Últimas Notícias

 

maioridade-penal
Redução da maioridade penal é aprovada
Primeiro passo foi dado. Após grandes discussões e brigas, redução da maioridade penal foi aprovada na CCJ. Agora a proposta possui caminho livre, porém longo, para ser aprovada em definitivo. 31/03/2015 – Saga Policial/ A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) acaba de aprovar o voto em separado do deputado Marcos Rogério (PDT-RO), favorável à admissibilidade da PEC

 

frente-sp
Deputados votam importantes mudanças na Segurança Pública
Plenário continua votação de importantes projetos sobre segurança pública. Aumento de pena no furto qualificado e no crime de estelionato, além de destinar para a própria polícia o material de contrabando apreendido são exemplos das votações aguardadas para esta semana. 30/03/2015 – Saga Policial/ O Plenário da Câmara dos Deputados continua, hoje, a analisar projetos

 

morte de policiais
Câmara aprova pena maior para crime contra policial
O Plenário aprovou nesta quinta-feira projeto que torna crime hediondo o assassinato de policiais, militares das Forças Armadas, entre outros, quando eles estiverem em serviço. O rigor se estenderá aos parentes dos agentes de segurança.  26/03/2015 – O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quinta-feira (26), projeto que torna homicídio qualificado e crime hediondo assassinar policial,

 

pf cote
Candidatos denunciam brancos na cota de negros em concurso da Polícia Federal
Candidatos do último Concurso de Agente da Polícia Federal (APF 2014) denunciaram que alguns concorrentes, que não seriam negros, entraram na cota reservada aos negros, e disputarão as fases finais do processo seletivo. Ministério Público Federal já foi notificado. 23/03/2015 – Saga Policial/ As polêmicas sobre o sistema de cotas raciais voltaram à tona. E,

 

beltrame
Um ótimo dia de discussões sobre uma nova Segurança Pública no Brasil 
Em comissão geral, na Câmara dos Deputados, os debatedores pediram a adoção do ciclo de polícia completo, com investigação e patrulhamento ostensivo, e a valorização dos profissionais de segurança pública. Ótimas discussões foram travadas, falta agora organizar as ideias e lutar contra aqueles que não desejam mudanças sobre este tema no Brasil.   18/03/2015 – Saga