 1.800 primeiros classificados na provas objetivas tiveram suas discursivas corrigidas (somente 1,83% dos inscritos). Cuidado, muita gente boa tirou bem mais do que 64 pontos na objetiva, mas não fez o mínimo de 6,5 pontos (50%) na discursiva, sendo eliminado do certame.

A prova de Agente da Polícia Federal apresentou nível médio de dificuldade, praticamente o mesmo encontrado no concurso anterior, com exceção de algumas matérias, como Legislação Especial.

Vamos à análise por matéria!

Português

A banca Cespe exigiu a disciplina de Português em 30 assertivas, quantidade acima do esperado inicialmente. Com isso, o peso da disciplina, que no último concurso representava 21,7%, passou a ser ainda maior, atingindo 25% dos pontos disponíveis.

Apesar do número de questões acima da expectativa, os assuntos abordados estavam dentro do esperado e o nível de dificuldade não foi muito elevado, o que provavelmente elevou a nota de candidatos bem preparados.
Assim como nos últimos concursos para Agente da Polícia Federal, os tópicos Interpretação de texto e Redação Oficial dominaram a prova de Português. Juntos, representaram mais 65% das questões. Assuntos tradicionais como o uso de pronomes para retomar ideias anteriores e crase também não faltaram. Em resumo: aluno bem preparado tirou notão!

Informática
Na prova de Informática para a PF caíram 18 questões.
De modo geral, não foram simples e algumas exigiram bom conhecimento do candidato.
O tempo de resolução foi tranquilo, pois as questões não exigiam muito tempo para resolução.
Os assuntos na prova foram bem divididos.

2 Questões sobre Word
3 Questões sobre Linux
2 Questões dobre Google Chrome
2 Questões sobre Redes de computadores
2 Questões sobre Mozilla
2 Questões sobre computação na nuvem
2 Questões sobre organização e gerenciamento de arquivos
3 Questões sobre segurança de informação

Percebemos que o conteúdo trabalhado nas metas atendeu o que foi cobrado pelo Cespe, sem nenhuma novidade.

Atualidades
A prova de Atualidades surpreendeu por sua simplicidade e, de certa forma, prejudicou os candidatos mais bem preparados. Dentro dos 8 itens relacionados a dois pequenos textos sobre crimes na internet destaca-se, pela relativa dificuldade, a questão que exigiu que o aluno conhecesse o que era a chamada “internet profunda”. Assuntos como tráfico de drogas na internet e a possibilidade de punição de crimes cometidos na rede mundial de computadores também foram objeto de assertivas.
Podemos dizer, entretanto, que o estudo dos temas geralmente contidos em Atualidades não foi em vão. Isso porque a Cespe, contrariando as expectativas, apresentou um assunto estudado na matéria Atualidades como tema da prova discursiva: A Civilização contemporânea e o terrorismo.

RLM
Tivemos 14 questões de RLM de um total de 120 (11,67%), ou seja, um peso relevante, maior até do que o esperado. O nível de dificuldade também estava um pouco acima do esperado para esse tipo de prova. O conteúdo proposto no edital foi bem explorado pela banca. As questões de 57 a 61 não exigiam qualquer conhecimento de lógica formal, apenas o puro raciocínio por parte do candidato. As questões 62 a 64 tratavam da parte de lógica de argumentação, a questão 65, de tabela-verdade e tautologia, e as questões 66 a 70, de probabilidades e teoria dos conjuntos.

Administração
A prova de Noções de Administração da PF apresentou 10 questões, sendo 8 de Administração Geral e Pública e 2 de Administração Financeira. O conteúdo foi relativamente fácil e manteve o nível cobrado pelo Cespe nos certames anteriores.
As questões 71 e 72 trataram da evolução da administração. Ficando evidente que para as provas do Cespe o concurseiro deve saber as principais características das escolas científica, clássica, humana, sistêmica etc. Isso é sempre objeto de cobrança por parte da banca.

As questões 73, 74 e 75 referiam-se à evolução da Administração Pública no Brasil. E os três pontos cobrados (Dasp, Decreto 200/1967 e CF 1988) são mais que obrigatórios para quem faz prova de administração pública. O aluno que estudou bem a matéria acertaria facilmente os três exercícios.

Questão 76 – Aqui era necessário apenas saber o conceito de Cultura Organizacional. Isso já garantiria o ponto.

Questões 77 e 78 – Tratavam de Administração Financeira e Orçamentária. Assuntos temidos, como restos a pagar ou Siafi, passaram longe da prova. Cobrou-se apenas princípios orçamentários e características da receita pública.

As questões 79 e 80 exigiam conhecimento da Ética no Serviço Público. Se o candidato ou candidata tivesse lido algumas vezes o decreto 1.171/94, já levava dois pontos para casa.

Economia
Como já estava previsto no edital, o conteúdo de economia restringiu-se à parte de microeconomia. Podemos dizer com segurança que a prova foi um tanto quanto difícil. A banca Cespe/Unb exigiu bastante do candidato e parece que alterou sua tendência ao colocar questões diferentes daquelas que vinha cobrando nos últimos dois anos. Foram dez no total, com os seguintes assuntos:
Questão 91 – Questão difícil. Assunto: Teoria do consumidor.
Questão 92 – Questão aparentemente difícil. Assunto: Características “indutiva” x “dedutiva”.
Questão 93 – Questão difícil e passível de recurso. Assunto: Equilíbrio parcial x Equilíbrio geral (esse último não foi abordado no edital).
Questão 94 – Questão tranquila. Assunto: Deslocamento da reta orçamentária.
Questão 95 – Questão fácil. Assunto: Definição de isoquanta.
Questão 96 – Questão fácil. Assunto: Mapa de Indiferença e abordagem ordinal.
Questão 97 – Questão bastante difícil. Assunto: Curva de Engel.
Questão 98 – Questão de dificuldade média. Assunto: Função de Produção.
Questão 99 – Questão de dificuldade média. Assunto: Concorrência perfeita.
Questão 100 – Questão de dificuldade média. Assunto: Monopólio e Concorrência Monopolista.

Contabilidade
Foram 10 questões de contabilidade. Comparando com o último concurso, realizado em 2012, tivemos apenas uma questão a menos, o que manteve a disciplina entre as de maior importância no certame, totalizando 8,33% dos pontos.
As questões estavam bem simples e nenhuma demandava muito tempo para ser respondida. Foram questões que cobraram mais conhecimentos teóricos, nenhuma exigia que o candidato fizesse muitos lançamentos para chegar à resposta.
Apenas uma questão cobrou o conhecimento do CPC 31 – Ativo não circulante mantido para venda e operação descontinuada. As demais questões cobraram apenas a contabilidade geral e estavam distribuídas nos seguintes assuntos:
• Plano de contas
• Teoria das contas
• Lançamentos
• Balancete de verificação
• Fatos contábeis
• Superveniências e Insubsistências
• Ativo Intangível
• Reservas de capital
• DRE

Direito Penal
Na prova de Direito Penal para a PF caíram apenas 4 questões.
As questões não foram simples e exigiram atenção para que o candidato não tomasse uma decisão equivocada.
O tempo de resolução foi tranquilo, pois as questões não estavam extensas.
Uma questão tratou da Lei Penal no Tempo e as outras três sobre Crimes contra o Patrimônio, contra a Administração Pública e contra a pessoa.

Direito Processual Penal
Na prova de Direito Processual Penal para a PF caíram apenas 4 questões.
As questões foram simples para quem estudou os assuntos cobrados.
O tempo de resolução foi tranquilo, pois as questões não eram extensas.
Uma questão tratou de Inquérito Policial, outra sobre Prisão Temporária e duas sobre exame de corpo de delito.

Direito Administrativo
Foram 4 questões de Direito Administrativo (109 a 112), que seguiram o padrão Cespe, abordando aspectos doutrinários e jurisprudenciais.

Importante notar a concentração em apenas três temas: Agentes Públicos, Poderes Administrativos e Responsabilidade Civil do Estado. Considerando que o edital trouxe 8 temas amplos da disciplina, essa concentração pode ter trazido problemas para alunos que tiveram uma preparação mais superficial, sem se aprofundar em cada tema, especialmente a doutrina e jurisprudência.

Direito Constitucional
A prova de Direito Constitucional cobrou o conteúdo de maneira bem tranquila, fazendo com que o aluno que percorreu o conteúdo pelo material indicado no planejamento não encontrasse dificuldades. Como é tendência de toda prova que não apresenta dificuldades, as questões foram bem claras, sem as famosas pegadinhas.
Os assuntos foram abordados na seguinte ordem:
Questão 113 – O sigilo das correspondências.
Questão 114 – Súmula Vinculante nº 11: Uso de algemas.
Questão 115 – Hipóteses de violação legal da casa.
Questão 116 – Associação sindical.
Podemos perceber que são temas já muito cobrados em outras provas, o que revelou a intenção do examinador no sentido de exigir apenas o conhecimento básico da matéria.

Legislação Especial
A prova de Legislação Especial cobrou o conteúdo de maneira bem pesada, havendo até cobrança de jurisprudência em duas questões.
Os assuntos escolhidos pelo examinador foram abordados na seguinte ordem:
Questão 117 – Tratava do conceito do crime de corrupção de menores, exigindo do candidato o entendimento do STF.
Questão 118 – Abordou a aplicação do princípio da insignificância nos crimes ambientais.
Questão 119 – Exigiu o conhecimento dos artigos 32 e 50-A da Lei 11.343 de maneira bastante literal.
Questão 120 – Questão sobre a lei que trata das infrações penais de repercussão interestadual.

Pode-se dizer que, talvez na tentativa de elaborar uma prova de alto nível, a banca se perdeu um pouco e a cobrança foi desproporcional em relação às demais provas.

Dicas de estudos e preparação

As estatísticas mostram que de cada 100 candidatos inscritos em um concurso público, apenas 12,5% estão, de fato, preparados para realizarem a prova.

Devido ao contexto em que foi autorizado o Concurso PF 2018 e o pouco espaço de tempo entre a divulgação do edital e a prova objetiva, é extremamente importante direcionar os estudos para evitar desperdício de tempo.

Para isto, a realização de simulados inegavelmente é o melhor caminho.

Conheça o projeto de simulados líder em aprovações na Polícia Federal, com 113 alunos aprovados na prova objetiva do concurso PF 2014!

PROJETOS MISSÃO

A turma MISSÃO PAPA-FOX v7 dos Projetos Missão vai até a véspera da prova do concurso PF 2018!

E por lá você tem o que realmente importa na sua preparação: simulado com o perfil CESPE, boletins de desempenhos diversificados, ranking, prova discursiva, incentivo para discutir as questões (melhor do que gabaritos comentados que enganam sua preparação), além da excelente oportunidade de trocar experiências com outros candidatos que estudam para esta prova!

Bons estudos!

Compartilhar nas Redes

3 respostas para “Análise completa concursos PF”

  1. Vanessa Campos disse:

    Gostaria de entrar no projeto missão com os simulados para o cargo de perito da PF área 3 , Tecnologia da Informação.

  2. João disse:

    “Detalhe que este concurso possuiu 236 aprovados excedentes que lutaram para entrar no Curso de Formação e não foram aproveitados pelo DPF. Essa política deve mudar no Concurso PF 2018.”

    Baseado no que o Saga crê na mudança desta política?

    • Saga Policial disse:

      Acreditamos na possibilidade deles chamarem +50% das vagas em alguns cargos, pela grande deficiência de servidores e pela pressão da Fenapef.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48
NOVA LOGO MISSAO PRF
69
NOVO LOGO MISSAO PF
70
300x250_estrategia
71
TURMA DE SIMULADOS
72
Curso Teoria PRF
317
prf-300x250 (1)
Gostaria de anunciar ou apoiar o site

Parceiros

Gostaria de anunciar no nosso site, fazer uma parceria ou apoio? Saiba mais informações entrando em contato conosco através dos nossos canais de comunicação.

Entre em contato

O Saga Policial

O Saga Policial nasceu em maio de 2008 e se orgulha de ajudar milhares de candidatos nos concursos públicos da área policial por todo o Brasil, além de contribuir na luta diária por uma segurança pública melhor para todos nós.