E-mail de contato

contato@sagapolicial.com

Redes sociais

A Investigação Social nos Concursos Policiais

Saiba tudo sobre a investigação social nos concursos públicos. Artigo publicado originalmente no antigo blog da Saga Policial e campeão de acessos na internet.

22/07/2013 – Saga policial/

A investigação social, em concurso público, não se resume a analisar a vida pregressa do candidato quanto às infrações penais que porventura tenha praticado. Serve, também, para avaliar a sua conduta moral e social no decorrer de sua vida, visando aferir seu comportamento frente aos deveres e proibições impostos ao ocupante de cargo público da carreira policial e de outras carreiras do serviço público não menos importantes.

Tal análise deve ser pautada em critérios objetivos e não subjetivos.

As condutas apuradas pela Comissão de Investigação Social do concurso, as quais foram devidamente apuradas na esfera penal, tendo, algumas, sentença condenatória com trânsito em julgado, é incompatível com o que se espera de um policial, em cujas atribuições funcionais se destacam a preservação da ordem pública e manutenção da paz social.

Ocorre que é possível, sim, a eliminação do candidato no concurso público, entretanto deverá ser assegurado o direito à ampla defesa (art. 5º, LV, CR/88) ao candidato, materializando-se com a interposição de recurso administrativo.

Deverá, também, a Administração Pública observar o princípio da motivação (art. 50, lei 9.784/99) em qualquer caso que decida processo administrativo de concurso ou seleção pública, inclusive nesse caso, deve forma explícita, clara e congruente, podendo consistir em declaração de concordância com fundamentos de anteriores pareceres, informações, decisões ou propostas, que, neste caso, serão parte integrante do ato.

Caso não seja feita a análise pautada em critérios objetivos, assegurado o direito ao contraditório, ampla defesa e o princípio da motivação, o ato administrativo será irregular, podendo ser anulado mediante mandado de segurança ou uma ação anulatória com pedido de antecipação de tutela.

Restrição no SPC ou/e Serasa reprova no concurso policial?

Concurso público não pode questionar vida financeira de candidato
* Por Vitor Guglinski

Em tempos nos quais os concursos públicos notoriamente vêm se tornando cada vez mais objeto de aspiração de considerável parcela dos cidadãos brasileiros, é com certa freqüência que se presencia uma infinidade de pessoas discutindo sobre a legitimidade de se eliminar candidatos em concurso público, em razão de os mesmos estarem inscritos em cadastros restritivos de crédito e similares.

Discutindo a questão com colegas da área jurídica, surpreendentemente alguns me apresentaram entendimento no sentido da possibilidade de se utilizar tal critério na fase do concurso destinada ao exame psicotécnico, onde se afere a capacidade psicológica do candidato para o desempenho da função e outros como critério a ser utilizado na investigação de vida pregressa.

Decidi então estudar o assunto, a fim de analisar as implicações jurídicas envolvendo o tema, sendo que da pesquisa extraí alguns fundamentos jurídicos, os quais permitem concluir que tal ato por parte do Poder Público, se praticado, se encontrará totalmente divorciado das diretrizes traçadas pelo Estado Democrático de Direito.
Recorrendo às bases constitucionais pertinentes ao tema, dispõe o art. 37, incisos I e II, da Constituição Federal de 1988, in verbis:

Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte: (Redação dada pela Emenda Constitucional nº 19, de 1998)
I — os cargos, empregos e funções públicas são acessíveis aos brasileiros que preencham os requisitos estabelecidos em lei, assim como aos estrangeiros, na forma da lei; (Redação dada pela Emenda Constitucional 19, de 1998)
II — a investidura em cargo ou emprego público depende de aprovação prévia em concurso público de provas ou de provas e títulos, de acordo com a natureza e a complexidade do cargo ou emprego, na forma prevista em lei, ressalvadas as nomeações para cargo em comissão declarado em lei de livre nomeação e exoneração; (Redação dada pela Emenda Constitucional 19, de 1998)

Da leitura do dispositivo e seus incisos, verifica-se que a Carta Magna conferiu à lei regular o acesso aos cargos e empregos públicos. Coube à Lei. 8112/90 disciplinar o Regime Jurídico dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais, sendo que os requisitos básicos para a investidura em cargo público estão dispostos no artigo 5º, e incisos, do diploma supra citado, o qual passo a transcrever:

Art. 5º São requisitos básicos para investidura em cargo público:
I — a nacionalidade brasileira;
II — o gozo dos direitos políticos;
III — a quitação com as obrigações militares e eleitorais;
IV — o nível de escolaridade exigido para o exercício do cargo;
V — a idade mínima de dezoito anos;
VI — aptidão física e mental.

Analisando as exigências legais acima, percebe-se que o legislador estabeleceu em lei critérios objetivos para o ingresso no funcionalismo público, inclusive em relação a outros requisitos por ventura exigidos em razão do cargo pretendido, o que ficou reservado ao disciplinado pelo § 1º do aludido artigo, o qual prevê que “As atribuições do cargo podem justificar a exigência de outros requisitos estabelecidos em lei”.

Registre-se que um dos traços marcantes dos concursos públicos é o zelo pela igualdade entre os participantes do certame, sendo que somente a lei pode estabelecer restrições de acesso a determinados cargos, e só nos casos onde determinadas características inerentes ao candidato forem incompatíveis com a natureza da função a ser desempenhada. Tal decorre do princípio da isonomia, o qual já se faz presente no artigo 3º, IV, da Constituição, consignando que um dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil a promoção do bem de todos, vedando quaisquer formas de discriminação (grifei). Nesse sentido, Celso Antônio Bandeira de Mello nos brinda com seu costumeiro brilhantismo:

“Os concursos públicos devem dispensar tratamento impessoal e igualitário aos interessados. Sem isto ficariam fraudadas suas finalidades. Logo, são inválidas disposições capazes de desvirtuar a objetividade ou o controle destes certames. É o que, injuridicamente, tem ocorrido com a introdução de exames psicotécnicos destinados a excluir liminarmente candidatos que não se enquadrem em um pretenso ‘perfil psicológico’, decidido pelos promotores do certame como sendo o ‘adequado’ para os futuros ocupantes do cargo ou emprego.

Exames psicológicos só podem ser feitos como meros exames de saúde, na qual se inclui a higidez mental dos candidatos ou, no máximo — e ainda assim, apenas no caso de certos cargos ou empregos, para identificar e inabilitar pessoas cujas características psicológicas revelem traços de personalidade incompatíveis com o desempenho de determinadas funções” (In Curso de Direito Administrativo, 11ª ed., São Paulo: Malheiros, 1999, págs. 194 — 195).
Assim sendo, encontramos um dos fundamentos jurídicos a coibir tal prática por parte do Poder Público, na medida em que se perquirir a idoneidade financeira de outrem, ao argumento de que um indivíduo que deve a outro não é psicologicamente apto a desempenhar suas funções em cargo ou emprego público, extrapola a órbita do interesse público e foge aos critérios objetivos de avaliação do candidato.

Da mesma forma não é cabível a utilização de informações ligadas à vida financeira do indivíduo na investigação de sua vida pregressa, uma vez que o que interessa ao Poder Público são as quitações do indivíduo perante o Estado, ou seja, sua vida pública. Tanto é verdade que da leitura dos editais é possível perceber, nesse particular, que as exigências neles insculpidas visam colher informações relativas ao comportamento do candidato perante a sociedade, isto é, investigar se aquele se conduz consoante o mínimo ético exigido pelo Direito, necessário ao convívio social sadio, valendo lembrar que um dos princípios reitores do concurso público é o da vinculação ao edital.

Mesmo que o instrumento convocatório estabeleça tal critério, certamente poderá ser impugnado, eis que estará eivado de inconstitucionalidade. E mais: a autoridade responsável pelo certame indubitavelmente poderá ser paciente em mandado de segurança, na medida em que, preenchidos os requisitos legais para a investidura em cargo ou emprego público, em caso de se iniciar as nomeações, nasce o direito líquido e certo do candidato a ser nomeado, uma vez que estamos diante de ato vinculado da administração.

Diante de tais considerações, passemos agora a analisar a natureza jurídica dos interesses envolvidos no presente debate.
No que diz respeito aos cadastros restritivos de crédito, é imperioso registrar que estes são destinados a regular o fornecimento de crédito ao consumidor no mercado de consumo. Foi o meio encontrado pelos fornecedores de se protegerem dos consumidores inadimplentes, a fim de evitarem possíveis prejuízos à sua atividade empresarial. As relações de consumo, consoante disposições do Código de Proteção e Defesa do Consumidor, são aquelas travadas entre consumidor e fornecedor, sendo de suma importância frisar, para fins de intelecção do proposto neste texto, que são relações estabelecidas entre particulares. Portanto, relações de direito privado, onde a intervenção estatal somente é admitida naqueles casos excepcionais onde a vulnerabilidade do consumidor perante o fornecedor que age abusivamente reclama a tutela do Estado.

Posto isto, conclui-se então que as informações contidas nos cadastros de proteção ao crédito servem apenas como meio de consulta por parte das empresas associadas, objetivando unicamente resguardar seus interesses empresariais. Inexiste interesse público a ser tutelado com a criação daqueles cadastros, sob pena de invasão da vida privada do indivíduo. A esse respeito, José Afonso da Silva discorre sobre a vida privada como sendo integrante da esfera íntima da pessoa, seu modo de ser e viver, partindo da constatação de que a vida das pessoas compreende dois aspectos: um voltado para o exterior e outro para o interior, sendo que, “a vida exterior, que envolve a pessoa nas relações sociais e nas atividades públicas, pode ser objeto das pesquisas e das divulgações de terceiros, porque é pública. A vida interior, que se debruça sobre a mesma pessoa, sobre os membros de sua família, sobre seus amigos, é a que integra o conceito de vida privada, inviolável nos termos da Constituição” (In Curso de Direito Constitucional Positivo, 14ª ed., São Paulo: Malheiros, pág. 204).
Outro aspecto importante sobre o qual se deve ponderar diz respeito à abusividade dispensada na utilização dos cadastros de proteção ao crédito. O cotidiano forense permite vislumbrar diária e freqüentemente demandas consumeristas onde em muitos casos o consumidor se encontra “negativado” indevidamente. Portanto, nem sempre as informações constantes dos bancos de dados dessa natureza são confiáveis, o que pode levar o Poder Público a cometer uma injustiça sem tamanho ao eliminar dos concursos públicos candidatos cujos nomes constam daqueles.

Por fim, diante dos fundamentos alinhados, conclui-se que a investigação da vida financeira dos candidatos a cargos e empregos públicos é irrelevante e ilegítima por parte do Poder Público, porquanto as respectivas informações dizem respeito à vida privada do indivíduo, afigurando-se, portanto, critério subjetivo de avaliação, enquanto a ordem pública reclama um comportamento objetivo por parte de cada membro da sociedade, isto é, sua conduta conforme as exigências inerentes à coletividade.

Ninguém é pior que outrem por estar em débito junto a particulares, ressaltando, ainda, que grande parcela da nossa população enfrenta dificuldades financeiras, até mesmo em razão do abuso do poder econômico das grandes corporações, sendo fato notório que o próprio Estado assegura proteção àquelas, em detrimento dos direitos e garantias individuais elencados na Constituição Federal.

Perquirir acerca da vida privada quando somente é admissível a verificação da vida pública é nada menos do que garantir a desigualdade perante a lei.

*Postado originalmente no site Conjur.

charge-irregularidade

 DICAS  

Uma das maiores injustiças que os avaliadores cometem é na investigação social (I.S.). O problema maior é que a  investigação social trabalha principalmente com as informações fornecidas pelo candidato.

Certa vez, em um concurso policial que fui aprovado, um colega recebeu um telefonema da I.S. para explicar o motivo pelo qual ele foi 3 vezes ao Paraguai. O colega forneceu seu endereço antigo, perto da fronteira, e a I.S. trabalhou com essa informação. Sorte que ele não tinha nada a esconder.

Importante saber que será investigado somente aquilo que ficou registrado no papel, ou seja, que ficou registrado em algum documento público. Sse você teve alguma passagem pela delegacia de polícia ou fórum, nunca omite essa informação.

Se você informou onde morou ou mora, é também por meio de seus vizinhos que será feito a investigação social.

Se você trabalhou em determinadas empresas privadas ou órgãos públicos, a I.S. sobre a sua conduta será feita com os seus patrões e/ou chefes de seção.

Algumas pessoas se preocupam: “ai meu deus vão descobrir que eu dirigia o carro dos meus pais sem habilitação…vão descobrir que eu desobedecia meus pais…vão descobrir que eu fui suspenso/expulso da escola…”

São coisas que não ficaram registradas em documentos, e, que possivelmente, só você sabe. Não há necessidade de informar coisas que fizemos e que não ficaram registrados (oficialmente) em órgão público.

Todo mundo já cometeu erros! Até mesmo quem está fazendo e analisando a sua investigação social já cometeu deslizes na vida!

Não se deve relatar fatos “simples” que somente você sabe e que não ficou registrado.

Não se preocupe também com os vizinhos que não gostam de você. Sua conduta será analisada como um conjunto de relatos e provas.

*trecho postado com ajuda/compilação do site multiconcursos.

– Matéria original de 06/09/2010 publicada no antigo blog da Saga Policial

siga instagram projetosmissao

Compartilhar nas Redes

599 respostas para “A Investigação Social nos Concursos Policiais”

  1. Cleber disse:

    Eu reprovei na investigação social da SAP só por ter o nome no Serasa e nada mais.

    • Saga Policial disse:

      Isso não é comum. Mas esta fase é subjetiva, né? Um exemplo é você passar para o concurso da Polícia Federal mas estar com nome sujo no Serasa devido a uma dívida com uma exportadora de produtos militares fiscalizada pela PF. Pode ser reprovado… Há casos e casos…

      • Anderson disse:

        Tive uma briga com a mae do meu filho em 2004 porem nao agredi ela na ocasiao ela tinha 17 anos e eu 18 ela deu queixa na deam tive que pagar sexta basica no dia da audiencia ela era maior de idade ela na hora la se exaltou eo juiz disse q em 5 anos eu estaria limpo sera que isso ira me atrapalhar na is da policia civil

        • Saga Policial disse:

          Perguntas aqui AGORA apenas por e-mail.

          • Otavio disse:

            Olá bom dia me chamo Otávio ,gostaria de saber se poderia tirar uma dúvida por gentileza ?
            Envolvi em um acide te de trânsito sem vítima assumi o erro mas o cara era policial e chamou uma viatura para pra se resguardar ,aí o policial pegou minha identidade perguntou nome da minha mãe, data de nascimento e placa da moto estava tudo ok! Mas o policial não disse se o pedido desses documentos era para realizar b.o e tbm não perguntei mas enfim ,se tiver realizado esse b.o mesmo assumindo o erro me impede de fazer concurso para polícia militar devido a investigação social ?devo falar no relatório de investigação social deste B.O caso tenha sido feito por parte dele ?
            Se impedir como devo fazer para dar continuidade no concurso para que esse b.o não me atrapalhe ? Se puderem responder ficarei muito feliz tenha uma boa tarde

      • monic disse:

        quem foi beneficiário pela transação penal, terá problemas na investigação social?

    • Camila disse:

      Vou prestar PC/SP e comprei um cursinho por rateio (não sabia que era ilegal), eles conseguem descobrir isso na investigação social?

  2. Rafael disse:

    caro colega, primeiramente obrigado pelo texto, mas agora gostaria de tirar uma dúvuda:
    passei no concurso da policia civil e tenho meu nome inscrito na divida ativa da União, porque emprestei meu nome a meu pai para abrir uma empresa (empresa esta que já esta baixada), mas ele se complicou e ficaram dividas com a União desta empresa.
    isso poderia me prejudicar?

  3. Diego disse:

    Boa noite! Fiz parte de uma torcida organizada dos 16 aos 20 anos, porém nunca tive problemas com a polícia e se quer entrei em uma delegacia. Hoje possuo 28 anos e estou estudando para a PF. Sou formado, pós-graduado e tenho excelentes referências de todas as empresas que trabalhei, inclusive de amigos e vizinhos. Sou uma pessoa séria e nunca tive uma multa registrada em minha CNH. Não possuo dívidas ou qualquer pendência com a justiça. A questão é: posso ser reprovado por ter feito parte de uma torcida organizada ? No formulário de investigação social é perguntado sobre a participação em associação desportiva . Torcida organizada é uma associação desportiva neste caso? Devo informar que fiz parte de uma torcida no passado ? Vale lembrar que eu apenas frequentava e nunca tive cadastro na mesma.

  4. Amanda disse:

    Me inscrevi para o concurso da Policia Militar, mas estou desempregada há 2 anos e meu nome infelizmente foi para o SPC, vcs acham que mesmo passando em todos os quesitos, eu posso ser reprovada por causa desse problema?

  5. Ronaldo disse:

    Já tive a CNH suspensa por pontos, porém, já estou há quase um ano sem tomar multas. Posso ser prejudicado caso eu passe no certame?

  6. Cecília disse:

    Olá , boa tarde ! Sei dirigir porém não tenho cnh , estou na auto escola ainda , na investigação social vi que eles investigam se possuímos multas de trânsito , sabe me dizer se nessa pesquisa vai constar que não tenho cnh , ou vai constar apenas que não tenho multas ? Vou prestar o concurso para a Polícia Civil .

  7. CláudioJ. disse:

    Boa tarde,
    Estou estudando para a polícia civil do RJ, mas há 8 anos atrás me envolvi numa briga em outro estado e acabei cumprindo a lei 9099, dizem que ela some depois de 05 anos. Caso eu passe no concurso, devo declarar isso, mesmo sendo de outro estado, ou isso não aparece? Recentemente puxei minha ficha tanto na PF como na justiça federal e deu nada consta.
    Obrigado!

  8. Waldir disse:

    Olá! estou estudando PC, a uns 10 anos atrás contrai divida no banco do brasil e em dois cartões de crédito, fiquei desempregado na época e não pude pagar. Vou ter problemas na investigação social ????

  9. William Guimarães disse:

    Boa tarde, eu emprestei meu nome para meu padrasto e assinei 2 promissórias de x valor, referente a um empréstimo que ele fez com um “amigo” dele.
    Meu padrasto fez a quitação da dívida, porém, cometeu o erro gravíssimo de não documentar.
    Hoje há um processo na justiça estadual cobrando esta dívida de mim, estudo para o concurso da PF e PRF, esse processo pode me excluir na etapa da investigação social? Desde já agradeço.

  10. Sara cordeiro da Silva disse:

    Briguei na faculdade e a aluna registrou boletim de ocorrência contra mim , mais não levou a frente porém;a faculdade me expulsou do curso mais não dá faculdade ,devo colocar isso na (IS)?e em 1999 briguei com uma outra mulher,mais na mesa do promotor ela não quis levar o caso adiante.Sera que posso ser reprovada na investigação social?

  11. Carol disse:

    Olá!!! na minha inscrição para PCSP na pergunta “FREQUENTOU ALGUM CURSO PREPARATÓRIO” respondi não, pq entendi como curso presencial. Mas vejo algumas aulas num cursinho online que comprei e alguns matérias grátis. Devo responder que sim???

  12. Carol disse:

    Olá!!!
    Irei prestar pcsp. Uma das perguntas da inscrição foi” FREQUENTOU ALGUM CURSO PREPARATÓRIO?”
    Eu comprei um cursinho online… Devo responder que sim?

  13. paulo brandino disse:

    Tenho o nome inscrito no SPC e serasa sera que eu serei reprovado no concurso da policia civil, la diz inadimplicidade de contratos.

  14. Leonardo disse:

    Boa noite , quando eu era menor de idade cometi crimes contra a sociedade , porém hoje sou maior de idade não tenho nada de errado , minha ficha tá limpa , más menor de idade cometi crimes isso me impedirá de ser um policial ? Serei reprovado ?

    • Saga Policial disse:

      Olá! Sim, independente do crime, você tem a possibilidade de eliminação.

      • Robson Santos Barbosa disse:

        Olá, estive pesquisando sobre poder prestar concurso e tomar posse da carreira policial que já esteve na fundação casa quando menor…
        Li um artigo que diz que o ato infracional não é caracterizado crime de forma que não pode impedir que a pessoa ocupe o cargo pois não era responsável pelo ato…
        Eu tenho 31 anos, fui aprendido com 16 anos e fiquei apenas 45 dias sob responsabilidade do estado… o papel da medida sócio educativa é reeducar e reintegrar o jovem , introduzindo o mesmo na saciedade, foi o que comigo aconteceu, desde então tenho minha carteira profissional assinada, terminei escola, fiz cursos , e agora faço faculdade, sou musico em orquestra e faço parte de uma igreja, pai de 2 filhos e casa do a mais de 5 anos, residência fixa etc… não poderei ser policial? O que pesa mais na minha vida pregressa, 1 ato que me rendeu menos de 2 meses de apreensão, ou esses 16 anos de vida ilibada?

  15. Monteiro disse:

    Olá, na fase de investigação social, meus vizinhos ficaram sabendo que estou ingressando na policia?

    • Saga Policial disse:

      Em alguns casos, sim, pois podem procurá-los para saber de você. Mas isso acontece raramente e também depende do concurso policial, em alguns, isso não é feito. Cada órgão atua de uma forma.

  16. Wellington disse:

    Boa tarde, tenho empresa com imposto ICMS parcelado na união e um processo de divida com os correios,
    porem estou quitando todos os débitos dentro da lei, pois fui um dos empresários lesados nos últimos anos, e graças a Deus estou pagando as dividas do meu cpf e do Cnpj.
    A duvida seria, mesmo informando tudo aos mínimos detalhes posso ser impedido por isso ?

  17. LDRS disse:

    Levei uma multa da COMLURB, companhia de limpeza urbana do RJ, em um carnaval por urinar em vias públicas. Para o concurso do Corpo de Bombeiros, devo constar isso? Seria reprovada?

  18. JONATHAN disse:

    BOA NOITE,
    SOU GUARDA MUNICIPAL, ESTAVA DIRIGINDO PARA UMA EQUIPE DE 3 GUARDAS QUE SE ENVOLVERAM NUMA CONFUSÃO COM AMBULANTES, O CARONA DO MEU LADO FOI ACUSADO POR UMA AMBULANTE DE TE-LA EMPURRADO, COMO NÃO CONSEGUIRAM IDENTIFICAR OS 3 GUARDAS PUXARAM PELA VIATURA E ME COLOCARAM COMO AUTOR DO FATO, SENDO QUE EU ERA O MOTORISTA E NEM DESCI DO CARO, TENHO UM VIDEO QUE MOSTRA QUE EU NEM APAREÇO NAS IMAGENS COM A AMBULANTE, SE O PROCESSO FOR ARQUIVADO OU EU ABSOLVIDO POSSO SER REPROVADO NA PESQUISA SOCIAL? E QUERIA SABER SE ISSO SUJA MINHA FICHA.

  19. Priscila Nascimento disse:

    Olá!!Estou estudando para prestar a prova da PC ,porém recebi uma multa de trânsito auto suspensiva ,entrei com recurso mais infelizmente perdi e não consegui provar que não era meu carro,muito menos eu na direção,gostaria de saber se na investigação social posso ser reprovada quanto a isso?E se eu mostrar todas minhas provas se isso pode convencer eles de que não pratiquei a multa e estou pagando algo que não fiz! Obrigada.

  20. Alan disse:

    Boa tarde, Tive problemas financeiros devido a consequência de fatores familiares e de saúde, usei usei meu nome para reerguer um negócio da família, algumas dividas sumiram do serasa e não conseguir (por questão financeira pagar), porém não consta mais no serasa, isso é motivo de reprovação ? Concurso PC-SP

  21. Luiz Tieppo disse:

    Olá… sou taxista e estou estudando para o concurso de agente de telecomunicações PC-SP , tenho 15 pontos na minha cnh , isso pode me reprovar na investigação social ? E também o fato de eu ter um alvará de táxi em meu nome pode me prejudicar , pois a lei diz que eu não posso ter nenhum tipo de sociedade … obrigado

  22. Karla disse:

    Bom dia. Mãe e irmão usuários de entorpecentes pode vir a me reprovar na I.S?

    • Saga Policial disse:

      Karla, se for só isso, não. Porém, se tiver outras circunstâncias envolvidas, pode sim. Portanto, a resposta final é: depende!

      • Karla disse:

        As outras circunstâncias que vc cita são passagens pela Polícia, tráfico de drogas , etc.? Eles não têm, mas minha mãe utiliza cocaína e meu irmão maconha. Eu nunca usei drogas, mas convivo com eles como família (não moro).

  23. Fred disse:

    Boa tarde. Ter cumprido suspensão de cnh por meio de processo administrativo pode reprovar na investigação social? Minha infração não foi criminal, foi do Art. 165, porem, não fui enquadrado como crime de transito, apenas como infração.

  24. Leonardo almeida disse:

    Se o esposo ou esposa tiver respondendo processo reprova ?

  25. Leonardo almeida disse:

    Se uma pessoa e aprovado no concurso e na fic informa que o conjuje responde processo, pode haver eliminação?

  26. Neilinhah disse:

    Não declarei isenção do imposto de renda no tempo hábil. Mas paguei a multa e já regularizei.
    Há algum problema?

  27. leonardo disse:

    O fato de ter experimentado maconha reprova? na época eu tinha 17, hj tenho 21.

  28. Matheus de souza andrade disse:

    boa noite saga policial , passei no concurso da policia civil , mas .. estou com medo da invesitigação social , pois estou com um carro com busca e apreensão .. e um cheque que meu pai deu em meu nome depois sustou ( mais o menos 8 mil ) ainda não transitou em julgado , e ele não agiu de má fé , indica que serei absolvido .. posso ter algum problema ? caso tenha um mandado d e segurança , resolve ?? obrigado desde ja.

  29. INGRED MARIANE CUSTODIO MARCAL disse:

    O caso é o seguinte fui denunciada na delegacia por um crime que não cometi,após a apuração policial foi provado que as informações prestadas pelo denunciante eram falsas isso pode me prejudicar

  30. Ju lima disse:

    Em 2011levei uma contravenção penal, perturbação ao sossego público, vítima: a sociedade. Mas eu tinha 20 anos na época e, já prescreveu sem resolução de merito e nada consta em nenhuma justiça. Se eu fizer concurso para aspirante da PM eu posso ser reprovada na investigação social? Desde já agradeço.

  31. Italo disse:

    Boa noite! Minha dúvida é a seguinte…
    Ter parentes com antecedentes criminais, pode me eliminar na investigação da PF ?
    No meu caso é meu Pai , que fez umas merdas na vida. Ficou um ano preso, mas não teve uma condenação.. Não moro com ele, não tenho relacionamento com ele, nem o vejo faz anos.
    Isso pode ser um motivo de eliminação ?

  32. Vinicius Sousa disse:

    Boa noite, eu nunca declarei imposto de renda antes. Tem algum problema? Como devo proceder?

  33. Oseas Dias Figueiredo disse:

    Boa noite. Vou prestar concurso para agecom pcsp. Processei 2 empresas das quais trabalhei e não forão honestas comigo, ganhei as 2 causas… posso me prejudica com isso na investigação social?

  34. Oseas Dias Figueiredo disse:

    Vou prestar concurso para agecom pcsp. Processei 2 empresas das quais trabalhei e não forão honestas comigo, ganhei as 2 causas… posso me prejudica com isso na investigação social?

  35. willian de jesus disse:

    Boa tarde, estou aflito! Passei no concurso da policia militar, meu sonho, mas estou com o nome restrito no serasa e provavelmente no Cadin, será que serei reprovado? isso é minha unica preocupação, pois as outras etapas já fiz um pente fino….

  36. CELSO disse:

    Olá. Tenho duas autuações de trânsito de natureza não grave (exceder em até 20% a velocidade) prestes a se converterem em multa. Terei problemas com a investigaçao social do concurso da PF?

  37. Samira disse:

    Tenho problemas com vizinhos, tive um relacionamento com um rapaz e minha vizinha começou a me denegrir na Vizinhança. Ela se referia a mim com termos pejorativos, manchando a minha imagem, dizendo que eu só ando com vários homens, que eu não presto, que sou uma rapariga. Nunca procurei confusão em relação a isso, pois eles já são acostumados a brigarem. Isso pode me prejudicar em eventual investigação social? Pretendo fazer concurso para delegado.

  38. PASSEI CONC FEDERAL disse:

    Ausencia de Declaraçao de imposto de renda pode reprovar na IS da PF e PRF?

  39. Angelica disse:

    Olá.. muito obrigada pelo texto.. eu prestei a prova da pm sp do dia 03. Passei para o TAF agora.. estou a 2 anos estudando e sem uma renda fixa . Em 2014 foi um ano muito conturbado onde entrei em muitas dívidas e ainda não consegui pagar por completo, além de estar com uma ação na justiça por conta de acidente de trânsito ( uma parte já foi paga, mas ainda está na justiça para recorrer, pois não estava errada) . Isso pode me prejudicar na investigação social?

  40. Pablo disse:

    Eu tenho uma dúvida.

    Eu já fui pego com carteira vencida há uns 10 anos atrás.

    Além disso, há um item no edital da PF que diz: “II – relacionamento ou exibição em público com pessoas de notórios e desabonadores antecedentes
    criminais;”
    e isso me lembrou que eu já fui testemunha de defesa de uma pessoa em um B.O(há mais de 10 anos atrás – ele era vítima na ocasião) e que esta pessoa atualmente, ao que me parece, tem antecedentes criminais(não tenho certeza, pois não ando com este indivíduo mais).

    Há perigo real de ser reprovado por estas duas questões?

    Desde já agradeço a resposta

  41. Allan Carlos disse:

    Olá! Já tive problemas com meus vizinhos, até que ponto a opinião deles influencia na investigaçao social?

  42. Andre disse:

    Eu tenho dois empréstimos no banco que não consegui pagar por ter ficado desempregada. Isso pode me prejudicar para assumir o cargo?

  43. Caliane M. disse:

    Boa noite realizei a prova da PC/SP, caso eu seja aprovada estou com restrição no SPC e Serasa mais ou menos R$13.000.00, estou desempregada a quase 2 anos e as dívidas se acumularam e com juros muito altos, queria saber se posso ser reprovada na I.S.? Obrigada, parabéns pelo artigo!

  44. Eduardo disse:

    Bom dia,
    Por gentileza, uma orientação:
    – Em 1999 fui condenado pelo crime, art. 172, cujo qual fui absolvido. (Deram provimento ao recurso para absolver o réu nos termos do artigo 386, Inc. IV, do Código de Processo Penal. Em 14/03/2006 – Trânsito em Julgado do Réu e para o Ministério Público.)
    – Em 2008 fui condenado pelo crime, art. 172.
    Em 17.09.2012 deram parcial provimento ao recurso para reduzir a pena de detenção em regime inicial aberto + prestação pecuniária.
    Em data de 02.09.2013 foi julgada extinta a punibilidade da pena privativa de liberdade imposta, substituída por restritiva de direitos, consistente em prestação pecuniária, face ao cumprimento. Em data de 02.09.2013 foi julgada extinta a pena de multa imposta, face ao pagamento. Autos arquivados em 15/10/13.

    Detalhes: Tenho certidão de objeto e pé das duas e na CERTIDÃO DE DISTRIBUIÇÃO DE AÇÕES CRIMINAIS e CERTIDÃO DE EXECUÇÕES CRIMINAIS nada consta. CERTIDÃO DE ANTECEDENTES também.

    Frente a esses fatos, tenho duas questões:
    – Na INVESTIGAÇÃO SOCIAL, devo colocar as duas condenações, mesmo elas não constando em nenhuma certidão?
    – Essas condenações podem barrar a minha posse?

    Muito obrigado.

  45. TONINHO disse:

    Boa noite,
    Por gentileza, uma orientação:
    – Tenho um irmão que mora comigo, minha mãe e minha sobrinha, ele foi para uma festa aberta e envolveu-se em uma briga na qual conseguiu tomar uma arma que estava em posse de outra pessoa, era um revolver calibre 22 com numeração visível, 6 cartuchos intactos e um deflagrado, mas com a chegada da policia, minutos depois da confusao as providencias adotadas foram: lavrado auto de prisão em flagrante.
    Foi a primeira vez q aconteceu algo desse tipo com alguém da minha família, todos são cidadães de bem e não tem nenhum outro problema alem desse ai. Esse é um motivo para ser reprovado no concurso para Policial Federal ?

    Tenho medo de ser reprovado por esse motivo.

  46. J da silva disse:

    por favor. Pode me tirar uma duvida?
    Quero prestar policia federal e havera investigacao social. Tenho 40 anos e sei que ha uns 10 anos atras duas pessoas fizeram B.O contra mim. Uma foi uma mulher que eu saia e descobri que ela era casada. Um dia me exaltei e falei nomes horriveis pra ela e que eu iria contar tudo pro marido dela. Entao ela fez um B .O por injuria difamacao e ameaça.(ela que fez a m… toda e qdo falei que ela nao prestava, entre outras palavras, ficou ofendida e fez o B.O.

    A outra situacao foi uma mulher que se dizia amiga da minha mae e pediu pra morar um tempo em casa. Ela simplesmente se instalou la e comecou a ocupar comodos colocando tralhas dela. Eu tirei as tralhas dela e coloquei no comodo onde ela ficava e falei respeitosamente que gostaria que ela procurasse um lugar pra morar..pois ela trazia o namorado todo dia pra ficar bebendo cerveja no nosso quintal. Ela fez B.O dizendo que eu joguei tudo dela pela janela..tudo mentira..eu nem nervoso fiquei..mas ela falou horrores no B.O pra me ameacar.

    Ate onde isso pode me prejudicar? Afinal..B.O todo mundo fala o que quer..mas ninguem me processou..pq tenho certeza que sabiam que eu nao fiz nada de anormal…mas fizeram isso so para tentar me atingir e me prejudicar por eu nao concordar com atitudes delas

  47. Fabricio disse:

    Fui condenado por um crime ambiental . Tratava-se de extração de argila. Fui condenado a Prestação pecuniária e restritiva de direitos. Posso ser barrado na investigação social?
    Grato.

  48. Jose Paulo disse:

    Olá amigo, boa tarde!
    Eu sou de SP estou com uma dúvida, correlação a redes sociais, eu tenho um facebook antigo, há uns 3 anos atrás e no mesmo, tinha me envolvido com bebidas alcoolicas e tudo mais. No entanto, esta foi excluída, pois havia mudado comecei a ir pra igreja e tudo mais, então ja se passaram uns 4 anos.
    E confesso que a minha conduta está limpa mediante a justiça.
    Dúlvida.:
    – Na investigação social eles podem me reprovar por publicações de fotos com bebidas, sendo que isso ja se faz algum tempo?
    – Eles podem me reprovar por eu ter excluído outras contas de redes sociacis como : linkdim,instagram etc?

  49. José alves disse:

    Caso tenha utilizado de um antidepressivo(fluoxetina) depois de uma demissão inesperada pode prejudicar o candidato na investigação social?

  50. Toninho disse:

    Boa noite,
    Tenho um irmão que mora comigo, minha mãe e minha sobrinha, ele foi para uma festa aberta e envolveu-se em uma briga na qual conseguiu tomar uma arma que estava em posse de outra pessoa, era um revolver calibre 22 com numeração visível, 6 cartuchos intactos e um deflagrado, mas com a chegada da policia ele foi lavrado com auto de prisão em flagrante.
    Foi a primeira vez q aconteceu algo desse tipo com alguém da minha família, todos são cidadães de bem e não tem nenhum outro problema alem desse ai. Esse é um motivo para ser reprovado no concurso para Policial Federal ?

  51. Ck disse:

    Olá, minha mae e me pai são separados, e durante a separação meu pai saiu de casa para morar com outra nulher, minha mãe descobriu eles brigaram fisicamente e no meio da briga minha mae acertou a cabeça do meu pai com uma barra, ele registou bo por tentativa de homicídio, morei com a minha mae 3 anos depois disso, hj sai de casa, me relaciono com meu pai normalmente tb, ele até tentou tirar o processo pq se arrependeu e sabe que foi só uma briga, mas enfim o processo está ativo, eu prestei um depoimento, mas não tenho relação com a mulher que mora com meu pai, enfim foi ela que tirou meu pai de casa, e essa mulher tb deu depoimento nesse processo, inclusive nesse processo ela disse que empurrei ela e xinguei no velório do meu avô paterno, ela misturou tudo tentando me prejudicar pq eu não aceito o relacionamento dele, isso que ela falou no depoimento é completamente mentira, tenho no mínimo umas 50 testemunhas do velório que eu não cheguei perto dela e tenho uma vida moral e ética, preso mto por isso, na minha escola, na faculdade, no meu ex trabalho e no atual tenho testemunhas suficientes para provar que sempre fui exemplo, sai de casa mas continuo ajudando financeiramente minha mae, pq ela ganha um salário mínimo do inss, enfim gostaria de saber se essa citação que a mulher que mora com meu pai fez de mim no processo pode me prejudicar, mesmo o processo não sendo meu, sendo dos meus pais e eu não tenho mais nada, nunca atrasei um boleto, levei 1 multa somente em quase 10 anos de habilitação por estacionar em lugar proibido.

  52. Cle disse:

    Boa noite,
    Levei uma advertência na minha ex empresa, mas fiquei lá mais 4 anos depois disso, levei a advertência pq xinguei meu antigo gestor numa ferramenta de comunicação interna pq ele me perseguia demais, tanto que depois de um tempo ele foi demitido.
    Hoje já se mudaram tudo as pessoas, não tem mais ngm da época, eu não sei nem como isso foi registrado se ficou registrado pq qdo contei ao diretor de rh oq acontecia ele ficou com pena de mim, pq Oq eu falava fazia sentido, fiquei mais 4 anos lá ainda e sai super bem, como isso pode me afetar?

  53. Andresca da Conceição Silva de Almeida disse:

    Boa noite!
    Meu nome não consta no SPC/SERASA, porém tenho uma dúvida prescrita. Posso ser reprovada na IS?

  54. michael disse:

    Boa noite, cometi um crime à 10 anos atrás, assalto a mão armada, tinha 18 anos, fui condenado e já cumpri toda a pena. depois disso não tive mais nenhum problema a justiça. quero prestar concurso pra PC, esse ocorrido me impedi de passar pela IS.

  55. Victória disse:

    Boa noite, em 2016 tive um desentendimento com uma ex do meu marido, me foi imputado o crime de ameaça, art 147, CP, tive como pena o pagamento de multa e hoje, dois anos depois o processo está no arquivo definitivo, pretendo prestar prova pra polícia civil daqui a alguns anos, ao fim da graduação em Direito, posso vir a ter algum problema com a investigação social?

  56. ana julia passos disse:

    condenação por homicidio culposo no transito.. pena já cumprida.
    seria um problema na IS para a PRF?

  57. L. disse:

    Olá,

    comecei uma graduação em um Universidade Pública, mas tive um histórico com muitas faltas e reprovações, e acabei por jubilar. Isto pode me prejudicar?

  58. Amanda disse:

    Boa tarde,
    Tenho vontade de fazer concurso pra policia civil, mas fico apreensiva com a investigação social porque uns 2 anos atrás respondi uma transação penal por desacato, paguei a taxa e ficou tdo certo..

  59. Paulo disse:

    Olá, abandonei um cargo no Ministério Público Estadual por falta de estímulo e na época usei cocaína e álcool. Mas consegui reaver o emprego após ação judicial que atestou que fiz um tratamento e na época não estava passando por um período bom. Meu estágio Probatório pesou muito para a decisão. Isso pode me complicar muito na IS para o concurso de Policia Legislativa do Senado Federal. Obrigado

  60. Tedd disse:

    Olá fui parado na blitz da lei seca. Fui enquadrado no crime de trânsito.Foi concedido o SURSIS… posso ser eliminado na IS? desde já agradeço.

  61. Edson disse:

    Olá,
    Tenho uma dúvida: tenho duas a dois anos atrás levei duas multas médias, no ano passado uma gravíssima (avançar sinal vermelho) e nesse ano uma média ( excesso de velocidade). Isso pode afetar?

  62. Eduardo disse:

    Boa tarde,
    no caso de Execução fiscal. pode impedir a posse? Grato

  63. Victor disse:

    Boa tarde!
    Fui parado na blitz da Lei seca há 2 anos. Recorri, foi julgado improcedente, efetuei o pagamento da multa, cumpri com as sanções. O Processo já foi até extinto.
    Isso pode me prejudicar em alguma fase quanto aos concursos para Delegado (Civil e Federal)?
    Obrigado

  64. carlos disse:

    Tive problema com arma em 2003 mas o inquérito fora arquivado em 2005. Isso pode me eliminar logo de cara?

  65. Franklin disse:

    A universidade colocou meu nome no SPC por causa de algumas mensalidades que ficaram pendentes. Corro risco de ser eliminado por causa dessa dívida?

  66. leo disse:

    recebi um beneficio indevido ano passado, porem procureio mds e devolvi o dinheiro, integral. posso ter problemas? , nao foi gerado processo nem algo a mais.

  67. cout disse:

    acumulei cargo publico incompativel no ano de 2017 posso ter problemas?

  68. Ana c disse:

    Moro em comunidade de prédios minha casa minha vida q tem movimentos errados e tenho um trailer q tenho q atender alguns meliantes vendo doces e refri cerveja. Tem problema? Pretendo me mudar se aprovada .pois por enquanto dependo do comércio.

  69. dferreira.ac disse:

    Olá, estou prestando concurso da PCSP.
    Emprestei o meu nome para dar início em um negócio de família (ramo de estética), mas o negócio não deu certo e algumas dívidas decorrentes desse negócio sujaram e negativaram o meu nome. Além disso, alguns ex-funcionários entraram com processo trabalhista contra a empresa para requerer seus direitos. Todos os processos chegaram em acordo e estão sendo pagos. Em dois casos o pagamento atrasou e estão em fase de renegociação. Desde que comecei a estudar para o concurso, estou pagando algumas pendências do meu nome e retirando o meu nome da sociedade (processo que será finalizado nos próximos dias). Não omiti essas informações no formulário de inscrição (nome negativado e sociedade), mas no quesito se já fui processado respondi que não, pois não fui intimado (nunca recebi um oficial de justiça), porém o meu nome consta no quadro societário (até então) e acabo sendo “parte” do processo. Diante desse cenário, devo me preocupar com a investigação social?

  70. monica rocha disse:

    boa tarde !
    Quando tinha 17 anos ,me envolvi com uma briga com meu irmao , levei o caso para delegacia que ficou no caso maria da pena , pois fui agredida , naquela epoca meio criança nao pensei em fazer isso com meu proprio irmao , tive ajuda do meu namorado pois na epoca era de menor , hoje o caso ja se resolveu ele foi absovido , pois somente foi uma briga entre irmao . hoje pretendo fazer o concurso PC para escrivã , isso pode me prejudiar?

  71. Rodrigo Moura disse:

    Eu vou prestar o concurso para PM SP mas tenho 4 dívidas em protesto no valor total de 4000 reais. Acha que serei eliminado?

  72. Dayse disse:

    Olá ,
    Estou cursando o ensino médio 2°ano e no meio de 2019 vou tirar o 3°ano do ensino médio e depois de fazer essa leitura eu queria tirar umas dúvidas.
    Meu sonho é ser pm e se Deus quiser ser uma delegada Federal mas eu quando menor era uma garota rebelde brigava em rua, expulsa de de Colégio e por conta dessas brigas eu já paguei serviço comunitario isso tudo enquanto menor. Eu mi arrependo de tudo isso ,pois tenho um filho e por ele Eu decidi que eu quero ser um espelho , quero dar exemplo da pessoa que mi tornei hoje.
    Tenho tatuagens mas nenhuma são obsenas eu ainda posso manter esse sonho vivo e correr atrás ?Ou posso dar por desistido !

  73. Adalberto disse:

    Olá boa noite! Estou me preparando para o concurso da PF ,mas a 24 anos atras devido a uma infração de transito(Excesso e velocidade e desrespeito ao sinal de pare pelo policial rodoviario), fui condenado a 6 meses e prestação e serviço e cumprido de acordo com o exigido! Isso me reprovaria na investigação social?

  74. Giovani disse:

    Oi tenho uma divida de um financiamento de veiculo fui demitido e não pude pagar e passei o carro para minha cunhada e ela atrasou e meu nome foi pro Serasa isso pode me prejudicar pois pretendo fazer o concurso da Pm-Sp

    • Campos disse:

      Já fui Polícial Militar em MG durante 8 anos e 8 meses. Pedi baixa na polícia em 2003 e estava no ótimo comportamento. Sempre na minha vida tive bom comportamento e boa conduta. A mais ou menos três anos meu filho de 17 anos me desobedeceu e foi para casa do avô e fui na referida casa onde a avó deixou eu entrar e lá chamei atenção de meu filho e lhe dei um tapas com intuito de corrigí-lo. O avô me denunciou por invasão de domicílio e agressão. No juizado de pequenas causas o juiz me condenou com pena de multa e paguei a multa de 400 reais. Isso me prejudicaria na investigação social desse concurso/ Eu seria eliminado?

  75. Icaro Rafael M Santos disse:

    Olá tenho uma dúvida!! Fui aprovado para o cargo de agente de telecomunicações e Agente da Polícia civil de São Paulo, porém recebi esta semana uma notificação que a minha CNH será suspensa por ter alcançado 20 pontos no prontuário e acredito que a Investigação Social será em breve, isso pode me eliminar do concurso? Obrigado!

  76. munhoz disse:

    Olá, me ajude por favor!
    eu estou com essa dúvida. eu tinha um processo movido pela PF, que foi prescrito. meu nome foi envolvido indevidamente em um trote na universidade federal, o processo nos apontava como responsavéis por dano ao patrimonio publico(uma porta quebrada) isso foi a uns 10 anos. hoje me formei e sou empresario. em uma possivel investigação social eu posso ser eliminado???
    te agradeço desde ja! obrigado e aguardo a resposta!

  77. Rodrigo chagas disse:

    Olá tenho 23 anos e me inscrevi para PM-SP, tenho o nome no serasa em algumas empresas grandes. Ex é a havan. Ou seja, posso ser eliminado por isso?

    Outro problema é que eu fiz minha cnh com 18 anos e paguei um certo valor e fiquei devendo na auto escola. Com necessidades da cnh eu dei entrada na segunda via no detran e paguei somente a taxa e consegui pegar a cnh com isso a aito escola me processo por ter feito isto e tranco minha cnh pra quando ou fosse fazer a renovação de 5 anos. Ou seja, tive que pagar o resto que devia para auto escola pra conseguir continuar o processo da segunda via. Mas com o processo que a auto escola fez isto pode me dar problema na investigação social?????

  78. Alex disse:

    Oi tenho uma dúvida, levei uma multa de uma infração que não cometi, “transportar passageiro sem capacete” recorri e perdi, mesmo sem ter cometido a infração, e estudo para o concurso da PRF, isso pode me prejudicar na investigação social?

  79. Icaro Rafael M Santos disse:

    Olá tenho uma dúvida!! Fui aprovado para o cargo de agente de telecomunicações e Agente da Polícia civil de São Paulo, porém recebi esta semana uma notificação que a minha CNH será suspensa por ter alcançado 20 pontos no prontuário e acredito que a Investigação Social será em breve, isso pode me eliminar do concurso? Obrigado!!!

  80. Lerxst disse:

    Tenho uma dúvida! Tenho um carro em meu nome mas ele fica com o meu pai, que está com mais de 30 autuações por excesso de velocidade (até 20% acima do permitido). Tiramos todas essas multas do meu nome, pois realmente não fui em quem levei elas. Minha dúvida é: na investigação social da PRF/PCDF/PF eu posso rodar por conta disso?

  81. vitor hugo disse:

    ola, passei pra PM aqui em goiania, mais tenho dois cheques protestados no meu nome, isso pode me impedir de alguma forma entra na policia

  82. Alexandre Oliveira disse:

    Bom dia, ja fui testemunha em um processo de um individuo que praticou trafico de drogas, e também ja experimentei maconha quando era adolescente, mas nunca fui preso ou indiciado por nenhum crime, tampouco por porte de drogas..
    Isso pode me reprovar na investigação social?

  83. Mauricio disse:

    Infelizmente quando completei 18 anos tive que pagar duas cestas basicas pelo porte de maconha, gostaria de saber se há alguma chance de reverter este ocorrido em uma I.S.

  84. Plinio Mendes disse:

    Ter usado droga no passado sem ter nenhuma ocorrência por posse de drogas, afirmando no questionário de investigação social que usei pode.me reprovar?

  85. Rodrigo Almeida disse:

    Se eu disse no formulário da investigação social que usei maconha no passado, podem me reprovar somente por isso? Nunca fui preso por posse de droga nem por nenhum crime.
    Podem me reprovar?

  86. Livia disse:

    Bom dia, ter um relacionamento homossexual pode reprovar na investigação social?

  87. Castro disse:

    Tenho uma tatuagem , uma carpa. No meu estado não tem nenhum significado que envolve vivencia no crime. Fiquei sabendo que em São Paulo , tem um significado diferente. Posso ser impedido de entrar ?

  88. Castro disse:

    Fiz o concurso da pmsp , tenho uma tatuagem carpa , sou de outro estado ,a carpa tem.um significado oriental, em São Paulo dizem quem tem são pessoas com.envolvimento no crime , posso ser impedido de entrar ?

  89. Sousa disse:

    Olá! Tenho 16 mil reais em protestos da dívida ativa por IPVA de um veículo que vendi em 2014 e não notifiquei o detran de SP, tenho a certidão de compra e venda. Isso pode ser critério de eliminação na I.S para PC-SP?

  90. Pa disse:

    É possível reprovar na investigação da PC Sp por ser rockeiro e ter videos tocando musicas dos raimundos no youtube e ter curtido videos de RAP por lá? Nunca tive nenhum processo nem nada em meu nome, mas uma vez a 3 anos atras tive meu carro recolhido ao patio do detran por estar com a documentação atrasada, foi regularizado e depois disso nao tive nenhuma infração ate hoje.

  91. Leticia disse:

    Meu marido quer fazer a prova pra PM, mas eu já visitei em presidio, antes dele, será que isso pode atrapalhar ele na investigação social?

  92. Ramon disse:

    Boa tarde! Tive a habilitação suspensa por 30 dias em junho/2018, por ter completado 20 pontos em 2012. Agora está tudo regularizado, mas meu extrato de multas mostra que completei 20 pontos também em 2016 e 2017. Há alguma chance de ser aprovado no IS da PRF? Obrigado.

  93. Vanessa disse:

    Boa tarde!! Passei na PM e minha IS terminou semana passada, mas estou com medo pq há 12 anos atrás me envolvi com um rapaz q posteriormente foi preso e após 1 ano e 10 meses foi inocentado e solto eu informei td na IS mas gostaria de saber se isso reprova?

    • Vanessa disse:

      Esqueci de mencionar q durante 4 meses visitei ele na cadeia mas depois disso terminei e nunca mais o vi. Isso pode me prejudicar?? Eu mencionei o processo q nem no fórum aparece mais, mas não mencionei ter ido visitar.

      • Saga Policial disse:

        Oi Vanessa, tem como descobrir sua visita em alguns Estados. Não sabemos de qual estado vc escreve, mas a resposta é DEPENDE de outros detalhes do seu caso. Nada é visto de maneira estática. Sucesso!

  94. Rodrigo Silva disse:

    Boa tarde saga policial!
    quando eu era menor de idade andava com más companhias e usava maconha, mas, hoje sou outra pessoa e me envergonho muito desse estilo de vida que eu tinha, porém, desde criança tive o sonho de ser um policial civil, e eu estudo muito para realizar o meu sonho e a ajudar a servir a sociedade.. O fato é.. Se a IS for feita por pesquisas por meus vizinhos e eles relatarem esses fatos negativos sobre mim, isso me excluirá do certame???

  95. Michele disse:

    Boa noite!
    Bati meu carro no ano passado e foi registrado o b.o
    Hoje bati de novo e vamos registrar b.o
    Corro o risco de ser reprovada na I.S?
    Além disso me lembrei que há uns 8 anos atrás, fui intimada. Uma pessoa registrou queixa por ameaça. Nunca ameacei ninguém mas como ela não gostava de mim, resolveu me caluniar. Eu compareci a audiência e ela não. Isso pode ser negativo na I.S?
    Obrigada e parabéns pelo texto

  96. sandro disse:

    trabalhei com carteira CNH falsa em algumas empresas.irei fazer prova pra polícia federal.na investigação socia isso pode me implicar? obs mas em nenhuma das empresas que trabalhei sabe que minha CNH era falsa

  97. Xpectroll disse:

    Olá, em 2010 eu fiz a compra de um produto cujo qual eu realmente não sabia que se tratava de um produto roubado .
    Um vizinho meu que eu apenas conhecia de vista não tinha nenhum contato recorrente com o mesmo , apenas o conhecia pois morava na esquina da rua de minha casa , certo dia ele me chamou e me ofereceu um notebook sem carregador , pois ele disse que tinha queimado .
    Ele me ofereceu por 300 reais é eu disse a ele que não tinha dinheiro pois ainda não tinha recebido meu salário e que não daria para eu ficar com o notebook , ele insistiu , disse que estava passando por dificuldades e precisava pagar pelo menos a conta de luz pois tinha crianças na casa e a luz estava cortada , é me disse que se eu tivesse 50 reais só para ele pagar a conta ele me venderia o aparelho é depois a gente acertaria o restante eu fui na empresa e fiz um vale com meu patrão , é dei o valor para o sujeito .
    Não deu 2 semanas a P2 estava em minha casa , me chamaram , perguntaram sobre o produto , eu de imediato indiquei onde estava me perguntaram de quem eu peguei e tb de imediato colaborei e disse quem era . Fui levado a delegacia de Polícia Civil e lá fui ouvido e liberado . Em 2012 chegou o oficial de justiça com uma intimação para que eu compareça no fórum da cidade , fui no dia e hora marcada , expliquei tudo para o promotor e ele fez com que eu pagasse 200 reais em medicamentos para o hospital. É aqui “morreu” o assunto .
    Lembrando que eu sou réu primário, isso não gerou antecedentes , já pesquisei e consultei várias vezes e nada consta. Já se fazem 8 anos é eu nunca mais fui levado ou compareci a uma delegacia .

    Vou prestar concurso para PMSP , será que isso pode me dar algum problema ?

    Lembrando que vou prestar concurso para pmSP mas moro no PARANÁ.

  98. Maurício de oliveira Moreira disse:

    Bom dia !

    Se meu nome estiver na dívida ativa do município , impede de eu assumir um concurso público, tipo a PMba ?

  99. Mari disse:

    Boa noite, sou enfermeira formada e estou querendo prestar o próx concurso da civil daqui da Paraíba. Mas estou apreensiva quanto a investigação social porque meu pai foi acusado de um homicídio em 1991 na época ele não se apresentou, quando foi em 2012 chegou uma informação pra ele prestar esclarecimento a respeito, ficou preso por três anos aguardando julgamento! Foi julgado no Rio de janeiro e absorvido por unanimidade. Devo relatar isso? Posso ser eliminada por isso? Obs: sou casada, tenho boa índole, nunca respondi a nenhum processo mas moro com ele.

  100. Pam disse:

    Bom dia!! Infelizmente fiz um credito pessoal do Hipercard, so que as parcelas estao vindo muito altas e nao estou conseguindo pagar. Me mandaram um aviso dizendo q meu nome poderia ir parar no SPC/Serasa. Ainda nao foi, mas como estou sem condicoes mesmo, acredito q nao vou conseguir pagar e irei. Faço concursos da PC, AGENPEN, PRF. Se meu nome for parar no SPC eu serei desclassificada caso eu passe em algum deles. Estou com muito medo, ate pq preciso passar em algo e quitar minhas dividas. Sempre paguei muito certo, mas agora infelizmente estou lascad… Obrigada!

  101. Bruno disse:

    A universidade colocou meu nome no SPC por causa de algumas mensalidades que ficaram pendentes. Corro risco de ser eliminado por causa dessa dívida? são 3 prestações colocada em 2017.

  102. Giovani Oliveira disse:

    Boa noite! Estou no concurso da Polícia Militar Sp. Quando entreguei meu formulário da investigação social eu estava com o nome no spc, mas 2 semanas depois consegui entrar em contato com a empresa que eu estava devendo é consegui efetuar um acordo de pagamento com ela, paguei a primeira parcela e me disseram que meu nome já seria retirado do spc será que posso ter algum problema no meu concurso por isso?

  103. Juliana disse:

    Olá,
    Estou estudando para pcerj e fui testemunha de um flagrante, meu ex trabalhava numa farmacia e “tirava um extra” vendendo remedios abortivos(eu não sabia que ele praticava isso). Um dia ele pediu pra ir com ele até a farmácia, só que na verdade ele foi entregar o medicamento e nesse momento a pc fez o flagrante e eu estava com ele. Isso vai pesar na investigação social mesmo estando apenas como testemunha? Sempre tive uma boa conduta

  104. Rodrigo disse:

    Fui pego na lei seca, com valor de 0,11 marcado pelo bafometro. Em dezembro tenho o TAF da PMESP e se for passando de fase, consequentemente chegarei a investigação social e entrega de documentos, corro o risco de ser reprovado por estar com a CNH suspensa ou por conta do incidente? Obrigado

  105. Sérgio disse:

    Bom dia, estou com 48 pontos na cnh, sendo que eu não fui o responsável pelas multas, mas o carro está no meu nome (o carro não é meu). Vou prestar concurso para escrivão PCMG, gostaria de saber se posso ser reprovado por isso.

    Grato

  106. tiago disse:

    Ola, bom dia. Fui aprovado no concurso de investigador de policia SP e fiquei sabendo, na IS, pelo policial que minha ex fez um B.O contra mim em 2008 por agressão fisica. Considerando que não tenha mais nada que desabone minha conduta, alem desse registro de ocorrência que não houve representação, há grandes riscos de reprovação ?

  107. Leonardo de Jesus Diniz da Rosa disse:

    BOA NOITE TENHO UMA PENDENCIA E ESTOU RESPONDENDO UM PROCESSO PARA PAGAR A DIVIDA COMO PROCEDER NESSE CASO? EU QUERO PRESTAR CONCURSOS EM 2019 MAIS ESTOU COM MEDO

  108. Eitor disse:

    Assinei termo circunstanciado por porte de maconha, o processo foi extinto e arquivado, sou graduado e pós graduado, trabalho como Gerente de banco, isso pode me reprovar ? Isso constará pra sempre em meu nome, mesmo não aparecendo no IRGD e no consulta processo ?

  109. João disse:

    Olá boa tarde, tenho 23 anos atualmente e estou estudando para o concurso da PF , porém já sou concursado trabalho em uma prefeitura sou responsável por um abrigo na qual tem crianças que sofreram abusos e abandonadas pelos pais, até aí tudo bem eu acabei cometendo um pequeno probleminha não tão grava, levei a visita de uma médica de crianças, só como eu tinha caído de nesse concurso não sabia que não poderia levar visitas e outra eu acabei postando uma foto de uma criança com tarja nos olhos, coisa que também não poderia, mas acredito que isso irá se resolver da melhor forma, pois não fiz por maldade, porém acabaram denunciando e foi aberto um inquérito administrativo em meu nome, essa etapa é apenas para levantamento das informações, esse processo antecede o PAD , espero que tudo se resolva apenas nesse inquérito, mas vamos pensar no pior cenário se virar um PAD e eu levar apenas uma advertência ou uma suspensão você acha que isso me reprovaria ??? Mesmo eu sendo uma pessoa exemplar na escola , na faculdade , nos meus antigos trabalhos e fazer ações sociais em uma comunidade semanalmente, ser algo nítido que não fiz por mal, foi apenas um deslize, você acha que daria algo de tão ruim ???

  110. Marcos disse:

    Recebi duas multas em uma mesma conduta no Art. 244. I, II. Porém não houve pad para suspensão. Nessa situação posso reprovar na investigação?

  111. Marcos disse:

    Além disso não fui notificado sobre essas infrações, só tive ciência 1 ano depois e renovei minha cnh normalmente. E em uma cidade onde não moro.

  112. jose carlos disse:

    boa tarde! sou sócio de uma empresa que tive que cerrar as portas devido a situação financeira insolvente.ficaram dívidas com a União e estado de SP(icms).Li o texto acima mas fiquei em dúvida quanto a dívidas com a União e estado.Posso ser eliminado na pesquisa social?

    • Saga Policial disse:

      Depende…mas a resposta é “pode sim”…depende muito do concurso que vai fazer e se há dolo em sua conduta, etc, …enfim, muitos fatores…

  113. Antonio Cleto Cavalcante de Oliveira disse:

    Boa tarde Sou de Fortaleza – CE
    Tem uma Camionete em meu nome, financiada, mas não sou eu que pago e está na empresa de um amigo que é de Natal – RN. Emprestei meu nome para ele comprar a caminhonete. Tem multas que vieram, ele pagou, mas como não recebi a notificação, somente as multas para pagar, os pontos cairam no meu prontuário, 16 pontos já.

    Terei problema na investigação social? estou estudando para a PRF.

  114. jose carlos disse:

    bom dia! Caso tenha passado pela delegacia por ter descuidado e deixado um produto vencido fora do lugar de segregação(lei 8137/90) no meu comércio e pelo qual foi pago fiança e não mais fui chamado pode ser motivo de eliminação no concurso da PRF?
    obrigado

  115. Ozeane disse:

    Boa tarde. Morei 5 anos no meu atual estado e me mudei pra outro estado e fiquei lá por 2 anos até voltar novamente pra cá há um ano. Na investigação social da pm diz que tenho que apresentar certidões dos últimos cinco anos dos lugares em que morei. Vou ter que apresentar certidão desses 2 anos que morei em outro estado? Posso omitir essa informação? Há possibilidade de eles descobrirem? (Digo isso pela dificuldade e custo de ter que voltar no outro estado para obter essas certidões).

  116. Franco disse:

    Olá, se for diagnosticado ansiedade e por esta razão a pessoa passar por sessões de terapia, isso poderia ser um fator de reprovação?

  117. Henrique disse:

    Bom dia, tomei 3 suspensões durante o colegial, era danado…, mas nada relacionado a violência, não possuo ficha criminal, nunca tive problemas na faculdade e no estágio. Será que essas suspensões durante o colegial podem me prejudicar ? Tendo em vista que o direto não gosta de mim… (Estou estudando para PRF)

  118. marcus disse:

    Para agente penitenciário, tive uma passagem por porte de arma quando tinha 16 anos e agora aos 35 minha ex mulher registro uma ocorrência na lei Maria da Penha aonde não teve agressão física só uma discussão, comprimento de serviço comunitário de horas, isso pode me reprova na investigação social?

  119. Diogo Costa disse:

    Boa Tarde, eu fui condenado na Justiça Militar no Artigo 172 do CPM 2011 pena de 1 mês de dentenção em regime aberto, sendo que me foi concedido o benefício do Sursis ou seja eu por 2 anos tive que ir ao Forúm militar assinar um documento, ao termino desses 2 anos em 2013 tive a Extinção de Punibilidade. A minha dúvida é eu fui aprovado no concurso público da Polícia Civil posso ser eliminado na investigação social? O que devo fazer?

  120. Marcelo disse:

    Boa noite, vou prestar concurso para PRF, porém já tive suspensão de 6 meses na carteira por exesso de pontuação. Isso pode causar reprova na investigação social?

    • Saga Policial disse:

      Marcelo, eles levam esse fato muito à sério na IS, mas não temos como afirmar que você será reprovado apenas por isso. Não desista! Sucesso!

  121. Mario disse:

    Boa noite!

    Pretendo fazer prova para PC/RJ em breve, mas tive dois problemas faz um tempo. O primeiro quando tinha 18 anos , fui levado para a DP com um colega de 17 que estava com maconha, acabei pegando posse de drogas para uso próprio e corrupção de menor.Foi feito um acordo , assinei por dois anos e não fui condenado .No segundo caso, foi posse de arma de fogo no qual fui absolvido. Será que vai me atrapalhar isso, sendo que nunca fui condenado? Penso em entrar com ação de reabilitação criminal para “limpar” isso, será que poderia ajudar ? Desde já agradeço .

  122. GUILHERME disse:

    BOA TARDE
    ESTOU PRESTANDO CONCURSO DA PM -SP, TENHO UMA MULTA GRAVE DE 5 PONTOS NA MINHA CNH, MULTA DE PELICULA ESCURA NO VIDRO ( INSULFILM ), NA INVESTIGAÇÃO SOCIAL ISSO PODE ME REPROVAR ??

  123. Carlos eduardo disse:

    Olá respondi um processo por porte de arma de fogo a 12 anos fui absolvido fui aprovado no concurso da guarda civil municipal posso ser reprovado na is?.

  124. Sabrina disse:

    Por favor, pode me tirar uma dúvida?
    Estou com o nome sujo, cartões de crédito e empréstimos, da ultima vez que vi estava em: R$ 90.000,00.
    Fui informada de que a dívida estava registrada em um cartório de protesto de títulos.
    Estou estudando para o concurso do DEPEN, porém li no último edital de 2015, que dentre as documentações solicitadas na investigação social está a certidão de protesto de títulos.
    E agora? eu posso ser eliminada por causa dessa situação?

  125. Junior Rodrigues disse:

    Pergunto a vocês da equipe Saga Policial. Agradeço desde já.

    • Lucas Rodrigues disse:

      Olá, fui aprovado no PSS para Agente Penitenciário de MG e estou na fase de investigação social, porém tenho dividas no Serasa pois estava desempregado a algum tempo, e qndo completei 18 anos comprei uma moto sem habilitação e fui multado 2x. Você acredita que isso pode me eliminar ?

  126. Junior Rodrigues disse:

    Olá Equipe do Saga Policial. Tenho uma dúvida a respeito de uma postagem que fiz no face de um professor que é papiloscopista da PF licenciado. Eu sou assinante legal do curso dele e esse grupo foi criado por ele e lá o pessoal posta tudo dúvidas, materiais muitas vezes de cursinhos pagos mas que são disponibilizados gratuitamente. Porém, a postagem que fiz foi perguntando se eu podia postar livros digitais que eu baixei da internet de graça e disse lá que tenho vários deles e se não seria pirataria fazer isso perguntei isso lá, ai apaguei a postagem alguns comentários dizendo que não teria problema outros dizendo que sim menos o dono do grupo. A minha preocupação é se ele anotou meu nome lá, meu CPF enfim fico pensando será que vou ser reprovado na PF porque eu tenho materiais gratuitos no meu PC mas são de vestibular livros digitais. Detalhe nunca fiz rateio de curso nenhum e nunca comercializei qualquer material de estudo. Gosto de muito de curso online e dou o sangue pra pagar legalmente por eles. O que vcs acham pode dar algum problema poxa agora que comecei a estudar pra PF tenho 20 anos só por causa disso tem como ser reprovado na I.S?

  127. Natália disse:

    Estou com nome sujo, porque fazia faculdade pelo FIES e não tranquei. Se eu negociar a divida, ainda assim corro risco de reprovar ?

  128. Ednei Cerqueira Costa disse:

    Olá saga policial, uma dúvida que eu deixo aqui. Em 2009 eu e mais cinco amigos fomos abordados pela polícia e não acharam nada conosco, a polícia adentrou dentro de uma casa abandonada a mais ou menos 15 metros de onde estávamos e encontraram um revólver calibre 38 , apois isso,fomos levados a delegacia para prestar depoimentos e liberados em seguida. A constituição federal fala que ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória. Esse fato narrado acima pode me eliminar do concurso de agente penitenciário federal?

  129. Heitor disse:

    Boa noite, sou ex-usuário de maconha, mas nunca assinei TCIP e nem tive complicações por isso. Será que eu posso ser reprovado na investigação social mesmo com o exame toxicológico “limpo”?

  130. Hércules Xavier disse:

    Só mesmo deixar registrado o muito obrigado, que certamente digo em nome de muitas pessoas. Fiquei lendo vários comentários aqui. Minimamente eu espero que você não tenha inconvenientes ou constrangimento algum na manutenção dessa página. E ao máximo, os votos de sucesso e bonança é o que desejo.

    Parabéns.

  131. Bruno disse:

    Boa noite, DR. tenho uma dúvida que está me atrapalhando nos estudos, já fui usuário de drogas ilícitas, estarei limpo no toxicológico, porém moro com 2 pessoas que são apenas usuários de drogas, dentro da casa onde moro, isso pode me prejudicar na investigação social? obrigado pela atenção.

    • Saga Policial disse:

      Vai reprovar.

      • Bruno disse:

        Obrigado pelo retorno, na investigação irá investigar esses 2 outros moradores se são usuários? como constatarão? desculpe a insistência…o fato de eu estar limpo e com boas condutas sociais não seriam o suficiente? abraços…

      • Bruno disse:

        Obrigado pelo retorno, na investigação irá investigar esses 2 outros moradores se são usuários? como constatarão? desculpe a insistência…o fato de eu estar limpo e com boas condutas sociais não seriam o suficiente? abraços…

  132. artur disse:

    boa noite, vou prestar concurso para prf, recebi algumas notificações de penalidade, que somando da 23 pontos que ainda não foram computados até hoje dia 08/01/2019
    Caso eu seja aprovado, posso ser prejudicado de algum modo por isso ?

  133. Maurício disse:

    Ato infracional aos 14 anos .15 anos atrás pode reprovar.

  134. Marco disse:

    Olá, irei prestar o concurso da PRF, e tenho um processo administrativo no DETRAN em andamento, a ser julgado em última instância (CETRAN), por recusa do teste do bafômetro. Posso ser eliminado na fase de investigação social por este fato?

  135. artur disse:

    licenciamento atrasado,estacionar sobre o passeio,dirigir manuseando o celular

  136. Roberto disse:

    Boa noite, eu reprovei no meu estágio probatório em uma repartição pública federal. Vale ressaltar que não tenho nenhum inquérito administrativo, processo administrativo disciplinar, suspensão, advertência ou qualquer outro tipo de penalidade contra mim. Apenas e tão somente meu chefe achou que eu não tinha aptidão ao cargo e me reprovou. Pretendo prestar concurso pra Polícia Federal, esse fato poderia me reprovar numa eventual investigação social ?

  137. Helen disse:

    Olá, não me recordo o ano, se 2015 ou 2016, comprei um curso em um site que dizia ser legal, realmente não sabia nada referente aos rateios, era nova no mundo dos concursos, depois desisti do concurso e investi em uma graduação.
    Hoje ao retornar com o projeto do concurso e ler sobre as matérias que falam dos rateios, me deixaram com receio de investir todo o meu tempo e na IS ser reprovada por ter realizado esta compra. Lembrando que atualmente estudo pelo Alfa.
    Como isso poderia afetar no meu concurso?

    Obrigada!

  138. alan disse:

    Boa tarde meu camarada, sou militar da Fab, 2º sgt, e estou pretendendo prestar concurso para PF, PRF e PC. O meu problema foi que comprei um carro clonado, onde respondi pela receptação. Fui beneficiado pela lei 9099, suspenção condicional do processo e consequentemente, a extinta punibilidade. Comprovei minha boa fe atraves de duda de transferencia de propriedade e doc do veículo. Gostaria de saber se isso pode acarretar na exclusão do concurso, pois sei que a dedicação para tal concurso é árduo. Abraços.

  139. Jose disse:

    Fiz o concurso da pm e passei na objetiva, taf, e saúde, falta o psicológico e a investigação social, Mas meu nome estar no Serasa. Posso ser reprovado por isso?

    • Saga Policial disse:

      Depende Jose, alguns concursos da PM exigem nome limpo, outros não são tão exigentes assim. Precisa ver como é o Estado que você se refere. mande um e-mail para nós! Sucesso!

  140. Graciele disse:

    Tatuagens aparentes podem eliminar do processo de ingresso a PC ?

  141. Carlos Genovese Ruis disse:

    Fui vítima de extorsão por parte de uma prostituta, tudo registrado em B.O. Pode prejudicar na IS?

  142. Marina disse:

    Fui uma ótima aluna no ensino fundamental e fui aprovada pra fazer ensino médio técnico em uma escola federal. Nessa escola, reprovei 2x e desisti. Peguei meu certificado de ensino médio pelo ENEM e ingressei no curso de Estatística, porém desisti porque tinha reprovado em algumas matérias e descobri que queria ser perita criminal na área de Farmácia, curso que faço atualmente e estou me saindo muito bem. Isso pode me reprovar na IS? Grata.

  143. Jéssica disse:

    Boa noite, quando tinha 16 anos me envolvi com pessoas de má índole e, com isso, acabei me envolvendo em um ato infracional (assalto) que por consequência ocasionou o cumprimento de medida socioeducativa, no qual foi cumprido na mesma escola que na época estudava. Contudo, percebi a imaturidade de ser adolescente após ter meu filho e desde então tenho uma vida totalmente idônea. Mesmo que o Estatuto do ECA proteja e garanta a ressocialização e a imputabilidade, além da Constituição Brasileira criminar a prática de condenação perpétua. Gostaria de saber se pode me acarretar algum problema com relação a investigação social para a PC de Minas. E caso isso ocorra, é cabível de ação judícial ?

    Obrigada.

  144. Carlos disse:

    Boa noite, estou estudando para a PC de São Paulo,.tenho um processo em meu nome de cobrança de aluguéis de um comércio que tive, o processo já foi sentenciado porém não tenho condições nenhuma de pagar o valor condenado.
    Isso poderia afetar caso esteja na investigacao social?

  145. Daniel disse:

    Saga Policial, me tira uma dúvida por favor, em 2009 quando eu tinha 16 anos eu cometi o ar 121 contra uma pessoa que havia me agredido 2x ele me agrediu na frente de algumas pessoas alegando que eu era alemão (filho de policial) , eu não fui atrás dele pra cometer esse fato, na terceira vez que ele veio me agredir eu estava preparado infelizmente. Ele era procurado pela justiça, eu não fui preso, fui intimado semanas depois para presta depoimento, tive duas audiências alguns meses depois do acontecido, mas eu não fui ouvido nem entrei na sala do juiz nem eu e nem o advogado, a pessoa que estava me acusando não compareceu em nenhuma audiência, quando eu tinha 18 anos um funcionário da comarca do meu estado foi até meu trabalho e ele constatou que eu estava trabalhando e cursando faculdade, e me fez algumas perguntas sobre minha vida, desde esse dia não sei mais como está esse processo nunca mais fui intimado nem nada, tenho alguns amigos na PC e eles já consultaram pra mim não consta nada no sistema deles, como eu devo proceder? Devo ocultar isso na investigação social ?Caso eu seja reprovado cabe recurso? Desde já agradeço pela resposta.

  146. Joalisson melo disse:

    Olá! Meu padrasto passou 3 cheques sem fundos no meu nome e eu nao sabia e agora estou no spc e serasa, isso pode me complicar na investigação social ?

  147. Bernardo disse:

    Boa tarde.
    No ano de 2016 reconheci firma em cartório em que meu pai cedia o apartamento dele para eu morar sozinho lá, o apê era na mesma cidade. Porém ocorreu imprevistos e não pude mudar para lá.

    Ou seja, reconheci firma em cartório que meu pai tinha cedido o apê para mim e nunca me mudei para lá.

    Devo colocar mesmo assim na ficha de informações confidenciais como um dos endereços que já morei ou não coloco? Tem como os policiais fazerem uma pesquisa nos cartórios e descobrir algo?

    Grato e parabéns pelo site!

  148. gui disse:

    Boa noite
    Esses 2 fatos estão me dando um pouco de ansiedade em relação ao concursos que espero passar: PF, PC-DF.
    Planejo também PM SC, olhando o histórico dos julgados no Jusbrasil notei que a PM é um pouco mais rigorosa, como provavelmente ficaria nesse concurso?

    Cerca de 1 ano atrás estava trabalhando temporariamente no IBGE e acabei batendo o veículo (condições adversas de transito, chuva intensa, fui frear, o carro derrapou e acabou colidindo com outro), não houve PAD pois o veículo era locado e a Administração Pública não teve um prejuízo econômico, além disso ninguém se machucou e prestei o devido auxilio a vitima, que somente teve a porta danificada, que foi coberto pelo seguro, portanto só foi feito um BO na delegacia, não houve processo algum.

    Outro fato foi de uma briga em um churrasco, todos meio alcoolizados por sinal, eu apenas fui separar os agressores a acabei tomando umas pancada também, tal fato foi exposto pela PM no BO e foi aberto um TCO e apenas dei depoimento na DP, fiquei como testemunha no processo.

    Será que terei problemas sérios com isso, ou provavelmente só terei de me explicar na FIC quanto em uma possível entrevista?
    Avante! Desistir Jamais

  149. Uélinton Morelli disse:

    Boa noite amigo!
    Vo algumas peguntas sobre cursos preparatórios, rateio e etc. Não entendi do que se trata. Eu acabei de comprar um curso preparatório da Focus Concursos, é errado? Me explica por favor.
    Vou prestar para Inspetor PC-RJ.

  150. FE disse:

    Oi. Em 2004 fui presa em flagrante e o inquerito foi arquivado por falta de provas. O fato se deu pelo uso de maconha pelo meu acompanhante, sem que eu tivesse usado (o que constou do depoimento dos policiais) mas o restante do entorpecente foi colocado na minha bolsa, razão pela qual o indiciamento foi por trafico. Reprovarei no IS?

  151. Beatriz disse:

    Bom dia. Em 2016 fui demitida por abandono de cargo no estado de Goiás, inde fui julgada a revelia. Passei para a pmdf em 2018. Esse fato pode me atrapalhar na investigação social?

  152. Giovanni disse:

    Boa tarde! Pode ser exigido, em edital, o candidato não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima de trânsito nos últimos 5 anos para assumir a posse? No meu caso, eu tenho uma grave. Haverá algum problema para mim?

  153. Cintia Alves disse:

    Olá, estou bem confusa.
    Trabalho desde os meus 18 anos, sempre ajudei meu pais financeiramente em casa, inclusive emprestando meu nome para compra de um carro, sofá, fogão e celular para a casa e roupas. Infelizmente eles não conseguiram pagar todas as parcelas e nem eu, pois passamos por um sufoco. A única coisa que foi quitada foi o carro. O Celular, sofá e fogão caducaram as dividas, a única que restou foi as de roupas. Porém tenho outro detalhe, ingressei na faculdade no ano de 2012, fiz uma prova, passei, fiz até contrato com a caixa económica, pq a faculdade alegou que eles iriam pagar o curso. Nesse meio tempo, perdi o meu emprego em Outubro de 2013. No meio de 2014 comecei a fazer um estagio ganhando 600,00 depois em 2015 me registaram e depois de 3 meses fui mandada embora. Até processei eles, mas enfim….Me formei de Dezembro de 2015, não consigo encontrar um emprego fixo, trabalho como demonstradora e junto a isso tenho uma divida de 35 mil reais da faculdade para pagar devido a fraude. Vim te contar pq estou super frustrada, e sonho desde criança em me ingressar na policia e por causa da restrição meus sonhos estão morrendo. Gostaria de saber a sua sincera opinião. Abraços.

    • Saga Policial disse:

      Nos concursos da PF, PRF e PCs a dívida pode ser justificada sem lhe causar motivos de reprovação. Vá em frente! Conquistar seus sonhos só depende de uma pessoa: VOCÊ!

  154. Giovanni disse:

    Referente à pergunta 152: Para um concurso de agente de trânsito, podem exigir em edital? O que vocês sabem a respeito, se com liminar o pessoal tem ganho?… A minha situação é que meu pai sofreu uma infração grave de velocidade, o carro é dele, mas está no meu nome. Logo 5 pts na minha CNH.

  155. Fabiana disse:

    Bom dia! Meu filho passou no concurso da PM ele tem 19 anos,nunca teve nenhum problema,foi destaque no TG. Agora ele está na IS porém só vieram nos vizinhos,não foram no tiro de Gerra e nem em outros lugares…
    Gostaria de saber se é normal ir só em um lugar fazer a investigação?

  156. camilla disse:

    gostaria de saber se corro o risco de ser eliminada da prova da policia civil do rj pois estou estudando muito mais estou inadimplente, minha mãe fez um plano pós pago no meu CPF, agora devo 101,05 e to desempregada faz 4 anos não tenho como pagar.Estou com medo pois no edital de 2009 fala que um dos requisitos do cargo é :não ter títulos protestados e não ter sofrido execução judicial, bem como não ter sido condenado em ações cíveis desabonadoras, observada a contumácia e as razões do inadimplemento da dívida;

  157. camilla disse:

    não sei o que quer dizer isso tambem

  158. Raphael caciatori disse:

    Minha cnh estourou em pontos e entreguei pra cumprir suspensao. Fui aptovado na prf. Isso prejudica na IS?

  159. Rômulo de Lima mota disse:

    Passei na PMESP, abandonei um emprego em empresa privada em 2015,isso pode me reprovar na IS???

  160. Priscila T. disse:

    Olá, eu trabalhei em uma empresa de telemarketing, vendi um cartão indevidamente por pressão do meu supervisor e fui suspensa por 1 dia na empresa, na investigação social terei algum problema a respeito? Desde já grata!

  161. Kelps Rodrigo disse:

    Boa noite,

    Saga policial, tenho uma pergunta. Estou me preparando para concursos para cargos na polícia. Porém tive um processo civil relacionado a dívidas com banco em 2006. Este foi extinto mas consta o processo se forem pesquisar meu nome. Desta forma gostaria de saber se existe algum impedimento para posse no que tange a pesquisa de vida regressa.

  162. Rafael disse:

    Olá! Quando tinha 18 anos assinei um termo circunstanciado por posse de droga para consumo próprio já tem uns 4 anos, nem aparece mais no site do TJ, e isso foi no Rio de Janeiro, pretendo fazer prova para a polícia civil de SP, eles cruzam informações? Isso seria um problema? Meu pai tem problemas com a justiça mas a ação ainda está correndo e não teve trânsito em julgado, isso também pode me prejudicar?

  163. Flávio de oliveira souza disse:

    Gostaria de saber se posso ser reprovado na is pelo motivo que meu nome tem restrições no spc e serassa de resto nunca tive problemas com a justiça

    • Saga Policial disse:

      Apenas nos concursos policiais militares que o seu caso é tratado com mais rigidez e você pode ser eliminado, nos outros concursos policiais é mais tranquilo e apenas casos mais sérios correm risco de eliminação.

  164. Maurílio disse:

    Boa tarde.
    Em 2009, aproximadamente 10 anos atrás, assinei um tc por porte de drogas, foi levado ao jecrim e feita a transação penal. Hoje não consta nada no site do TJ, pois segundo jurisprudência consolidada a transação é obsta o processo, logo não houve processo. De lá pra cá, nunca mais usei drogas, me formei, passei na oab, advoguei, fiz parte do conselho de sentença do tribunal do jurí, estagiei no MP… Será que essa transação penal por porte vai me prejudicar?

  165. Thamires disse:

    Boa noite, o pai do meu filho ja foi preso , estou separada dele há 5 anos e não tenho NENHUM tipo de vinculo com ele. Você acha que isso pode prejudicar a minha aprovação no concurso?

  166. Chaves Silva disse:

    Olá , ao meus 12 de idade cometi um furto na inocência , porém o meu namorado está na IS da PM , posso prejudicalo em alguma forma?

  167. julia disse:

    Oi! uma pessoa que conheço está prestando concurso pra PM, porém ele é irmão por parte de pai de um ex traficante de drogas (famoso inclusive) que ja foi preso durante 10 anos por trafico, homicidio, formação de quadrilha. eles não moram juntos, mas volta e meia se veem e se falam, são próximos, tem fotos juntos recente inclusive, porém essa pessoa não tem envolvimento com absolutamente nada da vida do irmão, nunca teve. Eu particularmente não apoio ele querer entrar pra PM, mas é o sonho dele ser policial militar, civil ou federal. Nesse da PM ele passou, vai fazer o TAF, dps tem medico e investigação social… eu acho muito injusto ele ser julgado por ser parente desse ex traficante, pq nao tem nada haver com a vida dele, mas quais as chances ele reprovar na investigação social por conta disso?

  168. claudia disse:

    Oi, ter um parente que ja foi preso (famoso na midia, inclusive, por ser de uma favela conhecida) por 10 anos por trafico de drogas, chefiar quadrilha organizada e homicidio e vínculo com o CV, pode reprovar na investigação social? existe uma proximidade por serem irmãos por parte de pai, possuem fotos juntos recente, porém nao tem nada haver com a vida do outro, nunca teve nenhum envolvimento.

  169. Eduardo disse:

    Passagem pelo conselho tutelar pode reprovar no concurso da PMSP?

  170. Bruno disse:

    Me tire uma dúvida por favor.
    Em 2017 fui parado em uma blitz (na famosa lei seca) mas óbvio que me recusei a fazer o teste do bafômetro, pq tinha bebido umas 3 latinhas.
    Detalhe: Estava no carro de um amigo meu, que por acaso estava do meu lado.
    Fiz o procedimento todo certinho, e a multa chegou na casa desse meu amigo. O Detran ficou com minha CNH por 3 dias (procedimento padrão )e logo em seguida eu peguei ela e ficou tudo normal.
    Minha dúvida é se isso pode me impedir de tomar posse no concurso da PCDF na fase da Investigação Social?!

  171. carlos disse:

    boa noite, pode me dizer se eu tiver um filho eu sou impedido de entrar na Policia militar ?

  172. Daniela Ribeiro disse:

    Olá. Estou estudando para o concurso 2019, Tenho uma grande dúvida, visitei um ex namorado em São Paulo. Esteve preso Por 1 ano. Porém não temos mais vínculo, isso poderia me eliminar na fase de investigação social ?

  173. Vinicius disse:

    Olá! No meu caso eu já fui testemunha em um caso de agressão só que no dia da audiência as partes não levaram o caso a diante. Pelo tempo que ocorreu o fato eu acabei esquecendo de mencionar isso na PS, será que serei reprovado?

  174. Ana disse:

    Boa tarde!

    Poderia me tirar uma dúvida, por gentileza?
    Alguns concursos pedem certidões de inexistência de títulos protestados junto aos cartório de protestos.
    Pelo que vi, a pesquisa pode ser feita no período de 5 anos, por exemplo. Caso a pessoa tenha tido dívidas com restrições de nomes efetuadas nesse período de 5 anos ( e protestos), mas na data atual (em que está solicitando a certidão) as mesmas já tenham sido quitadas, esse histórico vai prejudicar na investigação social?

  175. Marcus disse:

    Sempre trabalhei com eventos e um desses eventos o policial que estava de serviço morava atrás do salão de festas e tinha problemas com s dona do salão calhou no dia do meu evento ele acabar com a festa e me enquadra no crime apologia ao tráfico mas não existe provas porque não existiu o fato mas foi aconselhado a assinar e pagar uma cesta básica isso foi a 10 anos atrás e tenho uma lei seca isso interfere sou eliminado por esse motivo ? Obrigado

  176. Thiago disse:

    Fui beneficiado por suspensão condicional do processo. O inquérito era de crime ambiental (construção do muro da minha casa e suposta mina d’água achada). O período da suspensão já foi concluído e, da parte da justiça, tudo foi arquivado. Contudo, imagino que o inquérito que foi aberto continue nos arquivos da policia. Como fazer na fase de IS? Isso pode me prejudicar?

  177. Concurseiro na Luta disse:

    Sou reabilitado pelo INSS. Conseguindo finalizar a prova física, posso ser excluído do certame por esse motivo?

  178. Luana disse:

    Boa tarde!

    Tive uma empresa que acabou não dando certo e estou com um processo trabalhista em andamento. O advogado disse que muito provavelmente a pessoa vai perder porque eu paguei tudo certinho pra ela e tenho todos os comprovantes, mas o processo está em andamento. Posso ser reprovada por isso no concurso da PM?

    • Saga Policial disse:

      Pode sim, mas depende muito da história completa, você vai poder justificar também, então não podemos avaliar isso com certeza.

  179. Fernanda disse:

    Boa noite, meu pai cumpre pena em um presídio na cidade onde moramos, e eu uma vez no mês vou visitar ele… Estou estudando para o concurso da policia civil, mas estou com medo de reprovar na investigação social pelo fato de estar visitando meu pai…

    • Saga Policial disse:

      Pode sim, mas depende muito da história completa, da sua relação com seu pai, etc, você vai poder justificar isso também, então não podemos avaliar isso com certeza.

  180. Ana Carla disse:

    Boa tarde ! Vou fazer o concurso da policia militar este ano mas ainda não tenho habilitação. Caso eu passe no concurso posso ser reprovada por não ter a habilitação? Pretendo tirar logo.

  181. Julia disse:

    Olá, eu reprovei o 3º ano do ensino médio que fazia em rede pública, então refiz o 3º em supletivo (particular e reconhecido pelo MEC), sei que não podem me barrar por isso, mas acha que ter concluído o ensino médio assim pode ser ‘mal visto’ pela I.S?

  182. Jorge disse:

    Boa tarde. Tenho uma dívida com a União. A dívida é oriunda de um mestrado que não defendi. Fiz todo o curso. Tirei em todas as disciplinas, publiquei até artigo. No entanto, na hora de defender a dissertação, não defendi (erros da vida). Apaguei tudo, mudei de área, comecei trabalhar com outras coisas. Mas eu recebi bolsa do CNPq por 24 meses. Assim eles me cobram essas bolsas por não ter concluído o mestrado. Assim fiquei com essa divida, entraram com um processo de execução fiscal. Agora vão inserir meu nome no serasa. Pios não tenho dinheiro e nem bens para efetuar o pagamento. Essa situação pode me complicar em prestar concursos públicos e assumir o cargo. Pois minha certidão cível será positiva, dívida com a união e também nome no serasa. A minha área de concentração de estudados são os TRTs, analista judiciário, área administrativa. Estou questionando isso nesse site, foi onde eu encontrei informações mais objetivas e claras sobre o assunto. Obrigado.

  183. Nayara disse:

    Bom dia ! A uns 8 anos atrás trabalhei em uma empresa boa qual eu tinha 19 anos e era meu segundo emprego registrado, porém eu não tinha entendimento sobre não ir mais trabalhar e não caso não voltar para dar baixa na carteira, no qual foi registrado abandono de emprego que segundo a leis trabalhista isso é justa causa, gostaria de saber se na IS eu relatar certo que eu não havia conhecimento na época sobre leis trabalhista e explicar que pratiquei o ato por não saber e justificar sem mentir em nada, tanto que após isso eu trabalhei em outras empresas no qual eu tenho ótimas referências, sei que é um ato de reprova mas a possibilidades de não reprovar quanto ao tempo e também de nunca mais ter praticado ?

  184. André barreto disse:

    Em 2005, aconteceu um problema com a documentação da faculdade e terminei tendo uma pena privativa de direito, indo assinar a cada dois meses a ata na justiça federal . Hj já faz 14 anos e tenho uma vida , sou advogada , e quero prestar concurso para polícia civil, há possibilidade de ser reprovado na is?

  185. Jurema aparecida de oliveira disse:

    Olá boa noite. Pretendo prestar concurso para a PC do RJ. Ocorre que eu tinha conta conjunta com meu marido.. nos não Eramos casados e nem tínhamos união estável. Ele faleceu a dois anos e deixou dívidas nos bancos. Posso ser prejudicada na minha is?

  186. fabricio oliveira disse:

    Fui aprovado no concurso da PM e a próxima fase será a investigação social. O fato de existir processo na vara cível tramitando em meu nome poderá me eliminar?

  187. Amadeo Silvério disse:

    Fui pego na lei seca uns 4 anos atrás,fiz o bafômetro ,minha CNH foi suspensa por 1 ano,fiz a reciclagem,isso pode me prejudicar na IS da PM?

  188. lucas farias maciel disse:

    vou ter minha carteira de motorista suspensa por uma multa grave que outar pessoa cometeu em minha moto,minha pergunta e a seguinte ,apos ser suspendida a carteira e feita novamente,serei reprovado na investigaçao social para cooncurso de policia civil rs ou susepe?

  189. ROBERTO disse:

    BOA NOITE .
    SOU POLICIAL CIVIL E FUI CONDENADO COM TRANSITO EM JULGADO POR ABUSO DE AUTORIDADE A PENA DE MULTA . A PENA DE MULTA ME DEIXARÁ INAPTO NA INVESTIGAÇÃO SOCIAL ?

  190. Marcelo Feitosa disse:

    Boa tarde!
    Estou desempregado e com restrições no Serasa/SPC. Atualmente estou estudando para a PCDF e gostaria de saber se posso ter problemas com isso?

  191. Luana disse:

    Olá… Sou professora e estou concorrendo ao cargo do concurso de professora de Português da prefeitura do Rio mas na última eleição não votei no 2 turno. Ontem, quieto minha dívida com a Justiça eleitoral.
    No Carnaval do Rio de 2018 eu cometi uma infração por urinar na rua e essa multa eu não paguei. Tenho possibilidade de reprovação?

  192. Narciso da silva Cavalcante disse:

    Olá boa tarde, fui preso duas vezes pelo artigo 147 com agravante na lei maria da Penha.estou preste a prestar concurso para a pm de SP isso pode me desclassificar na is obs.fazem apenas um ano que cumpri a pena

  193. Narciso da silva Cavalcante disse:

    Olá boa tarde.fui preso duas vezes pelo artigo 147 com agravante na lei maria da Penha,isso pode me desclassificar na is? Obs:faz apenas 1 ano que cumpri a pena estou preste, a prestar o concurso para a pm de SP,sou de outro estado e não de SP isso irá me impedir de assumir caso eu seja classificado nas etapas

  194. JOANA disse:

    bom dia, fui mandada embora por justa causa em 2015 isso pode me i pedir de passar na PM-DP?

  195. João da silva disse:

    Boa tarde!
    Assinei um artigo como usuário quando tinha 18 anos, cumpri com as medidas, agr com 23 estou estudando para o concurso da PM.
    Isso pode me reprovar na IS devo relatar na ficha ou omitir?

  196. Marcus Santos disse:

    Boa tarde! Em 2008 me envolvi em uma briga e a pessoa envolvida fez um BO contra mim e tivemos uma audiência de conciliação e a pessoa quis continuar com a ação e fui obrigado a comprar algumas cestas básica para uma entidade. A dúvida é. Será que este tipo de problema pode me desclassificar na IS ?

  197. André Barbosa disse:

    Olá, bom dia. Há 10 anos atrás fui envolvido em um processo no qual minha mãe abriu contra mim e contra o meu pai dizendo que nós dois agredimos ela ( coisa que não aconteceu ), mas devido a separação de forma catastrófica dos dois, houve algumas discussões e por precaução na época, ela com medo de algo pior acontecer, preferiu registrar uma queixa contra a gente para nos mantermos afastados dela. Lembro que eu e meu pai fomos “obrigados” a ir no fórum pra assinar um documento de 2 em 2 meses para então ficar claro que “estávamos nos mantendo afastados dela e que estávamos ciente de tudo”. Enfim, uma situação chata que graças a Deus já foi resolvida. Hoje tenho um muito bom relacionamento com ela, na época por infantilidade assumi as dores do meu pai mas em nenhum momento tocamos nela. O processo já foi extinto ou arquivado, já procurei na internet informações sobre e não aparece nada. Gostaria de saber se isso é empecilho no caso da I.S.

    • André Barbosa disse:

      Além do mais .. não existiu condenação, foi só uma medida cautelar da justiça visto que “os ânimos estamos muito exaltados”, o processo já foi instinto, ou seja, arquivado. Tudo já foi encerrado, porém, fica a dúvida ..

    • Saga Policial disse:

      André, pode dar problemas na IS sim, porém, se acontecer isso, você deve relatar o caso para a junta do concurso em questão. Provavelmente devem considerar seu caso como “aprovado”.

  198. Fabricio disse:

    Em 2015 recebi uma execução da faculdade( processo civil).Era uma dívida de 800 reais.Paguei corretamente.E não devo nada.Não tenho restrição cadastral em meu nome.Gostaria de saber se por eu ter sofrido essa execução serei prejudicado na investigação social do concurso PC SP-Escrivão?

  199. José Alves disse:

    Boa tarde, fiz uso de anti-depressivos através do sus por causa do desemprego, isso pode ter influência na IS?

  200. fabricio disse:

    Bom dia!
    não tenho nome com restrição.Mas sofri execução por parte da faculdade por conta de umas mensalidades atrasadas.Eu tinha parado de estudar nessa época.Paguei corretamente conforme solicitado no processo.O fato de eu já ter sofrido execução civel me reprova?

  201. Candidato disse:

    Boa noite, estou prestando um concurso para bombeiro militar e durante uma entrevista médica foi me perguntado se eu já havia tido contato com alguma droga ilícita e eu respondi que havia (cannabis). O fato ocorreu a muito tempo atrás, isso pode causar minha eliminação? Tendo em vista que a entrevista foi com uma médica dos bombeiros e eles fazem toxicológico de longa escala (que o resultado daria negativo, visto que não sou usuário)

    • Saga Policial disse:

      Complicado, hein! Acreditamos que isto depende do relatório da médica aí.

      • Candidato disse:

        Possuo todos os pré requisitos médicos, todos os exames estão normais, no edital não diz nada a respeito disso (que poderia ajudar caso precisasse de recurso) e além disso não era usuário, foi um contato de momento e disse isso em consulta pois foi avisado que “mentir ou omitir informações” poderia resultar na eliminação do candidato, ou seja, segui as exigências de moral e honestidade exigidas na resolução.

  202. JOSE NICOLAS DIOGENES DOS SANTOS disse:

    Estou com um processo trabalhista contra uma empresa privada e um contra o inss.
    Isso me prejudica para entrar na PM-SP

  203. Narciso disse:

    Boa noite fui preso duas vezes pelo artigo 147 ameaça paguei pena e tudo mais,puxei os antecedentes é todos eles apareceu nada consta inclusive no federal irei prestar concurso para a pm isso pode me prejudicar na is?

  204. Rafael disse:

    Eu era praticamente alcoolatra, bebia todos os dias e os porteiros me do meu predio me viam chegando com garrafa de bebida todos os dias, nunca causei confusão por conta disso. Hoje em dia eu to há quase 1 ano sem beber e nao pretendo voltar, quero prestar pra PM, será que isso me reprovaria?

  205. Cilene disse:

    Ola, tudo bem?
    Meu esposo comprou um carro e colocou o recibo em meu nome mas não fez a documentação do carro, levou uma multa gravíssima, o antigo dono do carro fex alguma coisa e passou a multa para a minha chn, agora estou tentando arrumar a cnh por que esta suspensa e o carro esta bloqueado.Terei problemas quanto a isso quando prestar o concurso para policia civil?
    E tenho o nome restrito, por emprestimos que não consegui pagar por que fiquei desempregada.

  206. Vanessa disse:

    Boa Tarde! Meu filho estuda para polícia militar de Santa Catarina, tem uma vida limpa, nunca se envolveu com nada. Ocorre que o pai dele já teve condenação pelo crime de tráfico. Meu filho não mora com o pai, mora com a avó materna e não tem culpa das ações do pai. Será que ele consegue entrar?

  207. Maju disse:

    Boa noite!

    Estudo para área policial há dois anos, porém nesse meio tempo um primo de segundo grau foi preso por tráfico e nesse tempo minha tia (mãe dele) ficou doente e acabou falecendo. Acabei me comovendo pois o pai dele não se preocupava e fui visitar ele, mas como prima o JUIZ talvez não liberasse, então resolvi fazer UNIÃO ESTÁVEL e fui visitar ele. Agora estou preocupada e arrependida, pois penso que por este motivo eu posso reprovar na IS. Desanimo sempre na hora de estudar… Por favor, continuo estudando ou meu sonho foi por água a baixo???

    Obg!

  208. Maria Gabii disse:

    Oi, estudo para PC e o pai do Meu filho já teve passagem pela polícia quando não estávamos juntos e é usuário de drogas (motivo do termino), agora não temos contato além do filho, isso implica na Investigação Social?

  209. vilma disse:

    Oi, visitar familiar preso por tráfico implica?

  210. Romário mello disse:

    Olá, boa tarde eu trabalho no transporte de coletivo levei uma multa gravíssima por manusear aparelho celular sendo que não estava com o carro em movimento mais peguei o aparelho de um de meus clientes para ajudá-lo em uma informação que o mesmo me perguntou essa informação vindo assim sendo autuado pelo PM RJ . Queria saber se isso implicará na investigação social .

  211. Willian rios disse:

    Ola bom dia ? Sou estudande de direito , porem a um ano atraz tive problema com a justiça no crime das armas,fui preso por posse de arma de fogo.Minha pena foi substituida por serviço comunitario, onde ja estou pagando. Acha que posso ter algum problema mais pra frente caso eu faça algum concurso?

  212. Willian rios disse:

    Ola bom dia ? Sou estudande de direito , porem a um ano atraz tive problema com a justiça no crime das armas,fui preso por posse de arma de fogo.Minha pena foi substituida por serviço comunitario, onde ja estou pagando. Acha que posso ter algum problema mais pra frente caso eu faça algum concurso??

  213. Alex disse:

    Olá!

    Fui aprovado no último concurso público para a PC do meu estado e desde o dia que entreguei a declaração sobre minha vida pregressa tomei conhecimento de algumas coisas que não declarei e podem me prejudicar. Ainda não comecei a academia e pela minha classificação é provável que me chamem em 1 ou 2 anos, no entanto gostaria de saber se até lá devo retificar as informações que anteriormente eu não sabia.

    1º) Descobri que meu pai foi indiciado por lesão corporal culposa em 2006 e em 2000 respondeu um inquérito de violência doméstica contra uma ex-namorada sua, sendo ambos os inquéritos arquivados sem condenação. Por ter pouco contato com meu pai não sabia desses processos e quando consultei sua ficha criminal no site do TJ não apareceu nada em seu nome;

    2º) Durante as entrevistas com o psicólogo e o psiquiatra quando questionado se algum parente meu sofria problemas psicológicos afirmei que não. Só que meu pai tem diagnóstico médico de esquizofrenia, inclusive com processo judicial de interdição e com histórico de diversas internações em hospitais psiquiátricos, porém por não ter contato com ele também não sabia disso. Ainda, nesse ano o meu pai desapareceu e ninguém da minha família tem notícia dele e por essa razão abri um BO na delegacia relatando o seu desaparecimento. Na ocorrência está descrito os seus problemas psicológicos. Minha dúvida é como poderei retificar essa informação da doença do meu pai que omiti durante os testes psicológicos e se esse fato poderia me prejudicar na IS.

    Se puder me responder, desde já agradeço!

    • Saga Policial disse:

      Alex, procure o setor de IS na instituição policial e peça para fazer uma INCLUSÃO de novas informações. esclareça que você apenas soube desses fatos após a entrega dos questionários. É melhor. Sucesso!

  214. Tereza disse:

    Olá, estou estudando para o concurso da PC RJ, tenho uma empresa (está em processo de fechamento) e pelas.dificuldades financeiras não consegui arcar com as dívidas trabalhistas e os funcionários ingressaram com ação contra empresa na justiça do trabalho, posso ser eliminada caso preste concurso e chegue nessa etapa?

  215. Oliveira disse:

    Saudações.
    Estou realizando um concurso da policia civil do ES, a primeira fase foi realizada, ainda há outras fases, porém estou com dúvidas em relação ao preenchimento da FIC. No modelo que eles disponibilizam no site da banca consta a seguinte pergunta:
    “Em relação a seus familiares (pais, irmãos, cunhados, tios, etc…), alguém já foi detido ou preso, respondeu ou responde a Inquérito policial e/ou Processo Criminal, nas Justiças Estaduais ou na Justiça Federal?”

    Que eu sei, eu tenho um primo que foi condenado por tráfico de drogas, mencionarei esse fato sem qualquer problemas, o meu problema é em relação a totalidade dos familiares, meu pai possui 6 irmãos no total, minha mãe 3, eu praticamente não tenho contato com 90% deles e não tenho a mínima ideia se eles já responderam a qualquer dos procedimentos citados na FIC.

    Na fic só há as opções sim ou não, como acham que devo responder, sim e informar somente o processo desse primo?

    • Saga Policial disse:

      Correto Oliveira, informe somente o que você tem conhecimento e deixe claro que não tem contato com esses outros familiares. Sucesso!!

  216. Oliveira disse:

    Saudações.
    Estou realizando o concurso da polícia civil do ES para o cargo de investigador, ainda há diversas fases até a investigação social, porém estou com uma dúvida enorme em relação ao preenchimento da FIC, no modelo disponibilizado pelo site da banca consta a seguinte pergunta:

    “Em relação a seus familiares (pais, irmãos, cunhados, tios, etc…), alguém já foi detido ou preso, respondeu ou responde a Inquérito policial e/ou Processo Criminal, nas Justiças Estaduais ou na Justiça Federal? SIM NÃO
    Em caso positivo, indique o local, a data e o motivo (n.º do Inquérito, do Processo, Vara Cri- minal, Vara Cível, Tribunal, etc)”

    Que eu sei, tenho um primo que foi condenado por tráfico de drogas em 2017, creio que devo mencionar esse fato (tenho até o número do processo já) sem maiores problemas, ocorre estou perdido em relação a integralidade dos familiares, meu pai possui no total 6 irmãos, minha mãe 3 (de outros Estados), alguns casados, todos com filhos, não possuo contato com 90% deles, ou seja, não tenho a mínima ideia e informações sobre a existência dos procedimentos perguntados, a família desse primo condenado é a que possuo maior contato.

    Há ainda meus cunhados que não tenho muito contato (tenho 3 irmãs, sendo 1 casada e as outras 2 com união estável).

    Não há a possibilidade de dizer que desconheço as informações referentes aos procedimentos mencionados na pergunta, como acham que devo responder a pergunta da FIC?

  217. CLAUDIA MARIA DE JESUS disse:

    Ola.Gostaria de saber sobre as investigacoes escolares.Como procede? O que é investigado de fato sobre o ambiente escolar?

  218. Daniel disse:

    Moro em área de risco, eu posso fazer a prova para o cargo de técnico de necropsia da polícia civil do RJ.

  219. VINICIUS MARTINS DE LIMA NASCIMENTO disse:

    Olá Saga Policial, Estou prestando concurso o para PCERJ, tenho uma ação trabalhista contra uma empresa que trabalhei e uma uma civil por batida de carro, bati na traseira de um veiculo ação está que está sendo julgada, gostaria de saber se implica caso eu seja aprovado .. e se condenado na ação civil…

    Edital de 2012..: Não ter sofrido execução judicial, bem como não ter sido condenado em ações cíveis desabonadoras, observada a contumácia e as razões do inadimplemento da dívida;

  220. Roger disse:

    Ter o nome protestado na justiça por inadimplência de contrato de aluguel dá problema?

  221. Fábio disse:

    Estou aprovado no concurso da PRF, porém omiti um endereço em que eu residia por desatenção. O prazo para preenchimento da IS já se esgotou, porém está aberto para colocar eventual fato desconhecido ou novo. Atualizei a IS com o endereço faltante. Sabe me informar se terei algum problema? Muito obrigado!

  222. Larissa Liberato disse:

    Olá boa noite por favor uma dúvida ter cumprido cassação de 2 anos da CNH e ter um histórico de 198 pontos causa a reprova na IS?

  223. Mayara disse:

    Ha 9 anos, fui mandada embora por justa causa e fui chamada para dar explicações na Polícia civil. Por falta de provas e por eu não ter nada com isso, o processo foi arquivado e a empresa faliu. Devo falar isso na IS? Me trará problemas?

  224. Hiago disse:

    Olá, gostaria de saber se posso ingressar na polícia federal mesmo tendo um pai que está envolvido com assalto a banco (ele está cumprindo pena em um presídio federal). Tive contato com meu pai só até os 3 anos de idade e fazer parte da polícia federal é meu grande sonho.
    Obs: eu nunca tive problemas com a justiça

  225. Fernando disse:

    Olá, em 2014 fui pego na Lei Seca assoprei o bafômetros, paguei fiança no flagrante foi instaurado inquérito e o MP propôs o SURSIS paguei multa, 2 anos assinando no Fórum e após a Extinção da Punibilidade e do processo.
    Estou estudando pra Polícia Civil de SP. Isso vai me reprovar na IS?

    Estou tenso família toda PC de SP, mas se isso for problema irei mudar o foco dos concursos.

  226. Cleriston Rosa de Morais disse:

    Estou estudando pra concurso da PC, há 2 anos atrás sofri um processo por agressão da ex. Teve audiência no Fórum e confirmado que ela inventou pra me prejudicar.
    Isso pode me comprometer na IS?

  227. ANTONIO CLAUDIO disse:

    O Fato de possuir LEGALMENTE uma arma de fogo pode tornar duvidosa a idoneidade moral na investigação social? posso ser eliminado?

  228. Glaucia disse:

    Olá, já tive uma empresa na qual eu era sócia e administradora (há mais de 6 anos atrás), e devido a falência da empresa, ficaram alguns débitos de impostos, dividas trabalhistas, e ficaram restrição no meu nome na certidão de ações civis e protesto de títulos, ambas declarações são pedidas no edital da PC-DF, quero saber se essas pendências no meu nome são impeditivos para o concurso??

  229. Fabricio Hygno Siqueira Barbosa disse:

    Quando o candidato vai preso por brigar em festas corre o risco de ser reprovado na investigação social? E como saber se tal desordem está registrado na delegacia?

    • Saga Policial disse:

      Reprovado de pronto não…mas você deve precisar se explicar na IS sobre o caso…
      Todos os registros ficam arquivados na polícia e podem ser acessados a qualquer tempo…

  230. Luiz disse:

    Olá, nome sujo no fies, me impede de prestar concurso pra PRF?

  231. Alberto Leon de oliveira disse:

    Olá boa noite . Tenho um processo arquivado por falte de pagamento de aluguel por desemprego a uns 4anos atrás.. e vou prestar um concurso pra polícia militar, e , o segundo fato meu nome está no SPC por desemprego . Se eu passar nas etapas do concurso ,esses problemas podem me eliminar…. Por favor me responda… Desde já obrigado.

    • Saga Policial disse:

      Concurso PM são rígidos e você terá que explicar isso. Não será eliminado de pronto, essa eliminação é apenas uma probabilidade.
      Vai dar certo, continue!!!

  232. Anna disse:

    Bom dia! Tenho 21 anos de idade e estou estudando para prestar concurso público para a PMESP. Ocorre que em 2013, ainda menor de idade, me relacionei com um rapaz, fiquei grávida e no ano seguinte, antes que meu filho nascesse, rompemos a relação, pois minha mãe desaprovava o namoro. Apesar de trabalhar já muito nova e estar grávida, nunca consegui desacatar meus pais. Desde então sei pouquíssimo sobre a vida desse rapaz… Certo dia resolvi procurar saber se ele tinha algum problema com a justiça e achei um processo de 2016. Mandei uma mensagem para a mãe dele através de uma rede social, e ela me disse que ele havia tentado quebrar uma viatura e que estava usando drogas. Ele aparece pra ver meu filho uma vez no ano…

    De 2015 para 2016, namorei um rapaz mais velho, ficamos juntos por um tempo. Em 2017 fiquei grávida novamente e tivemos uma filha. Nos separamos poucos meses após o nascimento de nossa filha nos separamos. E decidimos que por questões de instabilidade e insegurança da minha parte em cuidar de duas crianças e ainda assim conseguir trabalhar, a menina ficaria com ele, pois sua mãe o ajudaria, me prontifiquei a ajudar financeiramente, ele se recusou a aceitar o dinheiro. No início foi muito difícil mas acabei acostumando. Algum tempo depois, ele reatou com a ex mulher, e a partir daí ele começou a me evitar. Eu ia na casa em que ele morava com a mãe, quando me atendiam, diziam que ele não estava. Nunca procurei brigar com eles, queria ter uma boa relação por conta da minha filha. Passei a vê-la pouquíssimas vezes até que chegou o dia que não a vi mais, apenas por fotos e vídeos que ele manda para uma cunhada minha, pois a mulher não o deixa ter contato comigo (estão morando atualmente no Rio de janeiro mas não tenho o endereço certo). Infelizmente, hoje ela já tem dois anos e eu não sinto o que deveria sentir por ela, não sinto por ela o amor que sinto por meu filho e sinto vergonha por ter deixado isso acontecer, sinto vergonha de ir atrás dela e não poder ajudar financeiramente como deveria.

    Sempre fui muito esforçada e nunca infringi nenhuma lei, nunca se quer entrei numa delegacia. Nunca briguei na escola, no trabalho ou na rua, nunca fui à diretoria ou chamada no rh por alguma anormalidade em meu comportamento ou em relação ao trabalho. Não tenho amigos ou colegas usuários de drogas ou que de alguma forma se envolveu ou se envolve em coisas erradas. Sempre tratei todos com muita educação e mesmo os que me desagradam, simplesmente corto relações.
    Terminei o ensino médio e agora estudo para ingressar na profissão que tanto sonho.

    A questão é: devo mencionar sobre minha filha que não mora comigo na IS mesmo não sabendo o endereço do pai dela? Lembrando que não mudei meu endereço e já procurei saber, não corre nenhum processo em meu nome, o único endereço que tenho dele, já não é mais onde reside. É meu sonho servir a Polícia Militar e não vou mentir, é também minha chance de alcançar minha estabilidade, pois me considero muito profissional, assim, conseguiria reunir minha família. Gostaria que me ajudassem a como proceder diante da minha situação.

    Desde já, agradeço a atenção.

  233. Alexsandro disse:

    Boa tarde
    fui aprovado na policia militar de SP, mas estou com o nome sujo no SPC/SERASA, isso vai me reprovar na IS ?
    obs: Sou militar (CB Do exercito a 4 anos)
    O MOTIVO DAS DIVIDAS É COM O FIES E compra de alguns livros.

  234. Suellen disse:

    Estou Pra fazer o concurso da pm SP, porém estou pm dívida no spc e Infelizmente a dívida é um pouco alta, pelo banco do Itaú e deixei de pagar pois estou desempregada

  235. Lucas disse:

    Fui acusado de estupro de vulnerável, vi diversas decisões do STF dizendo que não podem barrar pelo princípio da presunção de inocência e condenação antecipada.
    Estou prestando concurso pra PCDF, acha que eles podem me barrar?
    E caso eu seja absolvido antes, também acha que podem me barrar?

    • Saga Policial disse:

      Lucas, a IS não se retém em apenas um fato.
      Ela investiga sua vida pregressa, portanto, o fato de ser absolvido não significa que você vai ser aprovado.
      Com a informação que você passou não podemos dizer o que achamos se será apto ou não.

  236. Rafael disse:

    Boa noite eu estou amasiado e nao tenho contrato dw uniao estavel e estou na is da pm de sp eh obrigatorio este documento?obrigado.

  237. jefferson disse:

    boa noite estou estudando para o concurso da marinha, porem a um ano fui pego na blitz por nao ter cnh e estar dirigindo, corro o risco de ser eliminado do concurso caso eu passe ?

  238. NIVALDO MENDES DA SILVA disse:

    Boa noite, estou estudando pra Polícia Legislativa, porém uma Universidade particular da minha cidade entrou com uma ação contra mim por dever um semestre que não conseguir pagar, o processo foi arquivado por 1 ano isso pode me prejudicar na investigação social? No edital fala que não pode ter restrições morais, civis ou criminais nos últimos 5 anos.

  239. Clerisson Pinheiro santos disse:

    Olá muito bom o seu texto e me tirou vairas duvidas. estudando para o próximo concurso da PC sair, porém tenho uma dúvida, meu irmão foi preso duas vezes por roubo e também éra usuário de drogas. Corro risco de ser reprovado por isso

  240. fabio disse:

    Olá, na copa de 2014 acabei bebendo um copo de cerveja e fui pego na lei seca. Nunca recebi a multa nem a pontuação por esta infração. Estou estudando para Delegado Civil, posso ter algum impedimento quanto à investigação social?

  241. Glauber disse:

    Olá,bom dia. Além de estar com o nome restrito por está desempregado, eu já baixei filmes e músicas pela internet. Acha que é um problema na Investigação Social da PF e da PRF? Obrigado.

  242. R R Rocha disse:

    Boa tarde. Preenchi minha FIP (ficha de informacoes pessoais) na prf em marco. La perguntava se algum parente de 2 grau havia respondido algum processo na justica ou inquerito. entrevistei na epoca todos meus irmaos, e todos falaram que nnunca responderam nada. Dai coloquei “Nao” na resposta. Tive que entrevista-los porque nao tenho convivencia com eles. Sou casado e moro em casa diversa deles, mal tenho contato. Dai passado 2 meses meu irmao disse para eu ver uns papeis de um processo dele. Era um TCO por desacato que ele tinha respondido em 2016. No momento em que ele me informou atualizei minha FIP, como manda o edital, pois o fato era desconhecido por mim ate aquele momento. Meu questionamento eh: Eles podem querer encrencar com isso?! Pois, eu nao tinha conhecimento do fato, inclusive fui diligente em ir atras das pessoas (parentes de 2 grau) para questiona-las acerca dos fatos. Obrigado.

  243. Nana disse:

    boa noite! estou estudando para polícia civil e a uns 14 anos atrás namorei um rapaz q foi preso e eu o visitei, terminamos ele ja é falecido a 12 anos, nunca fiz nada de ilícito será q isso pode me prejudicar.

  244. fabricio disse:

    Tenho um tio que está preso, acusado de PENAL > Crimes contra a Dignidade Sexual > Estupro de vulnerável.Faz muitos anos que não tenho contato com ele.As vezes se eu o ver na rua, eu o cumprimento.Ele nunca veio na minha casa.Isso pode me prejudicar na Investigação social PC-SP investigador?

  245. Alberto disse:

    Estou estudando para a prova da PCRJ. Minha ex esposa fez um BO (por ameaça) na tentativa de me prejudicar, durante a separação. Porém ela se concientizou (na verdade eu fui o agredido, com testemunhas presentes) e na mesma semana foi na delegacia para retirar a queixa, porém fomos fomos informados q isso só ocorrerá na audiência de conciliação. Isso ode me prejudicar na IS?

  246. Junior disse:

    Bom dia, em 2011, 8 anos atrás, eu tive uma suspensão da cnh por um ano, cumprida de jun/2013 a jun/2014 por recusa ao teste do bafômetro e já encerrado. Isso fará eu reprovar na IS da PRF? Obrigado.

  247. Jane disse:

    Gostaria de prestar concurso para a PCRJ, porém a localidade a qual resido é no Rio de Janeiro e dominada pelo tráfico de drogas. Essa questão de alguma forma pode me prejudicar em uma Pesquisa Social ??????

  248. lucimara disse:

    Bom dia!
    Estou estudando para a PC/SP. Porém tenho dúvidas quanto à investigação social. Fui namorada de um rapaz que tinha passagem pela polícia até foi preso, na época eu tinha apenas 14 anos, com 15 anos fiquei grávida e fui morar com ele porem não casei tive mais um filho com ele, quando o segundo filho completou 2 anos me separei por não aguentar mais aquela vida pq ele era usuário de drogas e eu não queria que meus filhos convivessem naquele meio. Fiquei um ano sozinha e me casei oficialmente com um rapaz muito bom de conduta irrepreensível inclusive é funcionário do Estado. O pai dos meus filhos nunca ajudou em nada e o contato é mínimo. Isso pode me prejudicar, pq pelo que eu sei hoje em dia ele é viciado em crack e tem mais passagens pela polícia.
    E outra duvida é quanto a minha paternidade. Eu sou registrada no nome de um homem que não é meu pai que foi o primeiro marido de minha mãe e pelo que eu procurei saber ele já teve passagens inclusive foi preso e tem filhos presos por tráfico de drogas e homicídio. Será que convém eu entrar com uma ação para retirar o nome dele de minha certidão de nascimento?

  249. RAY disse:

    Boa tarde!

    Passei no concurso da PMSC , estou com o nome sujo devido a dividas com cartão de crédito, cheque especial e empréstimo (SPC E SERASA). Certidao de protesto está ok.
    Estou desempregado desde 03/2019 e este é o motivo da minha inadimplência. Posso reprovar na Investigação social por conta disso? Se sim o que posso fazer para conseguir minha aprovação. ? Minha divida é um pouco alta e pelo o parcelamento ser em poucas vezes fica complicado a regularização. Antes de 03/2019 nunca tive problemas com SPC /SERASA.

  250. Paola disse:

    Em 2013 uma vizinha fez um BO contra mim porque xinguei a filha dela que na época era menor de idade.

    Caso eu passe num concurso pra área policial terá algum problema?

  251. João Victor disse:

    Olá!
    Tenho 18 anos e durante meu período escolar sempre fui um aluno zueiro (conversava em aula, nao fazia liçao e faltava). Mas nunca tive problemas com brigas e desacato, tanto que no meu último ano tive pouquíssimos registros pedagógicos (em relação a material) e 0 disciplinares. Além do mais, neste mesmo ano tive ótimas notas. Estes motivos podem me dar problemas na IS da PMESP? Acham que podem “perdoar” esse passado? Obrigado!

  252. Silas Venancio da veiga disse:

    emprestei meu cpf para minha irma abrir um cnpj aos meus 18, como to nas etapas do concurso negociei todas os impostos do cnpj e dei baixa, descobri ainda q existe uma divida alta do alvara de funcionamento o qual tambem realizei a negociacao.
    porem foi tantas dividas que descobri recentemente nao estou dando conta de pagar, tanto q atrasou ate meu aluguel. to sem saber oq fazer pode me ajudar

  253. ANDRÉ disse:

    Boa noite, no concurso policial na fase da investigação social, investiga as redes sociais do candidato como Facebook, instagram e whatsapp??

  254. Jorge disse:

    Quem já teve condenação pode prestar concurso para polícia civil,mesmo estando morando em outro estado e tendo 20 anos que o fato aconteceu.

  255. Luiz disse:

    Olá! Boa tarde. Obrigado pela atenção.
    Deixa eu te perguntar, tenho 38 anos hoje; quando tinha 20 anos assinei o artigo 16 por porte de entorpecentes. Esse antecedente me reprovar no concurso da polícia civil? Tenho família e uma vida bem diferente hoje,mas,esse passado me assombra até hoje. Só assinei, não tive nenhuma condenação. Obrigado!

  256. Cristiano disse:

    Olá, bom dia, tudo bem?
    Fui aprovado no concurso da PM /SC o preenchimento do Quis social já foi feito e o prazo já passou, no quis dizia se algum parente já respondeu ou responde por algum IP ou processo, eu disse que NÃO. Porém, esta semana descubro que em 2008 meu pai havia respondido por um processo do art. 334 (descaminho) fato este que ele nunca havia comentado. Se for pelo edital, eu menti e omiti esta informação. Será que posso ser reprovado do certame? Grato pela atenção.

  257. J. CARLOS disse:

    Olá. Boa tarde. Gostaria de tirar uma dúvida. Fiz uso de drogas a 2 anos e por este motivo me submeti a uma internação para tratamento. Atualmente sou policial militar. Fiz uso depois que entrei pra Polícia. Agora estou preocupado com Fase de Investigação social para concurso de Oficial PM. Posso ser reprovado ?
    Estou estudando tbm para concurso de delegado. Porém estou com muitas dúvidas se vou conseguir passar na Investigação por esse motivo do passado

  258. Antonio José Silva dos santos disse:

    Meu

  259. Antonio José Silva dos santos disse:

    Nome no Spc e serasa reprova curso policia milita

  260. Antonio José Silva dos santos disse:

    Nome sujo spc reprova curso pm

  261. Paulo Marcos disse:

    Boa noite , comecei a estudar para o concurso da prf , nunca tive problema com a justiça mas meu nome ta negativado devido ao cheque q eu emprestei e bateu sem fundo pq a pessoa n compriu com o combinando ai meu nome ta sujo sera q tenho algum problema ? E a uns 8 anos a atras mataram um colega do meu lado e acabei sendo atingido de raspão, fui a delegacia so para prestar depoimento sera q isso tbm implica?

  262. William W. Torres disse:

    Boa noite!!!
    A investigação social busca dados do candidato a partir de qual idade?
    Outra questão, ja me envolvi em briga com um antigo visinho. Na ocasião, fizuma denuncia na delegacia, fiz um boletim de ocorrência e exame de corpo de delito. No processo eu estava como vítima. A pergunta é: isso pode ser motivo de reprovação?

  263. Brenda disse:

    Bom dia. Quem mora em comunidade pode prestar concurso para Polícia?

  264. KAIQUE SANTIAGO disse:

    Olá! O meu nome foi pro SPC, por causa de que fiquei devendo um semestre na faculdade particular. Isso pode me atrapalhar?
    Tive um veiculo rebocado, com a documentação atrasada (mas, o veiculo estava no nome do antigo dono) ele foi a leilão. Posso ter restrições?
    Observação: prestar concurso pra PMMG

  265. RAFA disse:

    Olá td bem?
    Sou servidor público e estou pra tirar licença por interesses particulares, não é o emprego q quero e tirarei uns meses pra estudar somente, ficou pesado trabalhar insatisfeito e vida de concurseiro, tive até problemas com ansiesade.
    Lá no serviço tem a possibilidade de tirar a licença para tratamento da propria saúde, lógico, passando por psiquiatra etc.
    A minha dúvida é, uma licenca para tratamento da propria saúde pode prejudicar na IS ?
    Imagino q é algo q eu tenho q informar na FIC né? Eu acabaria informando se perguntarem.
    A intenção é prestar PF.

  266. rodrigo disse:

    fui pego numa blitz da lei seca 165 a do ctb recusar o teste do bafomentro! presto concurso p delegado civil no edital fala em possuir habilitação b ! a pena e suspenção de um ano da habilitacao ! na investigação social vou ter problemas ?caso eu compra desde logo a suspensão futuramente vou ter problema? não começou nem o prazo da defesa preveia

  267. rodrigo disse:

    165 a do ctb recusar a fazer o teste de alcoolemia ! prejudica a investigação social para concurso da policia civil ? depois da confirmicao do stj afirmando q e valido o art 165 do ctb! suspensão da cnh por um ano

  268. rodrigo disse:

    se poder pode me responder por email

  269. Jose cicero dos santos silva disse:

    Ola qual e o Email de voces para tirar duvidas?

  270. MARRELLI disse:

    boa noite fui reprovado na investigação social no concurso de agepen MT por que na data da inscrição não tinha 21 anos, mas no momento da posse ja estaria mais velho, aliás na etapa da investigação social ja tenho 21 anos, cabe recurso ? obs: ainda estou dentro do prazo

  271. Felippe pereira disse:

    Posso ser reprovado por ser morador de favela ?

  272. SOUSA disse:

    Boa noite, sou ex-servidor municipal e passei em outro concurso a nível estadual. Foi aberta uma sindicância para apurar como fiz o curso de Formação ainda naquela instituição. A sindicância foi terminada e estabeleceram um PAD com o intuito de me manterem na instituição, sem que eu pudesse tomar posso no outro concurso. Pedi exoneração antes de gerarem o PAD, pois o objeto do processo foram 10 faltas em dias longe um do outro que a adm do meu setor colocou, com o intuito de terminar o CFP do outro concurso, porém tudo foi feito de boa-fé com o aval do comandante do meu pelotão, aí vai a pergunta: serei prejudicado em concursos vindouros, como os de delegado, prf ou pf na fase da investigação social?

  273. Débora disse:

    Boa noite! Estou estudando Biomedicina pra concurso da perícia criminal. Porém tenho medo de não passar IS devido meu pai ter sido preso por associação ao tráfico a 15 anos atrás.

  274. Alvorada disse:

    Olá queria tira uma dúvida, fui levado até a delegacia por desacato duas vezes já só que tive meu processo arquivado. Também fui levado por causa de amigo meu ele tava com um baseado de maconha e min levarão deu t.c.o como vício, Mais novamente foi arquivado esse processo . Posso presta concurso da PM ce?

  275. Trator disse:

    Eu tenho 4 irmãos preso , 3 são meus irmãos por parte de pai e mãe e 1 é apenas por parte de pai ! Em uma ocasião quando um deles foi preso por pressão da família fiz carteirinha isso a 7 anos atrás nunca fui buscar e nem nunca fiz visita a nenhum deles . Isso pode me prejudicar na prova para a policia civil ?

  276. cristiano ferreira disse:

    Ola bom dia,pretendo prestar concurso publico da pc rj,pois a 10 anos atras uma ex inconformada com a separaçao quiz me prejudicar dando queixa contra minha pessoa na audiencia de consiliaçao o moça disse q a juiza dinha estipulado q eu prestac serviço comunitario assim fiz,tenho mais 2 bos por ameaça q nunca foram para frente e ja faz bastante tempo isso pode me reprovar na is?

  277. Bruna disse:

    Boa noite!
    Quando eu tinha 14 anos tive uma briga a qual foi agressão dolosa, fui para o fórum e a promotora me deu uma advertência verbal e ali se encerrou o caso. Posso reprovar por isso?
    E também no formulário pedia certidão de objeto e pé para processos que tramitam em segredo de justiça ou que já estão arquivados em segredo de justiça, porém eu não sei se o meu é segredo de justiça por ser menor de idade, eu não entreguei essa certidão de objeto e pé. Posso reprovar por isso também?

  278. D. Andrade disse:

    Olá se eu tiver o carro de outra pessoa no meu nome, só q regularizado, será que vou ter problemas na investigação social?

  279. Julio Casagrande disse:

    Boa Tarde. Primeiramente Obrigado por exclarecer diversas dúvidas de pessoas.
    Há uns 5 anos atras cometi a BURRICE de pegar um pouco de maconha com um colega de trabalho, nunca havia fumado e nunca passei por nenhum orgão pocial em relação ha algum tipo de conduta. Pois cometi essa Burrice e assinei o TCO, e fiz tudo como o pedido e o correto, e expliquei para o forum que nao era usuário e cometi aquele erro idiota! Nao paguei servic com. e nem cesta básica. Estou a um Bom tempo estudando para PM/PR e tenho a dúvida se no IS pode me reprovar.
    Nunca mais nem cheguei perto disso, e tenho minha pequena empresa de areia e pedra, mas quero comprir meu sonho de entrar na PM/PR, e mudar totalmente de área Profissional! Por Amor e Vocação!

  280. Keytt disse:

    Fui aprovada num concurso para agente prisional, e no questionário de is perguntaram sobre cheques devolvidos. Já tive problemas com isso e empréstimo no BB mas as dividas saíram do cadastro devido ao tempo.
    Devo colocar isso na resposta? Isso pode me eliminar?

  281. Maria Eduarda disse:

    Olá, pretendo prestar concurso para a PF assim que eu terminar a faculdade de direito porém tenho uma dúvida, quando eu nasci meu pai biológico estava preso e duas semanas depois minha mãe biológica também foi presa, ambos por tráfico de drogas, como eu era um bebê fui adotada em pouco tempo, meu pai ainda está preso, só tive contato com ele quando eu tinha uns 10 anos por poucas vezes e nunca tive contato com a minha mãe. Será que isso pode pesar na hora da avaliação social? Apesar de eles serem estranhos pra mim ainda são meus pais biológicos, isso pode me prejudicar?

  282. Alan disse:

    Olá, pretendl realizar prova da pmesp futuramente, quando adolescente no 8°Ano acabei me envolvendo em uma briga com um colega de sala, isso poderia me prejudicar?

  283. Christian disse:

    Bom dia,

    Por favor, preciso de ajuda.

    Fui aprovado na PM SP e tenho uma dívida com minha faculdade, sempre tentei acordos que coubessem em meu bolso e eles não aceitam até hoje, ja estão até com processo na área cívil contra mim. O que eu ganho hoje consigo apenas sobreviver, o concurso público além de um sonho vai ser uma forma de quitar essa dívida. Queria saber que caminhos devo seguir para não ser reprovado na investigação Social?

  284. MFV disse:

    Eu fui parado em uma blitz da lei seca em 2014 e me recusei a assoprar o bafômetro.
    depois de todos os recursos contra a suspensão da CNH o processo foi prescrito, por prescrição intercorrente (3 anos parado).

    isso pode me reprovar na investigação social para polícia civil do DF ?

  285. Amauri disse:

    Boa Tarde,

    Tenho uma dúvida, pretendo fazer o concurso para PC_PR e estou com dúvida na IS..

    *Fui preso por depredação de patrimônio Público, paguei fiança e o processo foi arquivado por falta de prova ( consegui provar que não foi eu)
    *Uma Ex, com o objetivo de me prejudicar abriu um BO por agressão, mas 2 dias depois retirou a queixa.
    *Paguei multa por pertubação ao sossego.
    * Fui pego andando com a Habilitação Suspensa.

    Hoje sou servidor público Federal, UFPR.. tirei os antecedentes e não constou nada, porém esses fatores podem me prejudicar??

  286. fernanda disse:

    Boa Tarde,

    Tenho uma dúvida, pretendo fazer o concurso para PC_PR e estou com dúvida na IS..

    *Fui preso por depredação de patrimônio Público, paguei fiança e o processo foi arquivado por falta de prova ( consegui provar que não foi eu)
    *Uma Ex, com o objetivo de me prejudicar abriu um BO por agressão, mas 2 dias depois retirou a queixa.
    *Paguei multa por pertubação ao sossego.
    * Fui pego andando com a Habilitação Suspensa.

    Hoje sou servidor público Federal,.. tirei os antecedentes e não constou nada, porém esses fatores podem me prejudicar??

  287. Jefferson disse:

    Ola. Irei prestar para policia civil. Sei que no documentos da pesquisa social pede os boltins de ocorrencia contra mim. Porem seu sei que tem mae nao sei as datas.. oq tenho e bo por ameacas feito por parte de ex namorada. Mas nenhum foi levado a diante. E isso se faz alguns anos. 5 6 anos. Outro foi que fui preso por posse de maconha a 8 anos atras a qual ja nao faco uso a anos. Gostaria de saber se isso vai me afetar de ir pra proxima faze apesar de nao ter nada criminalmente em meu nome.

  288. Christoffer de Souza Lima disse:

    Vou prestar concurso para Guarda Municipal. Porém quando menor de idade (16 anos) fui a polícia civil e depois ao fórum, mas simplesmente dar depoimento, ou seja como testemunha de um fato que aconteceu e presenciei. Isso pode me reprovar na investigação, é decorrer de nome sujo ?

  289. Igor Ribeiro disse:

    Boa noite!
    Tive um patrão (da piores pessoas possíveis de se trabalhar) e esse cara conseguiu me mandar embora por justa causa, isso pode interferir?

  290. Rodrigo Gonçalves disse:

    No meu segundo emprego fui demitido por justa causa por desidia em 8 meses de trabalho tive 19 faltas não seguidas foram entre janeiro e fevereiro tive 3 advertências e 1 suspensão de um dia fui trabalhar normalmente como combinado em pedir conta e mentiram me dando a justa causa tinha ótimos elogios publicados no livro e participado de seleções internas e tinha sido promovido a outro setor me mandaram embora e não me deram o exame demissional oque fazer pra reverter essa justa causa justa causa reprovam na IS da polícia?

  291. Miliane Oliveira disse:

    Bom día meu namorado está prestando concurso pra policía.Ele quer entrar com uma açao contra a ex enamorada por guarda compartilhada do filho deles .Isso atrapalha ele em alguna coisa ?

  292. Rian disse:

    Oi. Estou estudando para agente da Polícia Federal. Ocorre que em 2018 fui internado em uma clínica psiquiatra VOLUNTARIAMENTE. Razões de estresse. Ocorre que no prontuário (não fiquei nem 8 dias) o psiquiatra colocou no diagnótico principal que sou bipolar. Achei estranho, porque é um diagnóstico que leva anos… Tomei remédios, mas desde que parei com o trabalho que eu estava ( tinha meses que eu não recebia e ainda tenho uma filha pequena e conta pra pagar) não precisei mais tomar remédio há 6 meses… Não tive mais estresse da mesma forma quando pedi internação. Isso prejudica na IS?

  293. ESTEFANIO MAICON DE OLIVEIRA disse:

    Tenho uma dúvida qual email eu posso enviar

  294. Rafael da Silva Farias disse:

    Tenho dívida na faculdade, mas não consta no SPC/SERASA. Aparece cadastro positivo, sem dívidas. Influencia algo, mesmo estando sem dever nada NO SPC/SERASA

  295. Thiago disse:

    Aos 10 anos atras fui acusado de roubo, fui levado na delegacia ouvido pelo delegado e liberado na msm hr, td foi esclarecido e nunca deu em nada, isso pode mim prejudicar?

  296. Thiago d Avila disse:

    Olá, tive há 10 anos atrás uma situacao de me pegarem com alguns milímetros acima no nível de álcool, minha CNH foi suspensa e por ter que continuar trabalhando fui pego com ela nesta situação e gerou um processo de cassação. Hoje já tenho ela novamente e dei baixa nestes processos tendo o nome “limpo”.

    Isso irá me prejudicar para passar na Civil? Certame que venho estudando já há 8 meses.

  297. Renato silva disse:

    Bom dia, a 6 anos me envolvi em uma briga, o cara foi na depol e abril um boletim, fui ao fórum e ele não apareceu no dia da audiência, tive que paga sexta básica e o juiz deu caso encerrado na minha situação, isso vai me prejudica no concurso?? Desde já grato!

  298. Maurício Farley disse:

    Olá, boa noite!
    Eu esqueci de colocar na IS um BO que minha fez contra meu pai! Isso pode me prejudicar?

  299. Débora disse:

    Tive uma única multa em minha CNH, por velocidade, que originou a suspensão da mesma (218, III, CTB). Posso ser reprovada no concurso para PC?

  300. THALES disse:

    prezados, saiu edital da Policia Civil do estado do Parana e no item 5.1 esta disposto que o candidato não pode ter títulos protestados e não ter sofrido execução judicial, bem com não ter respondido a ações civis desabonadoras,observada a contumácia e as razões do inadimplemento da dívida;
    eu não tenho titulo protestado mas já respondi processo de execução civil por divida bancaria com o banco do brasil, proveniente de uma empresa que eu tenho e contrai divida, o banco executou meu cnpj e meu cpf, (por eu ser o avalista da empresa) isto pode ser um problema ?
    outra coisa , tenho uma ação civil em andamento onde um particular pede os desfazimento de um negócio , isto também interfere ? obrigado

    • Saga Policial disse:

      Resposta agora somente por e-mail, devido a problemas ocorridos neste canal. Os emails estão cheios e infelizmente podemos demorar para responder.

  301. Evanil disse:

    Boa noite!
    Tive um carro em 2012 que estava em busca e apreensao porém, devolvi o carro mas o banco já tinha entrado com a ação de busca e apreensao que contestei, agora, saiu a decisão judicial me condenando a cumprir o pagamento total do contrato. Isso pode me prejudicar na I.S? Obrigado.

  302. THALES disse:

    respondi um processo de execução por divida bancaria, isto me impede de ingressar para policia civil do Parana ?

  303. Fábio Assis disse:

    Quero fazer concurso para Delegado Civil, tenho dívidas prescritas acima de 5 anos . Estão fora do SPC .
    Tenho também um IP em andamento pelo artigo 306 do CTB , fui preso em flagrante em MG . Recorri administrativamente e demonstrei pelo depoimento das testemunhas que eu estava dentro do bar, não estava conduzindo o veículo automotor no momento da abordagem, conforme foi confirmado pelas testemunhas. Porém o policial militar já tinha “birra” cmg e disse que eu fugir deles . Pasmem fugir para o bar só se for . Gostaria de saber se a presunção de inocência me ajudaria durante a IS para delegado de polícia. Ainda não houve o prosseguimento e não fui intimado no momento para me defender em juízo .

  304. André G R disse:

    Bom dia,

    Em 2011 fui condenado a pagar indenização por danos morais no estado de SP, pretendo prestar o concurso da PC no estado do PR. Este processo me prejudica?

    Já paguei o que devia em 2014. Como devo proceder?

    Ou é melhor eu desistir de vez?

  305. ROSELENE DA SILVA disse:

    há 8 anos atras, em meio há um processo de divorcio e em meio a uma discussão ameacei meu ex marido de morte caso ele aparecesse na minha frente. Ele registrou um TCO, fui intimada e aceitei uma transação penal, nada consta em meus antecedentes criminais, porem tenho receio, isso pode me prejudicar no concurso do DEPEN?

  306. Roselene silva disse:

    Transação penal por ameaça há mais de 8 anos atrás reprova na avaliação??

  307. Dominique de Lima Damasceno disse:

    Boa noite. Meu irmão quanto tinha 18 anos se envolveu com pessoas erradas e acabou sendo preso. Ele participou da famosa saidinha de Banco, ele dirigia o carro no caso. Hj ele tem 35 anos e depois desse ocorrido, ele mudou de vida e não existe nada que abone a conduta dele desde então!
    Ele quer fazer DEPEN. Essa condenação impede ele de assumir o concurso se ele passar?
    Como foi colocado no artigo, não fere o princípio da Isonomia, e o art. 50, lei 9.784/99?
    O que ele gostaria de saber é se realmente existe alguma brecha p ele assumir o cargo se passar no concurso.

  308. Valeska disse:

    Quero fazer o concurso para policial rodoviário federal, porém não tenho mais nenhuma rede social. Excluí meu facebook a anos. Isso implicará com a investigação social que o concurso faz?

  309. Luiz Fernando disse:

    Olá, tudo bem?
    Fiquei cerca de 8 meses na fundação casa por agressão quando eu tinha 14 anos de idade. Posso ser reprovado na investigação social por esse motivo?

    Desde já agradeço pela atenção.

    Grande abraço.

  310. Anderson Clayton disse:

    Oi estou estudando pro depen preciso saber se vou ser reprovado na investigação social. Fui preso por pensão e tiver um processo por lei seca e foi extinto

  311. Paulo Marcelo candido disse:

    Olá, com 20 anos fui reprovado na IS da pm/sp tenho 26 e estou querendo fazer a prova novamente, serei reprovado na IS pelo simples fato de que fui reprovado 6 anos atrás tbm ou tenho chances de passar? Fui reprovado por causa do Facebook onde disseram que eu fazia incentivo de bebidas alcoólicas a pessoas que estavam dirigindo.
    Desde já, obrigado

  312. Junior disse:

    Uma pessoa que já fez tratamento para depressão e dependência química a mais de 6 anos, com alta pelo INSS e depois desse tratamento tem um vida libada, sem condenação criminal, apenas um processo civil como autor contra a operadora de saúde para custear o tratamento (que está arquivado por desistência/inércia), pode lograr exito em um concurso da área policial ou a inadmissibilidade já é concreta?

  313. Elias Silva Vitorino disse:

    Fiquei devendo uma pessoa e essa pessoal me levou na pequenas causas, lá a gente entrou em acordo e eu assinei com vou pagar a dívida para ele em prestações, isso pode me barrar na investigação? Obrigado.

  314. Rafael Abreu disse:

    Boa Noite !

    Eu fui acusado de injuria em 2007 e não deu em nada, só houve a audiência de conciliação e acabei doando sangue para extinção do processo, e um problema de briga com irmão em 2008, que ele fez queixa de mim e eu dele, e na outra semana ambos tiramos as queixas, pretendo fazer concurso para a PCRJ, esses casos já tem mais de 12 anos, gostaria de saber se corro algum risco no IS e se cajo haja problema, se há como recorrer e explicar todos os fatos?

    Obrigado, Abs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48
Cópia de My Post copy 4
69
Cópia de My Post copy 3
70
300x250_estrategia
71
simulado agente pcdf rodapé
72
maisaprova_336x280
317
simulados inspetor pcrj
Gostaria de anunciar ou apoiar o site

Parceiros

Gostaria de anunciar no nosso site, fazer uma parceria ou apoio? Saiba mais informações entrando em contato conosco através dos nossos canais de comunicação.

Entre em contato

O Saga Policial

O Saga Policial nasceu em maio de 2008 e se orgulha de ajudar milhares de candidatos nos concursos públicos da área policial por todo o Brasil, além de contribuir na luta diária por uma segurança pública melhor para todos nós.