E-mail de contato

contato@sagapolicial.com

Redes sociais

Depoimento aprovado Concurso PRF 2019

O Concurso PRF 2019 ainda está executando as fases seguintes após a prova objetiva. Mas já vamos publicar aqui o depoimento de um APROVADO na prova objetiva para incentivar outros concurseiros. O próximo concurso PRF vai acontecer rápido! Motive-se!

Março/2019

“Desde que comecei a estudar, ficava lendo os depoimentos dos aprovados, e ficava pensando se um dia seria minha vez. Parecia uma realidade tão distante, quase um sonho intangível, mas finalmente estou aqui!

Iniciei minha jornada de estudos no final de 2014, quando fiz a prova para agente da PF. Era mais um paraquedista no meio de tantos. Não tinha noção de nada, escolhi “estudar” somente direito penal, pois achei que era o que mais tinha a ver com a atuação de um agente da PF. Logicamente levei um baita tombo.

A partir daí estudei por mais um ano, mas de forma desorganizada e sem planejamento, com materiais desatualizados que havia conseguido na internet. Nesse momento já participava do Missão PRF – participo desde o 1º simulado do V1 -, mas meu desempenho era fraco, como esperado. Lembro-me que meu primeiro simulado fiz 34 pontos.

Em 2016 comecei a utilizar o IGestor, e posso dizer que foi um divisor de águas nos meus estudos. Gerei meu ciclo de estudos, fiz sempre em dia todas as revisões planejadas, nunca deixei de fazer nenhum simulado, e muitas questões em sites especializados. A partir de então minha nota começou a aumentar, gradualmente. Consegui cursos atualizados e fui fazendo resumos (gosto de fazer à mão, mas isso é de cada um). Além disso, na V2 e V3 participei ativamente do fórum, que foi muito enriquecedor e que me fez aprender muito, foi um baita diferencial para mim.

Ao fim de um ano de estudo correto já tinha mudado bastante meu perfil de concurseiro, e já estava começando a virar um concorrente de verdade. No final de 2016 fui aprovado na PCPE, meu primeiro embate real com o CESPE. Fui aprovado em todas etapas, mas no final resolvi não tomar posse. Nesse meio tempo consegui ser aprovado para assistente administrativo na universidade federal da minha cidade – cargo que ainda ocupo -, e julguei que seria melhor para continuar no foco: a PRF.

Mas nesse meio tempo nem tudo foi fácil, pelo contrário: além de ter o peso de “só estudar”, já tinha uma filha de três anos, que por muitas vezes deixei de ir ao parquinho para brincar, muitos filmes que não assisti junto… E ainda por cima tive outro filho em 2016, e o dinheiro que havia guardado para usar no período de estudos já estava no fim.  O desespero veio batendo, vendi carro, fiz bicos de garçom e tudo que podia. Minha sorte é que minha família me deu todo tipo de suporte, mas dentro dos limites deles. Quando passei para o cargo de hoje (assistente adm) foi um alívio tremendo. Quando tomei posse, eu já havia decido que não iria parar. Por isso depois do primeiro dia de trabalho já acordei às 3 da manhã para continua a estudar para a Gloriosa. Estudava até umas 7 e ia trabalhar. Essa era minha nova rotina, quem quer dá um jeito.

Daí então tudo foi encaminhando como planejado, continuando na rotina dos estudos e dando um pouco mais de atenção à minha família. Percebi que se não tentasse equilibrar um pouco as coisas eu não conseguiria continuar meus estudos, nem minha família conseguiria continuar a me dar suporte. Estudar para mim já não era nenhum sacrifício, mas eu sentia o peso de sacrificar o tempo que poderia estar aproveitando com aqueles que importam para mim.

A partir da v4 e v5 do missão minhas notas dos simulados já estavam constantes entre 80 e 90, mas fiquei muito tempo preso na casa dos 60 pontos, muito mesmo. Mas acho que essa estagnação era natural, via muitos membros reclamando da mesma coisa.  Outro fator importante é se cercar de pessoas com o mesmo objetivo, por isso agradeço aos grupos das águias insanas, os pindoleiros e o grupo de oração. Lá além de discutirmos muito sobre questões e estudos, era um lugar que podíamos conversar sobre qualquer assunto. Nesse caminho nós criamos laços fortes com pessoas que nunca encontramos pessoalmente, e com eles passamos mais tempo do que nossos amigos “da vida real”.

No meio do caminho fiz outras provas, sendo que para a ABIN e PF me dediquei muito. Na ABIN levei um tombo, pois resolvi fugir da estratégia dos simulados na hora da prova, e forcei muito na marcação das questões; das 150 questões acho que deixei umas 7 em branco só, e levei uma rasteira. Na PF segui a estratégia e deixei questões em branco onde julguei necessário, e por isso consegui ser aprovado como excedente. Para a PRF já tinha certeza que não iria fugir mais da estratégia que tinha traçado nos simulados MISSÃO.

Edital da PRF saiu e foi aquela correria, disciplinas novas, várias resoluções, muitos números pra guardar, aquela bagunça. Aí foi a hora do último gás e força total. Separei dois dias e juntei todas as resoluções do site do DENATRAN, pois vi que os cursinhos estavam se embolando muito. Já havia estudado muito o CTB e tinha uma base forte, então só continuei as revisões. As resoluções resolvi estudar somente pela lei seca, vi que os professores não estavam entrando num acordo sobre vários pontos. Tirei férias e passei a acordar às 6:00 e dormia às 23:00. Não contei as horas líquidas por dia, isso não me importava. Sabia que tinha que me esforçar ao máximo, pois o edital deu uma equilibrada com quem não estudava tanto trânsito.

Na prova senti-me nervoso no início, mas depois respirei e pensei: é só mais um simulado. E assim fiz. Fui tranquilo e fiz o que sabia e o que tinha treinado tantas e tantas vezes. Acho que no missão fiz mais de 75 simulados da PRF (fiz também para ABIN e para PF). Resultado: consegui 90 no gabarito preliminar. Depois veio o definitivo e das 12 anuladas, 8 havia acertado, o que acabou me deixando pra trás em relação a outros que ganharam mais pontos, fiquei com 94. E aqui entra minha salvação: a redação, tão negligenciada por alguns. Na última versão do MPRF mandei todas minhas redações para correção do professor do missão, e aqui deixo meu agradecimento a ele. Apesar de já escrever bem, as correções me ajudaram a melhorar em vários aspectos que acabaram por me beneficiar e muito na hora da prova.

Minhas notas nos simulados MISSÃO do v6 foram: 90, 93, 94, 94, 90 e 106. Nota da prova: 94. As notas das redações dos simulados ficaram muito próximas do real também: 18,57, 19,07, 16,97, 17,78 e 18,66. Nota na prova: 19,39.

Já me alonguei demais, então queria agradecer ao missão e a todos aos amigos que fiz nesse percurso, sem vocês não teria conseguido.

Aos que não conseguiram, não desistam. Concurso envolve dedicação e um pouco de sorte, mas é uma fila que vai andando, e só não chega a vez de quem desiste. Façam um bom planejamento de estudos, revisões escalares, muitas questões e simulados. Façam muitas provas reais, pois na hora o negócio é diferente, e até isso precisamos treinar.

Um grande abraço!!!” – Tango. (aprovado vai usar apenas seu apelido nos Projetos Missão até passar as fases do concurso PRF 2019 e ter a publicação de sua nomeação no Diário Oficial da União. Depois disso, vai liberar com orgulho seu nome completo nos depoimentos do MISSÃO!)

APROVADOS MISSAO PRF 2019

Compartilhar nas Redes

2 respostas para “Depoimento aprovado Concurso PRF 2019”

  1. dcruz2310 disse:

    Vc é o cara Tango!!!
    Parabéns meu velho! Seu esforço e dedicação são inspiradores.
    Eu te disse q vc passaria em qualquer lugar.
    Abraço e sucesso em todas as etapas.
    Vc merece!!

    Rumo à Gloriosa!!!!!!

    P.S. Quero ver a foto do perfil na Trailblazer! : )

  2. Patrol disse:

    show T.. como entro em contato contigo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48
missao papa fox cupom desconto
69
missao pcdf v4
70
300x250_estrategia
71
simulados missao pf prf pcdf
72
G_Display_336x628 (1)
317
turma missao prf 2019 simulados
Gostaria de anunciar ou apoiar o site

Parceiros

Gostaria de anunciar no nosso site, fazer uma parceria ou apoio? Saiba mais informações entrando em contato conosco através dos nossos canais de comunicação.

Entre em contato

O Saga Policial

O Saga Policial nasceu em maio de 2008 e se orgulha de ajudar milhares de candidatos nos concursos públicos da área policial por todo o Brasil, além de contribuir na luta diária por uma segurança pública melhor para todos nós.