E-mail de contato

contato@sagapolicial.com

Redes sociais

Depoimento do Vitor, aprovado PF 2021

Depoimento emocionante do Vitor, que trabalha como “açougueiro” e foi aprovado dentro das vagas na prova objetiva do Concurso PF 2021.

Junho de 2021 e para sempre no Saga Policial.

MISSÃO DADA É MISSÃO CUMPRIDA

“Sou o Vitor Leandro, tenho 27 anos, sou graduado e mestre em física, sempre fui um cara das exatas e esta é minha história com a PF, espero motivar você que possui as mesmas dificuldades.

Morei a vida toda no Espírito Santo, família desestruturada e estudei a vida toda em escola pública e nunca fui devidamente motivado a estudar.

Ao acabar o ensino médio, iniciei minha faculdade de Física em 2013, sem apoio algum, na UFES, na realidade a família vivia me desmotivando, tinha severos problemas financeiros e devido a isso parte da faculdade eu conciliava com um emprego em um fast-food, a longo da faculdade eram oferecidas bolsas a alunos que desenvolvessem projetos de iniciação científica, meu projeto foi aprovado, o que me garantiu uma bolsa ao longo da faculdade, a qual pagava minhas contas, aí então me dediquei a faculdade integralmente como bolsista, sem trabalhar e foi com essa bolsa que levei até o fim da faculdade em 2016.

“Minha carreira acadêmica desabou.”

Ao fim da faculdade eu queria dar continuidade a minha carreira acadêmica/científica, estudei muito e fui aprovado no mestrado em Física na UFF em 2017 no RJ, mudei para lá e vivi por dois anos com a bolsa de mestrado que recebia do governo. Acabando o mestrado em 2018 fui aprovado no doutorado em 2019, o qual me garantiu mas uma bolsa, mas aí veio a reviravolta, após 1 ano de doutorado, em 2020 eu perdi minha bolsa e enfim a minha carreira acadêmica desabou.

Tive que voltar ao ES, em março de 2020 e ao longo dos anos economizei um dinheiro, chegando aqui, procurei diversos trabalhos em minha área e não consegui, vivia com o dinheiro que tinha economizado.

Até que em maio de 2020 conheci um amigo que viria a mudar tudo, ele me motivou a entrar no mundo dos concursos, baseado no fato que estudo a anos e me adaptaria a vida de concurseiro. Este amigo (Bruno) era aluno do Projetos Missão e foi aprovado na PRF, comecei a estudar com material gratuito que eu pegava na internet, mas não surtiu efeito, porém, ali surgiu a vontade de ser policial e eu achava incrível a ideia de ser PF ou PRF, acabei focando totalmente na PF desde o início.

Em julho de 2020 eu me profissionalizei no estudo para concursos, comprei cursinho online, estabeleci uma rotina e fazia umas 5 a 6 horas líquidas por dia, no meu ciclo de estudos tinha informática, contabilidade e português. Eu adotei a estratégia de estudar esporadicamente Direitos, estatística e RLM, Direito por que os conteúdos tendiam ao infinito e caem poucas questões na PF, Estatística e RLM estudei pouco por que sou de exatas na minha formação e peguei rapidamente o conteúdo.

“No desespero recorri a um emprego num supermercado.”

Isso foi até novembro 2020 quando meu dinheiro acabou, não conseguia nada na minha área e continuava estudando, no desespero recorri a um emprego num supermercado, de operador de frios, o qual é bem braçal e paga 1 salário mínimo e estou até hoje (junho de 2021) enquanto treino pro TAF.

Trabalhando lá desde dezembro de 2020, tive que aumentar minha disciplina, acordava todo dia às 4:30 ou às 5:00 da manhã e estudava pela manhã até às 11:00, fazia umas 4h liquidas por dia, treinava de 11:10 às 12:00 e depois ia pro trabalho, chegava em casa as 22:30 e ia dormir.

Janeiro/2021 eu havia batido quase todo conteúdo da PF de português, informática, contabilidade, RLM e estatística, aí meu amigo Bruno e uma outra amiga Andressa, que também é concurseira e está em sua jornada para ser policial, me indicaram o Projetos Missão (uma coisa que me ajudou foi me rodear de gente focada em concurso e ter o apoio mutuo, me afastar de gente que me desmotiva ou não agrega).

No começo eu achava besteira fazer simulados, queria continuar com curso em pdf e videoaula, no máximo questões. Eles foram muito insistentes e me convenceram, saindo o edital da PF me tornei aluno do Missão em janeiro de 2021.

Fazia um simulado Missão por semana, no primeiro fiz 48 pontos líquidos, foi uma porrada que eu precisava tomar, próxima semana fiz outro e 50 pontos, depois outro e 51, outro e 50, fiquei oscilando em volta de 50 até esgotar os simulados que estavam disponíveis.

Em fevereiro/março eu meio que abandonei o material teórico em PDFs e foquei quase totalmente em questões, via QC MISSÃO do Projetos Missão (uma plataforma de questões focadas e direcionadas nos concursos policiais, no meu caso PF).

E foi através do QC MISSÃO que eu aprendi praticamente tudo de direito que sei, uns ‘LIMPE’, ‘3TH’, ‘CONFINFORMOB’ e etc (sim só reafirmando que eu não estudava as disciplinas de direito para PF antes disso), o que me garantiu alguns pontos nas matérias de direito, além do mais, aprendi quase tudo de redação oficial pelo QC Missão via questões e acertei as cinco questões que caíram disso, ficava também revisando via questões no QC Missão as matérias que eu havia fechado.

Focando nas questões do QC Missão por 1 mês aprendi demais, saiu o próximo simulado e eu fiz 68, depois no próximo fiz 70 pontos, estava evoluindo, depois veio o simulado nacional do Missão, o qual fiz 53 pontos (despenquei, mas faz parte e simulado é pra errar mesmo) e no décimo simulado fiz 52.

Após fazer os dez simulados haviam 1200 questões deles para refazer, as quais eu refiz várias vezes, algumas eu errava, e errava mesmo fazendo várias vezes.

Então na plataforma do Missão eu fiz um caderno de erros com essas questões dos dez simulados que eu sempre errava, coloquei também as questões que eu considerava chave no QC Missão e montei ainda um caderno com as decorebas.

Semana de véspera da prova objetiva da PF foquei em atacar essas decorebas, questões que sempre errava e os macetinhos, lembro até agora do mnemônico de algum colega concurseiro em uma questão de informática, dentro do QC MISSÃO, que ajudava decorar os padrões de frequência da internet sem fio, o “BATMAN BGAN”.

No dia da prova eu saí de casa com meu caderno de decorebas e fui lendo no caminho, cheguei cedo e fiquei sentado do lado de fora lendo e esperando, 10 min antes fechei o caderno e entrei na sala.

“Eu evoluí a ponto de ficar competitivo.”

Certamente os simulados me ajudaram a ter controle de tempo, pois minha prova deu e sobrou tempo, acabei e faltavam 7 minutos, e fiz tudo na calma e sem pressa. A prova de estatística geral reclamou e eu fiquei felizão por ter caído uns cálculos mais puxados, exatas raiz.

Eu era um concurseiro mediano e graças aos simulados e questões do QC Missão, direcionadas ao meu concurso, eu evoluí a ponto de ficar competitivo, fiz 81 líquidos na prova de agente da PF e classificado pra segunda fase, estou me preparando pro TAF.

Mesmo trabalhando com emprego braçal desde dezembro de 2020 até hoje, mesmo tendo que lidar com a derrota na antiga carreira, mesmo sem apoio familiar, com disciplina, muito foco (deletei minhas redes sociais) e a equipe do Missão, além dos amigos concurseiros que trocamos ajuda mútua (Bruno e Andressa), eu consegui tudo.

Grato a todos, MISSÃO DADA É MISSÃO CUMPRIDA, não desista do seu sonho, paz de Cristo!”

Fonte: https://projetosmissao.com.br/aprovados/

Uma resposta para “Depoimento do Vitor, aprovado PF 2021”

  1. Ayrison Soares disse:

    Fera!! Batalhador e merecedor.
    Parabéns, guerreiro.
    Paz de Cristo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

48
69
70
71
72
317
Gostaria de anunciar ou apoiar o site

Parceiros

Gostaria de anunciar no nosso site, fazer uma parceria ou apoio? Saiba mais informações entrando em contato conosco através dos nossos canais de comunicação.

Entre em contato

O Saga Policial

O Saga Policial nasceu em maio de 2008 e se orgulha de ajudar milhares de candidatos nos concursos públicos da área policial por todo o Brasil, além de contribuir na luta diária por uma segurança pública melhor para todos nós.